Tecnologia

| Mobilidade

A Uber anunciou, nesta terça-feira (27), que usuários poderão se deslocar no Recife utilizando seus serviços via motocicletas. Batizada de “Uber Moto”, a modalidade já é utilizada em Aracaju desde novembro do ano passado e, segundo a empresa de transporte, oferta serviços mais baratos na comparação com os deslocamentos por meio de carros.

A companhia promete que checará os antecedentes criminais dos motociclistas que pretendem aderir ao serviço. Os usuários poderão ter acesso, antes de iniciar as corridas, aos dados dos condutores, como placa das motos, identidade dos motoqueiros e localização no mapa em tempo real.

##RECOMENDA##

A previsão é que o Uber Moto fique disponível aos usuários em “algumas semanas”, informou a empresa. De acordo com o gerente de operações da Uber, Tiago Lambuca, a nova opção é resultado de um cenário cotidiano da mobilidade brasileira. "As viagens de moto já fazem parte da rotina de muitos brasileiros, então, para que sejamos realmente o app que faz parte do dia a dia das pessoas, era importante que também tivéssemos essa opção", disse, conforme informações da assessoria de imprensa da companhia.

Entregadores já cadastrados na modalidade Uber Eats poderão usar, também, o serviço de transporte por motos. Ter a partir de 21 anos e possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com a observação de atividade remunerada são alguns dos critérios para a formalização do vínculo.

Covid-19

Segundo a Uber, para definir um protocolo de segurança contra os riscos de contaminação do novo coronavírus, um especialista foi contratado. O trabalho foi conduzido pelo médico Alexandre Naime Barbosa, chefe do Departamento de Infectologia da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultor para Covid-19 da Sociedade Brasileira de Infectologia.

“Entre as recomendações que serão informadas aos usuários e parceiro estão a limpeza de mãos e superfícies da moto com álcool em gel, que os usuários levem seus próprios capacetes, ou que capacetes extras sejam higienizados com produtos específicos e usados com toucas higiênicas - que podem ser fornecidas pelos condutores e reembolsadas pela Uber”, garantiu a empresa de transporte via aplicativo.

Com apenas um capacete para prevenir os riscos da alta velocidade, um homem atravessou uma avenida no interior dos Estados Unidos em cima de um 'hoverboard'. O planador gigante lembra o desenvolvido pelo vilão Duende Verde dos filmes de Homem Aranha no início dos anos 2000 e faz referência ao famoso 'skate voador' da franquia De Volta para o Futuro.

"Este homem está vivendo 2030", publicou a página que repercutiu o passeio. O vídeo mostra alguns carros na mesma avenida, enquanto o veículo totalmente sinalizado com luzes sobrevoa a pista a pouco mais de dois metros do chão.

##RECOMENDA##

O drone gigante possui oito hélices e, apesar do ar futurístico, é comercializado desde 2015 pela Omni Hoverboards. O modelo do vídeo custa cerca de R$ 108,73 mil, mas existem opções mais em conta, em torno de R$ 54,37 mil.

O fabricante não possui lojas físicas e a compra do drone é feita diretamente com seus representantes. A Omni Hoverboards é indicada pelo Guiness como a criadora da primeira "prancha elétrica" do mundo e , em 2015, o presidente Catalin Alexandru Duru realizou o voo mais longo com o veículo ao percorrer 275 metros.

[@#video#@]

O Projeto de Lei 118/21 dá permissão à Polícia Civil para que faça o rastreamento de aparelhos celulares furtados ou roubados a partir do número do IMEI do equipamento. O IMEI (International Mobile Equipment Identity), ou identidade internacional de equipamento móvel, é um código único de identificação do aparelho celular.

O aparelho só poderá ser rastreado se estiver ligado com o GPS ativo. Além disso, de acordo com a proposta, deverá conter conta do e-mail do proprietário.

##RECOMENDA##

O deputado Boca Aberta (Pros-PR), autor do projeto, lembra que, com o crescente número de casos de roubo e furto de aparelhos telefônicos, o bloqueio não é a solução, já que os criminosos descobriram uma maneira de liberar o telefone para uso e posteriormente colocar à venda. "A minha proposta é criar um sistema que permita o rastreio dos aparelhos com a identificação contida em cada celular", disse.

