Tecnologia

| Games

O estúdio espanhol MercurySteam anunciou seu próximo jogo, o Project Iron. O game será do gênero RPG e trará uma gameplay em 3ª pessoa, ambientado em um mundo de fantasia sombria.

##RECOMENDA##

A empresa aproveitou o sucesso de Metroid Dead para anunciar o novo projeto. Porém, foi anunciado que Metroid Dead continuará a receber atenção dos desenvolvedores, que recentemente ganhou diversos patches com melhorias para o game.

Os remakes já se consolidaram como tradição na franquia "Pokémon", já que as gerações de um a três receberam suas devidas releituras, em diferentes gerações de consoles. Por conta disso, os fãs sabiam que era só questão de tempo para que a 4º geração de 2006, “Diamond” e “Pearl” recebesse a sua reimaginação.

Após muitos rumores e expectativas, "Pokémon Brilliant Diamond & Shining Pearl” foi anunciado no início do ano e lançado exclusivamente para o Nintendo Switch, em 19 de novembro de 2021.

##RECOMENDA##

Porém, desde seu anúncio inicial, os remakes trouxeram consigo algumas polêmicas que desagradaram muitos fãs, principalmente devido aos seus gráficos, que adotaram um estilo artístico semelhante aos Buddy Poke, da falecida rede social Orkut (2004-2014).

Os antigos gráficos 2D foram convertidos para 3D, porém a escolha artística desagradou muitos fãs, principalmente ao considerarem que o Nintendo Switch teve em 2018, os remakes “Let's Go, Pikachu & Eevee” e em 2019 “Sword & Shield”, que apresentavam gráficos satisfatórios. Muitos imaginavam que uma repaginação da quarta geração manteria o mesmo nível visual.

A polêmica gráfica se intensifica ainda mais quando o jogador coloca um de seus Pokémon para segui-lo pelo mapa. Com monstrinhos pequenos não fica muito evidente, mas o problema se intensifica com as criaturas gigantes, como o poderoso rei dos mares Gyarados ou a serpente de pedra Onix, que ficam semelhantes a minhoquinhas no cenário, um claro problema de proporção.

Enquanto o cenário do mapa mundo ocasionou algumas polêmicas, o cenário de batalha recebeu um capricho maior. Aqui, tanto os treinadores e os Pokémon aparecem com uma proporção mais realista e os efeitos de batalhas não deixam a desejar.

Assim como outros jogos da franquia, cada geração recebe dois jogos quase idênticos, que se diferenciam por possuírem alguns Pokémon exclusivos, por exemplo, em “Brilliant Diamond” é possível encontrar Growlithe, Electabuzz e Dialga; já em “Shining Pearl”, o jogador terá acesso a monstrinhos como Vulpix, Magmar e Palkia.

Essa prática de dois jogos por geração é adotada desde o primeiro lançamento da franquia em 1996, como um incentivo de fazer com que os jogadores troquem seus monstrinhos um com os outros, a princípio por meio do cabo link do Game Boy e, nos dias de hoje, pela rede online do Nintendo Switch.

Contudo, essa tradição que há tempos recebe críticas por parte dos jogadores, parece que deixará de existir em futuros jogos da franquia, já que o próximo grande lançamento “Pokémon Legends: Arceus” terá apenas uma versão. Para muitos, esse tipo de prática é apenas uma estratégia para aumentar o número de cópias vendidas.

 Remake x Original

Uma característica que sempre marcou os remakes de “Pokémon” era a ideia de atualizar jogos antigos com mecânicas atuais, além de renovar toda a Pokédex (lista de monstrinhos). Porém, “Brilliant Diamond & Shining Pearl” vai na contramão desta ideia e traz exatamente o mesmo game, sem grandes diferenças, além de claro, a mudança dos gráficos 2D para 3D.

A estrutura de cenário foi mantida, assim como a posição dos objetos, diálogos entre os personagens e, até mesmo, alguns bugs da versão original. “Brilliant Diamond & Shining Pearl” são jogos com apelo nostálgico, para quem quer viver a exata mesma experiência do passado, portanto, não espere grandes renovações nesses títulos.