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

*Da Agência Câmara de Notícias

 

O Google liberou um aplicativo para gravar conversas a partir de ligações com números desconhecidos. A função foi descoberta em um Xiaomi Mi A3 e, por enquanto, se limita a celulares Google Pixel, alguns modelos da Xiaomi e outros da Nokia, segundo o portal Techtudo. Há também a opção de gravar sempre as ligações de alguns contatos salvos já selecionados de forma prévia. 

Para funcionar, o sistema exigirá uma autorização prévia do usuário, concordando que o aplicativo faça esse tipo de operação e só será disponibilizado em países cuja legislação permita a gravação de chamadas telefônicas. Mesmo com o aplicativo disponível em todas as play stores, o recurso de gravação não funcionará em todos os celulares.

##RECOMENDA##

Para quem quiser ativar a ferramenta, tem que ter um Android a partir do 9, acessar as configurações do aplicativo, selecionar “sempre gravar” e ativar a opção “números que não estão nos contatos”. Em seguida, será exibido um alerta sobre privacidade.

Elon Musk, fundador e CEO da SpaceX, disse nessa terça-feira (23), em sua conta no Twitter, que a empresa irá pousar naves em Marte “bem antes” de 2030. O post foi em resposta a um artigo da Ars Technica que dizia que a Europa começaria a se concentrar em sistemas competitivos em 2030 e que as empresas europeias estavam atrás da SpaceX.

"A SpaceX pousará Naves Estelares em Marte bem antes de 2030. O limite realmente difícil é tornar a Base Alfa de Marte autossustentável", postou Elon Musk.

##RECOMENDA##

[@#podcast#@]

O plano de Elon Musk é construir pelo menos 1 mil foguetes e lançar três deles por dia para enviar um milhão de pessoas à Marte.

Musk também disse que a Europa estava "mirando muito baixo" com seus esforços de lançamento, dizendo que "apenas foguetes totalmente e rapidamente reutilizáveis serão competitivos".

Em fevereiro, a SpaceX fez um teste, lançando seu foguete protótipo “Starship”, que acabou explodindo no meio do lançamento de alta altitude.

Mas isso não impediu a empresa de levantar cerca de $ 850 milhões de dólares e continuar seus planos. Um primeiro voo orbital do foguete está previsto para o fim deste ano.

O engenheiro de pesquisa aeroespacial norte-americano, Jean-Paul Reddinger, desenvolveu uma nova dobradiça na base da hélice utilizada em drones, que amplia sua capacidade de carga. Em modelos grandes, o dispositivo garantiu que objetos fossem elevados acima de 7,5 metros em dois segundos.

O artigo publicado no Science Daily indica que a nova dobradiça vai acoplada no apoio da lâmina e faz com que um drone do tamanho de um colchão king-size levante o peso de um ser humano. A diferença está na inclinação da pá que muda com a velocidade do rotor, o que deixa o empuxo mais sensível às variações na RPM e proporciona maior força e controle.

##RECOMENDA##

A descoberta estimula o uso de veículos aéreos não-tripulados (VANT's) para entregas. A demora para que os motores elétricos leves alterem a velocidade e o empuxo impacta na estabilidade e alcance do voo, o que não garantia a segurança no transporte. 

 

O próximo Tesla Roadster deverá vir equipado com dez pequenos propulsores de foguete para aumentar o desempenho do carro. Porém, o magnata e CEO Elon Musk já estaria planejando utilizar o "pacote SpaceX" para fazer com que o modelo "voe" com o "modo flutuar".

Ainda em 2019, Musk respondeu a um usuário do Twitter que pediu algo semelhante ao que foi apresentado no teste da SpaceX Starhopper. O CEO indicou que o modelo com o 'modo flutuar' poderia ser apresentado no fim de 2020.

##RECOMENDA##

"Vamos lançar alguma tecnologia de foguete naquele carro. Eu quero que ele paire. Temos que descobrir como fazê-lo pairar sem matar pessoas", explicou em entrevista ao podcast de Joe Regan. O objetivo é fazer com que o veículo alcance até 1,8 metros de altura e atinja uma alta velocidade enquanto estiver flutuando. "Se você despencar, a suspensão irá explodir, mas você não vai morrer", acrescentou o empresário sul-africano.

Musk contou que a função ainda será limitada e o volante do Roadster vai ser parecido com um de Fórmula 1. A velocidade máxima deve ser de 402 km/h e o modelo, que conta com uma bateria de 200 kWh, vai precisar de 1,9 segundo para chegar a 100 km/h. O objetivo é comercializar o carro mais rápido do mundo, que chega de 0 a 160 km/h em apenas 4,2 segundos.

Passageiros da Uber em todo o estado de Pernambuco poderão contar com descontos em viagens ao se dirigir aos postos de vacinação contra a Covid-19. A plataforma anunciou, nesta sexta-feira (12), que vai fornecer códigos promocionais para apoiar o deslocamento dos grupos prioritários, após parceria com o Governo do Estado.

A empresa vai disponibilizar um código promocional, no valor máximo de R$ 30, para viagens de ida e volta feita por grupos prioritários, escalados para tomar o imunizante. O código precisa ser adicionado no aplicativo da Uber antes das viagens. Além disso, a empresa passou a mostrar, dentro do aplicativo, informações e dicas produzidas pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) sobre as vacinas.

##RECOMENDA##

Veja como ativar o código de desconto:

1. Abra o aplicativo e selecione o menu (três linhas verticais no canto superior esquerdo)

2. Entrar no item "Wallet" e rolar até a parte de baixo

3. Em "Promoções", selecionar a opção "Adicionar código promocional" (Não vai funcionar como "voucher")

4. Digite o código fornecido e, em seguida, solicite a viagem

A Uber anunciou, na última sexta-feira (5), que seu serviço de entrega de objetos, Uber Flash, passou a funcionar em todas as cidades brasileiras em que o aplicativo de mobilidade está presente. Entre elas, mais três cidades pernambucanas receberam a modalidade, Caruaru, Garanhuns e Petrolina. 

O serviço passou a funcionar no Brasil em maio de 2020 e, de acordo com a Uber, já conseguiu entregar mais de um milhão de itens até agora. De acordo com a empresa, a opção foi criada com o objetivo de contribuir com as novas demandas de mobilidade por causa da pandemia de Covid-19.

##RECOMENDA##

Mais enviados

Segundo pesquisa com usuários realizada pela empresa, os itens mais enviados pelo Uber Flash são presentes - principalmente em datas comemorativas -, flores, comida, documentos, roupas e chaves.  O usuário que solicitar a viagem precisa informar os dados de quem vai receber ou entregar o item, para que tanto quem envia quanto quem recebe uma encomenda tenha acesso às informações da viagem e ao mapa do trajeto, atualizado em tempo real. Porém, não é permitido o envio de itens de alto valor ou cujo transporte seja proibido por lei ou pelas regras da categoria.

Quem transita pela capital pernambucana usando a linha do BRT, corredor Leste/Oeste, poderá pagar suas passagens usando apenas o celular. O aplicativo Cittamobi, conhecido por fornecer o itinerário dos ônibus da região metropolitana do Recife (RMR), ganhou uma carteira digital para que passageiros possam utilizar o smartphone como cartão de passagem. 

A compra de saldo é feita diretamente no telefone e a passagem pode ser adquirida também com cartão de crédito. Para utilizar o serviço basta encostar o aparelho no leitor das estações e a catraca é liberada. A novidade acaba sendo uma comodidade, já que tira a necessidade de ir até os centros de recarga do VEM e não cobra o pagamento de tarifas adicionais para seu uso. Em fevereiro, além do BRT, a linha CDU/Boa Viagem/Caxangá também passará a aceitar a tecnologia. 