O gameplay também foi mantido, contudo, algumas melhorias foram feitas, entre elas, o sistema de ganho de experiência, que agora é distribuído automaticamente para todos os Pokémon do grupo, o que otimiza o processo de fortalecimento do time. O gerenciamento de monstrinhos também ficou mais simples e agora é possível montar seu time em qualquer área aberta, sem a necessidade de acessar um computador em algum centro Pokémon.

Outra melhoria muito bem vinda, foi a utilização dos HMs, aquelas habilidades que os Pokémon aprendem e que permite ao jogador avançar no mapa, como nadar, quebrar pedras e cortar pequenos galhos que bloqueiam o caminho. Neste remake, o jogador não precisa ocupar um slot de técnica para poder utilizá-las, assim como também não precisa ter o Pokémon com a devida habilidade em seu time, para poder usufruir da habilidade.

 Vale a pena?

Como dito antes, “Brilliant Diamond & Shining Pearl” é um produto que, na maior parte do tempo, apela para emular uma experiência nostálgica e não uma aventura renovada. Sua história segue a mesma estrutura dos demais jogos, onde a criança aventureira sai de sua casa com a missão de juntar oito insígnias e vencer a liga Pokémon; além de claro, derrotar super-vilões no caminho e capturar o máximo possível de monstrinhos.

Para os que já estão enjoados da receita de bolo que a franquia segue à risca, não será “Brilliant Diamond & Shining Pearl” que mudará essa visão. Além disso, a falta de novidades, somada ao preço de R$299,00 deve afastar muitos jogadores, que podem preferir reservar seu dinheiro para “Pokémon Legends: Arceus”, que chegará em 28 de janeiro de 2022.

O mês de dezembro chegou e a Microsoft aproveitou o primeiro dia do mês para anunciar os novos jogos do Game Pass. Os destaques do mês ficam para Halo Infinite e Among Us. Confira a lista completa:

##RECOMENDA##

• ANVIL (2021) - disponível no console e PC;

• Archvale (2021) - disponível no console, PC e nuvem;

• Final Fantasy XIII-2 (2011) - disponível no console e PC;

• Lawn Mowing Simulator (2021) - disponível no console, PC e nuvem;

• Rubber Bandits (2021) - disponível no console, PC e nuvem;

• Stardew Valley (2016) - disponível no console, PC e nuvem;

• Warhammer 40,000: Battlesector (2021) - disponível no console, PC e nuvem;

• Space Warlord Organ Trading Simulator (2021) - disponível no console, PC e nuvem;

• Halo Infinite (2021) - disponível no console, PC e nuvem;

• One Piece Pirate Warriors 4 (2020) - disponível no console, PC e nuvem;

• Among Us (2018) - disponível no console;

• Aliens: Fireteam Elite (2021) - disponível no console, PC e nuvem;

A desenvolvedora de games CD Projekt Red anunciou publicamente que uma versão atualizada de “Cyberpunk 2077” (2020) chegará aos consoles da nova geração, Playstation 5 e Xbox Series X/S no primeiro semestre de 2022. Junto a isso, “The Witcher 3: Wild Hunt” (2015) também receberá um upgrade nos novos consoles.

Segundo o presidente e CEO da CD Projekt Red, Adam Kicinski, a equipe da desenvolvedora está focada na versão de próxima geração do “Cyberpunk 2077”, além de atualizações para todas as plataformas, uma vez que o game foi lançado com diversos problemas de performance.

##RECOMENDA##

Por outro lado, “The Witcher 3: Wild Hunt” trará um aprimoramento gráfico para o consolidado RPG, que em 2022 celebrará sete anos de seu lançamento. O update chegará aos PCs e consoles de nova geração e será gratuito para todos que possuem a versão completa do game.

Além disso, a desenvolvedora também informou que sua equipe já está preparada para trabalhar em futuros projetos, os quais ainda não foram detalhados para o público. Muitos fãs especulam a possibilidade de um novo capítulo de “The Witcher”, mas a confirmação só deve surgir nos próximos anos.