##RECOMENDA##

Usuários precisam apenas encostar smartphone no leitor. Imagem: Leo Caldas/Divulgação

Modo de usar

Para usar a carteira digital do Cittamobi, o usuário deverá primeiro fazer o download do aplicativo. Em seguida, preencher um cadastro com dados pessoais, adicionar uma imagem de si mesmo e enviar outra de um documento com foto, como carteira de identidade, carteira de motorista, etc. Confirmadas as informações, ele já pode adicionar saldo via boleto bancário ou cartão de crédito.

No caso do boleto bancário, a passagem pode ser disponibilizada em até 24h. Na utilização do cartão, o valor deve ser creditado na mesma hora. A carteira digital está disponível para download dentro do Cittamobi apenas para aparelhos Android. A versão para IOS tem previsão de lançamento ainda no primeiro semestre, mas não possui data oficial.

Motoristas de todo o Brasil devem ficar atentos às novas regras para o uso do Certificado de Registro de Veículo (CRV) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) anunciou, nesta segunda-feira (4), que motoristas deverão apresentar a versão virtual dos documentos, caso sejam parados por agentes. A medida é válida para todo o território nacional.

De acordo com o Órgão, o CRLV (documento de porte obrigatório) deixará de ser emitido, seguindo a resolução 809 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN). Após quitar todos os débitos, não havendo restrições ao veículo, o motorista deverá acessar o CRLV Eletrônico (CRLV-e). 

##RECOMENDA##

 No caso do CRV (recibo/DUT), o documento deixará de existir em papel-moeda. As informações gerais que constam no registro, com exceção da Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV), passarão a fazer parte do CRLV Eletrônico (CRLV-e), incluindo o número de segurança necessário para baixar o documento virtual no celular ou no Portal de Serviços do Denatran.

Para usar o CRLV-e no smartphone basta fazer o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) e Acessar o CRLV-e no Portal de Serviços do Denatran. Quem não conseguir emitir o CRLV Eletrônico ou não tiver computador, smartphone ou impressora, deve agendar atendimento de “Análise para Emissão de CRLV” no site Detran.

DPVAT

Além da mudança para a documentação virtual, o Órgão também informou que o seguro obrigatório DPVAT não precisará ser pago em 2021. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), junto ao Ministério da Economia. Apesar da isenção, tanto motoristas quanto passageiros e pedestres devem ficar despreocupados. O Governo afirma que não irá retirar nenhum benefício do segurado, ou seja, as indenizações continuam sendo pagas em caso de acidente no Brasil.

Parece que não teremos um futuro parecido com o mostrado no filme O Quinto Elemento tão cedo. A Uber desistiu de lançar o seu serviço de táxis voadores e deve focar apenas nos serviços mais lucrativos. A empresa teria concordado em vender sua divisão Uber Elevate para a startup Joby Aviation.

De acordo com o site The Verge, o CEO da companhia, Dara Khosrowshahi, também estaria pensando em passar adiante a divisão de veículos autônomos. Desde 2016, a Uber mostrou interesse em lançar uma rede de táxis voadores elétricos , em que uma batalha de duas horas e 10 minutos no congestionamento de São Paulo poderia ser transformada em uma viagem de apenas 18 minutos.

##RECOMENDA##

A empresa chegou a oferecer viagens de helicóptero de Manhattan ao Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em 2019, com o objetivo de oferecer uma amostra da experiência de usar o aplicativo para o serviço aéreo. Porém, a experiência se mostrou mais cara do que era esperado uma vez que a tecnologia de aviação movida a eletricidade ainda estava em desenvolvimento e teria exigido a construção de uma vasta rede de “skyports” no último piso ou no nível do solo, além da aprovação regulatória de uma série de agências federais, estaduais e locais dos Estados Unidos.

Ainda segundo a publicação, a escolha da Joby Aviation como compradora faria sentido porque a empresa teria sido a primeira empresa a se comprometer com o cronograma agressivo da Uber, que planejava lançar o serviço voador até 2023. Representantes das duas companhias se recusaram a comentar o caso. 

A 99, empresa de tecnologia ligada à mobilidade urbana, anunciou uma parceria com o WhatsApp para permitir que seus usuários possam solicitar corridas pelo aplicativo de mensagem. A intenção da empresa é atrair clientes que não tenham tanta memória no celular ou tenham pacotes de dados modestos.

Como utilizar

##RECOMENDA##

O primeiro passo para usar o serviço é cadastrar o número com DDD, no seu próprio celular e iniciar uma conversa com ele, por Whatsapp. A conta possui o selo de certificação do perfil, um ícone verde logo abaixo da identificação do contato, para evitar golpes. Também é preciso ter cadastro na 99. Caso seja o primero acesso, o usuário será redirecionado a uma página para informar seus dados, que serão checados pela empresa.

Com a etapa cadastral completa, o local de destino e embarque devem ser informados via chat, inserindo o endereço por extenso ou usando o mapa de localização, com compartilhamento da localização fixa, ferramenta disponível no mensageiro. O chatbot oferece opções de confirmar, cancelar ou corrigir a corrida.

De acordo com a empresa, assim que for confirmada a chamada do carro, o usuário recebe na mesma conversa a previsão de valor da corrida, tempo de espera, nome do motorista e dados do veículo. Quando o trajeto for iniciado, a corrida será monitorada via GPS, uma forma de identificar mudanças de rota com paradas longas e trajetos com o tempo acima do previsto.

As corridas por WhatsApp também só aceitarão pagamento em dinheiro. Por enquanto, apenas as cidades paulistas de Araraquara, Bauru, Presidente Prudente e São Carlos podem testar a novidade.

O ministério de Transportes da Coreia do Sul e a prefeitura da cidade de Seul apresentaram nessa quarta-feira (11) um teste de um 'táxi-drone' capaz de levar duas pessoas a bordo. O drone decolou e sobrevoou o centro de Seul por cerca de sete minutos, carregando 80 quilos de sacos de arroz a uma altura de 50 metros, antes de fazer um pouso vertical.

A demonstração do "táxi-drone" faz parte da iniciativa do lançamento do Serviço de Mobilidade Aérea Urbana do país em 2025. O objetivo do governo sul-coreano é apresentar iniciativas que possam diminuir o tráfego de veículos na cidade utilizando energia sustentável.

##RECOMENDA##

O 'táxi-drone' chamou atenção porque apresentou um ruído mais baixo do que os helicópteros convencionais. O veículo é fabricado pela empresa chinesa Guangzhou EHang Intelligent Technology. 

[@#video#@]

Da Sputnik Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (10) que o Brasil ainda não tem uma decisão tomada sobre o veto ou a liberação de tecnologia chinesa nas redes de 5G, cujo leilão de espectro é esperado para 2021. Ele admitiu, porém, que o governo leva em consideração os alertas de países como os Estados Unidos e o Reino Unido, que barraram empresas como a Huawei na tecnologia de telefonia e internet móvel de quinta geração.

"O Reino Unido impediu os chineses no centro do sistema de 5G, mas permitiu que as empresas chinesas atuassem na periferia das redes. Estávamos indo nessa direção antes da pandemia. Não queremos perder revolução digital, mas há esses alertas geopolíticos. No momento o Brasil ainda estamos analisando e estudando essa questão", afirmou, em participação virtual no Bloomberg Emerging + Frontier Forum 2020.

##RECOMENDA##

O governo do presidente Donald Trump chegou a fazer pressão direta sobre as autoridades brasileiras pela proibição total à participação dos chineses, alegando falhas na segurança de dados que poderia abrir portas a espionagem pelo país asiático, que nega essas acusações.

"Sempre dissemos que iríamos dançar com todo mundo. Os EUA e a China sempre dançaram juntos e agora brigaram. Eles podem brigar entre si, mas vamos dançar com todos", completou Guedes.

O WhatsApp lançou, nesta quinta-feira (5), a função de mensagens temporárias, que desaparecem após sete dias. A proposta do novo recurso é apagar automaticamente aqueles envios menos importantes enviados ou recebidos pelos usuários.