A Google Play faz uma premiação anualmente com os melhores títulos da loja de aplicativos. A seleção é feita por um júri e alguns usuários da plataforma. O principal destaque do ano ficou com o game Pokémon Unite, eleito o Melhor Jogo do Ano.

##RECOMENDA##

• Voto Popular:

- Aplicativo: Paramount+;

- Jogo: Free Fire;

• Escolha do Júri:

- Aplicativo: Balance;

- Jogo: Pokémon Unite;

O fim do ano se aproxima, com isso muitos setores do mercado de consumo já começaram a entrar no clima de festividades. E a indústria de jogos possui diversos lançamentos para dezembro. Entre os destaques estão: Halo Infinite, Final Fantasy 14: Endwalker e Among Us para console. Confira a lista completa:

 • Century: Age of Shapes (2021) - disponível para compra a partir de 2 de dezembro no PC;

##RECOMENDA##

• Solar Ash (2021) - disponível para compra a partir de 2 de dezembro no PS4, PS5 e PC;

• Chorus (2021) - disponível para compra a partir de 3 de dezembro no PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series e PC;

• Big Brain Academy: Brain vs. Brain (2021) - disponível para compra a partir de 3 de dezembro no Nintendo Switch;

• Disney Magical World 2: Enchanted Edition (2021) - disponível para compra a partir de 3 de dezembro no Nintendo Switch;

•  Danganronpa Decadence (2021) - disponível para compra a partir de 3 de dezembro no Nintendo Switch;

• SpellForce 3 Reforced (2021) - disponível para compra a partir de 7 de dezembro no PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series;

• Thymesia (2021) - disponível para compra a partir de 7 de dezembro no PC;

• Final Fantasy XIV: Endwalker (2021) - disponível para compra a partir de 7 de dezembro no PS4, PS5, MacOS e PC;

• Halo Infinite (2021) - disponível para compra a partir de 8 de dezembro no Xbox One, Xbox Series e PC;

• Monster Rancher 1 & 2 DX (2021) - disponível para compra a partir de 9 de dezembro no iOS, PC e Switch;

• Monopoly Madness (2021) - disponível para compra a partir de 9 de dezembro no PS4, Xbox One, PC e Switch;

• Demon Gaze EXTRA (2021) - disponível para compra a partir de 9 de dezembro no PS4 e Switch;

• Syberia: The World Before (2021) - disponível para compra a partir de 10 de dezembro no PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series e PC;

• Among Us (2018) - disponível para compra a partir de 14 de dezembro no PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series;

• Firegirl: Hack'n Splash Rescue (2021) - disponível para compra a partir de 14 de dezembro no PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series, Switch e PC

• Aeterna Noctis (2021) - disponível para compra a partir de 15 de dezembro no PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series e PC;

• Five Nights at Freddy's: Security Breach (2021) - disponível para compra a partir de 16 de dezembro no PS4, PS5 e PC;

• Alfred Hitchcock: Vertigo (2021) - disponível para compra a partir de 16 de dezembro no PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series, PC e Switch;

A Microsoft comemora os 20 anos de Xbox. Com isso, a empresa elaborou diversos eventos e novidades para os fãs. O mais recente é o Xbox Museum, um museu virtual que conta a história do console. Confira: https://museum.xbox.com/pt

Uma das principais atrações do evento intuitivo é uma carta de mais de 20 anos atrás que detalha uma tentativa de compra da Nintendo pela Microsoft. Apesar de grande parte da carta está coberta, é possível ler alguns trechos do documento.

##RECOMENDA##

 Além da carta, no museu virtual podemos encontrar toda a história do console e explorar um universo virtual da Microsoft. O usuário consegue vincular sua conta ao site para ter uma experiência personalizada no evento intuitivo.

O jogo de ação e RPG da desenvolvedora FromSoftware, “Dark Souls” (2011), conquistou o troféu de “Melhor Jogo de Todos os Tempos” na última edição da Golden Joystick Awards. Título concorria com grandes games da indústria, como “Pac Man” (1980), “Super Mario 64” (1996), “Street Fighter II” (1991) e “Doom” (1993).

“Dark Souls” foi concebido pelo designer de jogos japonês Hidetaka Miyazaki, que se utilizou de diversas referências do mangá “Berserk” (1989), do qual ele sempre se mostrou fã. O título se trata de uma continuação espiritual de “Demon Souls” (2009) e se destacou por possuir uma dificuldade elevada, mas com alto nível de recompensa para cada vitória.

##RECOMENDA##

Diferente de seu antecessor, que era um exclusivo das plataformas da Sony, “Dark Souls” foi lançado para Xbox 360, Playstation 3 e PC e mais tarde recebeu uma versão remasterizada para os consoles Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch, o que permitiu maior longevidade e alcance de público.

O sucesso de “Dark Souls” não garantiu apenas suas sequências, mas também criou um novo gênero de jogo, apelidado de “souls-like”. Atualmente, a indústria dos games conta com diversos títulos, tanto de empresas grandes ou pequenas, que bebem da fonte de “Dark Souls”, tais como “Nioh” (2017), “Hollow Knight” (2017) e “Star Wars Jedi: Fallen Order” (2019).

O próximo grande lançamento da FromSoftware será o game “Elden Ring”, que também trará toda a essência de “Dark Souls”.

O recém anunciado “Dragon Ball: The Breakers” terá um período de testes no PC (via Steam), que ocorrerá entre os dias 3 a 4 de dezembro. A confirmação foi feita ontem (24) pela desenvolvedora e publicadora Bandai Namco. Interessados em participar dos testes, devem se cadastrar aqui: https://www.bandainamcoent.com/games/dragon-ball-the-breakers

De acordo com a Bandai, o teste beta fechado visa reunir o feedback de jogadores para ajudar a balancear e otimizar a jogabilidade de “Dragon Ball: The Breakers” antes de seu lançamento. Confira os horários para cada dia:

##RECOMENDA##

3 de dezembro (sexta-feira) – 23h às 03h

4 de dezembro (sábado) – 09h às 13h

4 de dezembro (sábado) – 15h às 19h

4 de dezembro (sábado) – 23h às 03h

“Dragon Ball: The Breakers” é o mais novo jogo baseado na famosa franquia de animes e mangá do autor japonês Akira Toriyama. O título será um multiplayer de sete contra um, em que a equipe assumirá o controle de humanos comuns, enquanto outro jogador controlará um poderoso vilão da série. 

O game tem previsão de lançamento para 2022, nas plataformas Playstation 4, Playstation 5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC. Para saber mais sobre o seu gameplay, acompanhe:http://https://www.youtube.com/watch?v=mwbdkd2pSpQ

Nesta terça-feira (23), a Microsoft anunciou, no blog Xbox Wire, os Games With Gold de dezembro. Os membros do Xbox Live Gold e Game Pass Ultimate terão o direito de resgatar os games de forma gratuita.

##RECOMENDA##

• Orca Must Die! (2011) - disponível entre 1 e 31 de dezembro;

• Insanely Twisted Shadow Planet (2011) - disponível entre 16 e 31 de dezembro;

• Tropico 5 (2014) - disponível entre 16 de dezembro até 15 de janeiro;

A Nuuvem, distribuidora brasileira de jogos digitais, anunciou a promoção 'Black Week 2021'. São mais de dois mil títulos de PC com preços promocionais e descontos que podem chegar até 90%. 

A loja virtual detalha que os preços só poderão ser aproveitados até o dia três de dezembro. Mafia: Definitive Edition, Horizon Chase Turbo, Dark Souls III, The Dark Pictures Anthology – Triple Pack e Dead Space 2, são alguns dos jogos mais baratos que poderão ser adquiridos.