"Como queremos que as conversas no WhatsApp sejam similares às conversas que temos pessoalmente, desenvolvemos uma maneira prática para apagar automaticamente as mensagens que não precisam ser guardadas para sempre", explica o comunicado. 

##RECOMENDA##

Como funciona?

Quem deseja ativar o novo recurso mas não quer perder as mensagens antigas, pode ficar tranquilo: a mais nova função do aplicativo afetará somente as mensagens enviadas ou recebidas depois da ativação. Em conversas individuais, ambos os usuários podem ativar ou desativar o recurso. Já em conversas em grupo, somente os administradores podem ativar ou desativar o recurso.

O aplicativo explica que as mensagens temporárias desaparecerão mesmo que um usuário não abra o WhatsApp durante sete dias. Contudo, pode ser que a pré-visualização seja exibida nas notificações até que o WhatsApp seja aberto. Ao responder diretamente a uma, ela será exibida acima da sua resposta. 

Se o usuário responder uma mensagem temporária, o texto desta poderá ser exibido mesmo depois de sete dias. Se uma temporária é encaminhada para uma conversa onde a função está desativada, ela não desaparecerá da conversa para onde foi encaminhada. Já se um usuário fizer backup antes de uma mensagem desaparecer, ela será incluída ao backup. Contudo, será apagada quando o usuário restaurar o backup.

Por último, caso as mensagens temporárias estejam ativadas, os arquivos de mídia enviados em uma conversa também desaparecerão, mas estarão salvos nos aparelhos que tenham o download automático ativado.

Como ativar o novo recurso?

1- Abra uma conversa no WhatsApp. 

2- Toque no nome do contato. 

3- Toque em Mensagens temporárias. 

4- Se solicitado, toque em continuar.

O presidente da unidade de consumo e empresas da Claro, Paulo Cesar Teixeira, informou que a operadora vai lançar a cobertura 5G em 12 novas cidades no Brasil até o fim do ano. O executivo não revelou localidades e disse que isso só será conhecido após anúncio em um evento oficial da empresa na próxima semana. A declaração aconteceu nesta terça-feira, 27, durante debate online na Futurecom.

Teixeira também afirmou que o portfólio de smartphones compatíveis com as redes 5G está crescendo. No momento, há aparelhos da Motorola e da Samsung aptos a rodar a nova geração de internet, além de um novo iPhone da Apple a caminho.

##RECOMENDA##

Para o ano que vem, Teixeira disse que a Samsung tem planos de lançar um modelo com preço na ordem dos R$ 2 mil, um valor mais acessível que os modelos atuais, que partem de R$ 3,5 mil.

A Claro foi pioneira na implementação da tecnologia de internet móvel de quinta geração no País, com a ativação das primeiras redes em alguns bairros de São Paulo e no Rio de Janeiro a partir de julho. Com as 12 novas cidades, a operadora vai totalizar 14. O movimento foi seguido rapidamente pelas rivais Vivo, Oi e TIM, que começaram a ativar o 5G em diferentes cidades alguns dias ou semanas depois da Claro.

Por ora, as teles estão oferecendo o 5G por meio da tecnologia DSS (compartilhamento dinâmico de espectro, da sigla em inglês), que pega "emprestado" um pedaço das faixas de radiofrequência nas quais já trafegam os sinais do 4G. O 5G DSS representa um avanço na conexão, mas ainda está abaixo da velocidade alta de navegação e da latência baixa, principais vantagens do 5G "definitivo".

Para isso acontecer, as operadoras dependem do leilão das faixas de radiofrequência a ser realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) na metade do ano que vem. Só a partir daí o 5G "definitivo" vai deslanchar.

O grupo finlandês Nokia anunciou nesta segunda-feira (19) que vai fabricar para a Nasa a primeira rede operacional de telefonia móvel na Lua, uma iniciativa conduzida no âmbito do projeto de estabelecer uma base humana permanente da agência espacial americana.

Esta rede 4G, "ultracompacta, com eficiência energética e resistente às condições do espaço", representará "a primeira rede de telefonia móvel na Lua", disse a Nokia em um comunicado.