##RECOMENDA##

Confira a lista com algumas ofertas

Mafia: Definitive Edition (50% de desconto, de R$ 229,90 por R$ 114,95);

Horizon Chase Turbo (70% de desconto, de R$ 49,99 por R$ 15);

Dark Souls III (50% de desconto, de R$ 159,90 por R$ 79,95);

The Dark Pictures Anthology – Triple Pack (38% de desconto, de R$ 296,79 por R$ 184,01);

Devil May Cry 5 (34% de desconto, de R$ 74,99 por R$ 49,49);

Mega Man 11 (50% de desconto, de R$ 69,99 por R$ 34,99);

Dead Space 2 (75% de desconto, de R$ 78,49 por R$ 19,62);

Star Wars Battlefront II: Celebration Edition (80% de desconto, de R$ 174,99 por R$ 35);

The Sims 4 (88% de desconto, de R$ 174,99 por R$ 21);

Hitman – Game of the Year Edition (80% de desconto, de R$ 115,93 por R$ 23,19);

No site da Nuuvem, o consumidor pode acessar a lista completa com todas as promoções que estão sendo oferecidas.

A publicadora e desenvolvedora de jogos eletrônicos Bandai Namco lançou a versão definitiva de seu popular game de luta “TEKKEN 7” (2015), que chega exclusivamente no formato digital para as plataformas PlayStation 4, Xbox One e PC. Acompanhe:http://https://www.youtube.com/watch?v=pWAEFQ-0S8g

Segundo a empresa, “TEKKEN 7 Edição Definitiva” traz o game completo e todos os DLCs dos passes de temporadas 1 ao 4, que incluem personagens como Geese Howard, Armor King, Negan, Anna Williams, Julia Chang e Noctis Lucis.

##RECOMENDA##

Também estará disponível a “Edição Originais”, que oferece o jogo completo, 12 personagens de DLC e uma nova opção, que permite acompanhar a taxa de quadros por segundo.

“TEKKEN” é uma franquia de jogos de luta que nasceu em 1994, momento em que a indústria dos games transitava do universo 2D para o 3D. Não demorou muito para o título se consagrar ao lado de concorrentes de peso, como “Street Fighter” e se tornar um favorito do gênero para muitos jogadores.

O sétimo capítulo da franquia foi lançado em 2015, exclusivamente para os Arcades, mas recebeu uma versão para consoles e PC em 2017 e, até hoje, figura em importantes torneios, como a Evolution (Evo).

O game Fortnite se tornou um fenômeno na história dos videogames, principalmente por suas parcerias com outras franquias multimídias. Recentemente, o game anunciou uma parceria com o anime Naruto, acontecimento que trouxe skins, missões e itens temáticos para o jogo. Com isso, o LeiaJá preparou uma lista com outras parcerias de sucesso dos games, confira:

##RECOMENDA##

Por falar em Fortnite, um dos maiores eventos da história do game foi em parceria com o rapper Travis Scott. O evento trouxe itens do cantor para o jogo, além de um show de Travis dentro do game. A parceria foi lançada em 2020 e, na época, o game atraiu 12,3 milhões de jogadores simultâneos para assistir o show, de apenas 10 minutos, do rapper no universo do game.

Dona de uma das maiores franquias de jogos de corrida dos games, a Microsoft decidiu, em 2015, unir seu jogo com a maior franquia de filmes de corrida. "Forza Horizon 2 Presents Fast & Furious" foi um sucesso imediato, além de trazer veículos dos filmes para o game, a expansão trouxe os personagens do longa e missões inspiradas nos filmes. O sucesso foi tremendo e até hoje em dia a expansão do game é procurada por fãs das franquias.

A Garena, empresa responsável pelo Free Fire, trouxe em 2020 o personagem Chrono. O novo jogador é inspirado em Cristiano Ronaldo e traz diversas habilidades para o jogo. Além de ter sido um grande acordo comercial, principalmente para o marketing da empresa, os jogadores que desbloquearam o personagem receberam vantagens no game. Após muita reclamação dos usuários, o personagem Chrono foi "nerfado" nas últimas atualizações do game. A comunidade do Free Fire diz que o personagem é muito "apelão" para o game.

Sea of Thieves é um game que traz para o jogador a vida de um pirata. Com isso, a Microsoft decidiu fechar um acordo com a Disney para trazer a franquia Piratas do Caribe para o universo do game. A ideia foi um sucesso, a parceria atraiu não só os fãs do game, mas os fãs da franquia de jogos. Além disso, deixou portas abertas para outras franquias voltadas para o gênero de pirata participar do jogo, como One Piece.

O famoso card game digital da desenvolvedora de jogos Blizzard, “Hearthstone” recebeu a expansão gratuita, “Mercenários”, que apresenta uma nova maneira de jogar o título, além de trazer maior longevidade ao jogo.

“Hearthstone Mercenários” traz todos os elementos de RPG tático presentes no jogo original, mas com uma abordagem voltada para a progressão e busca por recompensas. O jogador precisará montar uma equipe de até seis heróis (pertencentes ao universo da franquia “Warcraft”) e cumprir os contratos estabelecidos.

##RECOMENDA##

Durante os contratos, sua equipe precisará percorrer por um tabuleiro com diversos caminhos e derrotar todos os inimigos que tentam impedir seu percurso. Ao iniciar o combate, será necessário escolher quais serão os três integrantes que participarão do combate e quais ficarão de suporte.

Cada herói pode dispor de até três técnicas, que são adquiridas conforme eles ganham experiência nas batalhas. O jogador faz a distribuição dos ataques em seus inimigos correspondentes e com isso, o confronto se inicia. De maneira simplificada, ao vencer todos os inimigos, o jogador poderá avançar no mapa novamente.  

Ao ganhar as batalhas, os atributos de cada herói, como força e resistência serão fortalecidos, porém, caso o jogador seja derrotado, ele precisará iniciar todo o contrato novamente. Cada percurso completado recompensará a equipe com moedas, que podem ser utilizadas para criar novos integrantes ou aprimorar as habilidades dos heróis.

Caso o jogador fique enjoado de realizar os contratos, o Ringue de Luta pode ser uma boa distração. Neste modo online, cada competidor escolhe suas melhores equipes e levam elas para arenas, onde disputarão para decidir quem é o melhor grupo.

Outra novidade é que além do universo de “Warcraft”, o lançamento de “Hearthstone Mercenários” trouxe um crossover inusitado com a franquia “Diablo”, em que  é possível controlar o senhor das trevas, tanto no novo modo, como no jogo tradicional.

“Hearthstone Mercenários” é uma ampliação do famoso card game da Blizzard, mas assim como na modalidade tradicional, o jogo exigirá muita dedicação de seus jogadores, principalmente para os que desejam conquistar tudo que o jogo tem a oferecer.

O modo tradicional e sua expansão estão disponíveis gratuitamente para PC, via Battle.net; Android e iOS.

A VGC, portal especializado em games, anunciou na última sexta-feira (19) que o jogo Cyberpunk 2077 poderia chegar ao Xbox Games Pass. O portal se baseou em um vídeo de marketing que apresentava o game. Porém, o diretor de relações públicas globais da CD Projekt Red (desenvolvedora do game) negou essa informação.

A notícia foi relatada pelo editor da VGC, Andy Robinson, em seu Twitter. Na publicação constava uma chamada e um link para o portal de notícias. Após algumas horas de postagem, o diretor de relações públicas globais da CD Projekt Red, Radek Grabowski, negou a informação."Eu apenas achei que deveria interromper isso e dizer que não há planos para Cyberpunk no Game Pass", disse Grabowski em resposta.As especulações se iniciaram após um vídeo de marketing para o Xbox Cloud Gaming, postado pela Microsoft, mostrar um breve trecho de um jogo parecido com Cyberpunk. Confira em 0:17: https://www.youtube.com/watch?v=fPsLJGzsL6s

##RECOMENDA##

O recém lançado “Battlefield 2042”, da desenvolvedora e publicadora Electronic Arts (EA) não tem agradado muito os jogadores e muito disso tem sido mostrado em sua versão de PC, onde o título já configura como o nono game mais mal avaliado da Steam.

“Battlefield 2042” foi lançado na última sexta-feira (19) e, de acordo com o levantamento do site da Forbes, Steam 250 Hall of Shame, o game já conta com 42.486 análises de usuários, onde apenas 25% são positivas. Além disso, na página oficial do jogo, a média de nota está descrita como “Ligeiramente Negativas”.

##RECOMENDA##

No Metacritic, site responsável por reunir todas as principais críticas da internet e fazer uma média global, “Battlefield 2042” recebeu 7.3 por parte da mídia especializada, mas ficou com 2.3 por parte dos usuários.

As reclamações são diversas, entre elas, a falta de conteúdo e a remoção da campanha single player. Os usuários também relataram que a EA removeu características presentes em outros títulos da série, como por exemplo, detalhes na destruição dos cenários, veículos e sistema de classes.

Além disso, o game tem sido muito criticado por apresentar diversas falhas técnicas e uma baixa performance, mesmo em computadores potentes ou que atendem as especificações recomendadas pela EA.

Vale lembrar que no dia de seu lançamento, “Battlefield 2042” recebeu um pacote de atualizações que prometia melhorar a performance do jogo. Até o momento, só resta aguardar por novos updates que possam otimizar o game no futuro.

Nesta segunda-feira (22), o segundo console da Microsoft, o Xbox 360 completa 16 anos de seu lançamento. O videogame chegou ao mercado em 2005, pertence à 7ª geração de consoles e, na época, foi o principal concorrente do Playstation 3 e do Nintendo Wii.

Após fazer sua estreia no mundo dos consoles com o Xbox original em 2001, o Xbox 360 serviu para consolidar de vez a Microsoft como uma importante empresa no mercado dos games. O aparelho era muito elogiado por sua rede Xbox Live, que possibilitava partidas multiplayer com boa qualidade de conexão, algo que a concorrente Sony ainda sofria para implementar.

##RECOMENDA##

Durante sua geração, o videogame contou com três revisões de hardwares lançadas em 2005, 2010 e 2013. Além disso, a Microsoft também tentou implementar o acessório Kinect em 2010, uma câmera que se conectava ao 360 e vinha com a promessa de permitir gameplays sem o uso de controle. Uma ideia promissora, mas que não conseguiu atender suas premissas e se tornou uma mancha negra da plataforma.

Outro ponto negativo, mas que de certo modo ajudou a popularizar ainda mais o console, foi a pirataria expressiva do aparelho. Por ter sido destravado mais rápido que o Playstation 3, o Xbox 360 se tornou o favorito de muitos jogadores, principalmente brasileiros, que na época não tinham condições de pagar pelos jogos originais e encontravam versões alternativas de títulos por até R$10.

O 360 foi descontinuado em 2016, mas até hoje, a maior parte de sua biblioteca se encontra disponível na retrocompatibilidade dos sucessores, Xbox One e Xbox Series S/X. Vale lembrar que com exceção do PC, as plataformas da Microsoft são as únicas que possibilitam jogar esses títulos em suas versões originais, pois devido a complexa arquitetura do Playstation 3, o mesmo não foi possível nos consoles Playstation 4 e 5.

Para celebrar o aniversário do Xbox 360, o LeiaJá separou cinco jogos indispensáveis da plataforma, que também podem ser acessados em sua retrocompatibilidade. Acompanhe:

“Halo 3” (2007): Da mesma maneira que a Nintendo tem o “Super Mario” e a Sony possui o “God of War”, “Halo” é o principal nome dos consoles da Microsoft. Seu terceiro capítulo elevou o nível gráfico da franquia, além de trazer melhorias significativas de gameplay, quando comparado aos seus antecessores. Outro grande marco foi que o game veio inteiramente dublado em português, algo que ainda não era comum para época.

“Gears of War 3” (2011): A franquia “Gears of War” nasceu no 360 e se tornou outro grande nome da marca. Os jogos dessa série se destacaram por inovar o estilo de Tiro em Terceira Pessoa (TPS), com um gameplay que até hoje é referências para muitos games do gênero. O terceiro capítulo da série é a conclusão da história do soldado Marcus Fenix e, até hoje, é considerado por muitos jogadores como o melhor de toda a franquia.

Franquia “Forza”: Amantes de velocidade e jogos de corridas não podem deixar de conhecer a franquia “Forza”, que até os dias de hoje é tida como a melhor do gênero. Os games dessa saga oferecem boa jogabilidade, comandos precisos, variedade de veículos, boa trilha sonora e gráficos que beiram o realismo.

“Ninja Gaiden II” (2008): A Microsoft obteve por muito tempo a exclusividades dos jogos da franquia “Ninja Gaiden” e, embora o segundo capítulo da série tenha saído mais tarde para o Playstation 3, a versão do 360 é tida até hoje como a melhor de todas, pois além de ser livre de censuras, é a que possui a dificuldade mais elevada. Embora um remaster com os três jogos da série tenha sido lançado para todas as plataformas neste ano, as versões presentes no pacote são as do Playstation 3, o que mantém a exclusividade da edição de 360, que até hoje só pode ser acessada pelas plataformas Xbox, por meio da retrocompatibilidade.

“Dante's Inferno” (2010): Um clássico da sétima geração, que coloca o jogador no controle de Dante, que após assassinar a própria morte e lhe tomar a sua foice, deve cruzar o inferno e combater os pecados que cometeu em vida. O título foi lançado para Xbox 360 e Playstation 3, porém, encontra-se inacessível nas novas plataformas da Sony e, atualmente, a única maneira de jogá-lo, é por meio da retrocompatibilidade do Xbox One e Series X/S.

Lançado inicialmente em versão digital, o pacote de expansão “Innistrad: Voto Carmesim” do famoso card game “Magic: The Gathering” foi lançado hoje (19), em versão física nas lojas Wizards Play Network (WPN). A nova coleção traz conteúdos inéditos, com a temática do casamento vampírico entre Olivia Voldaren e Edgar Markov.

Segundo a editora responsável pelo card game, Wizards of the Coast, “Innistrad: Voto Carmesim” acompanha produtos como os pacotes de pré-lançamento, que incluem seis Draft Boosters para abrir e construir um deck selado, um contador de vida spindown, um card promocional metalizado e uma caixa para organizar tudo; baralhos Commander, com 100 cards prontos para duelar; e boosters tipo Set, Collector e Draft.

##RECOMENDA##

A Wizards of the Coast revelou que com a nova coleção, também será possível obter o Gift Bundle, que possui oito Set Boosters, um Collector Booster, 20 terrenos metalizados, 20 terrenos não-metalizados, um marcador de vida Spindown grande e mais um card com arte exclusiva da coleção.

Outra novidade, é que “Innistrad: Voto Carmesim” está disponível na plataforma SpellTable, um aplicativo que realiza leitura dos cards físicos e possibilita que outros jogadores façam seus duelos online. O aplicativo está disponível aqui: https://spelltable.wizards.com/

Interessados em adquirir a coleção podem utilizar o site da Wizards of the Coast e identificar a loja mais próxima de sua região: https://locator.wizards.com/

A versão digital pode ser baixada gratuitamente aqui:http://https://digitalenvios.com/link.php?code=bDpodHRwcyUzQSUyRiUyRnd3dy5lcGljZ2FtZXMuY29tJTJGc3RvcmUlMkZwdC1CUiUyRnAlMkZtdGctYXJlbmE6Mjc4OTAzMjg6Z3VpbGhlcm1lLnJvcXVlQGFnZW5jaWFkcm9uZS5jb20uYnI6Mjg3Mzgx

 

A Warner Bros. Games anunciou nesta quinta-feira (18) o jogo "MultiVersus". A ideia do game é trazer os principais personagens da empresa para lutarem em arenas, com 1v1, 2v2 e 4 jogadores. Além disso, o jogo será free-to-play.

##