##RECOMENDA##

O grupo finlandês especificou que a rede será instalada na superfície do astro a partir do final de 2022, por meio de uma sonda lunar em que trabalha a americana Intuitive Machines.

A Nasa confirmou à AFP que será a primeira rede de telefonia móvel na Lua, onde os seres humanos pisaram pela última vez em 1972.

A rede, que se autoconfigurará durante sua implantação na Lua, garantirá uma conexão wireless para "qualquer atividade que os astronautas devam realizar, permitindo a troca de comunicações de voz e vídeo, telemetria e troca de dados biométricos ou mesmo a implantação e o uso de robôs", relatou a empresa finlandesa.

O contrato, no valor total de 14,1 milhões de dólares, foi concedido à subsidiária americana da Nokia, que ganhou uma série de projetos de ponta anunciados na sexta-feira pela NASA.

"O sistema garantirá as comunicações na superfície da Lua por longas distâncias, em uma velocidade maior e mais confiável do que os padrões atuais", explicou a agência espacial em seu comunicado.

Dois astronautas americanos, incluindo uma mulher, partirão para a Lua em 2024 sob a missão Artemis 3, com a qual a Nasa deseja instalar uma base humana permanente no astro, uma operação anterior a outra possível missão à Marte.

Lançado em outubro de 2019, o programa “Elas na Direção”, da Uber, que tem como intuito permitir que motoristas mulheres optem por dirigir apenas para mulheres. chegou à sua 17º cidade brasileira. A ação passa a operar no Recife neste mês de outubro, um ano após o lançamento. 

Dentro da plataforma para motoristas da Uber, a ferramenta “Uber-U” está disponível para as motoristas mulheres. Nela, é possível optar por trabalhar apenas com passageiras mulheres. Além da capital pernambucana, a opção pode ser acessada nas seguintes cidades: Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Criciúma, Curitiba, Feira de Santana, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Juiz de Fora, Manaus, Mogi Guaçu, Pelotas, Piracicaba e Porto Alegre e Salvador.

##RECOMENDA##

De acordo com a Uber, as passageiras não terão a mesma opção que, por enquanto, funciona apenas com as motoristas do aplicativo. Em seu site, a empresa também garante que fiscaliza periodicamente para que apenas mulheres entrem na corrida quando optarem por usar a ferramenta no Uber-U.

A Amazon apresentou, nesta terça-feira (29), um novo sistema de pagamento biométrico que utiliza o reconhecimento da palma da mão e que poderá ser usado para substituir credenciais na entrada de estádios, ou locais de trabalho.

O sistema chamado Amazon One foi anunciado como "uma forma rápida, conveniente e sem contato para que as pessoas usem a palma da mão para realizar atividades cotidianas, como pagar em uma loja, apresentar um cartão de cliente, entrar em um estabelecimento como um estádio, ou no trabalho, com mais facilidade".

##RECOMENDA##

A gigante da tecnologia americana informou que instalará o sistema nas lojas varejistas da Amazon Go, começando com duas lojas na cidade que a viu nascer, Seattle, em Washington.

O vice-presidente da Amazon, Dilip Kumar, disse que o sistema foi desenvolvido como "uma forma rápida, confiável e segura para que as pessoas se identifiquem, ou autorizem uma transação enquanto seguem sem problemas durante o dia".

A Amazon One usa a palma "única" de cada indivíduo, uma alternativa a outros identificadores biométricos, como a impressão digital, reconhecimento do olho, ou facial.

"Não há duas palmas iguais, então analisamos todos esses aspectos com nossa tecnologia e selecionamos os identificadores mais distintivos em sua palma para criar sua assinatura", explicou Kumar em uma publicação de blog.

A Amazon afirmou que os dados biométricos estariam "protegidos por múltiplos controles de segurança e que as imagens da palma da mão nunca se armazenariam no dispositivo Amazon One", mas que seriam enviadas para uma "área altamente segura que construímos na nuvem".

A empresa disse que está "em negociações ativas com vários clientes potenciais", que podem incluir outros varejistas, mas não forneceu detalhes.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando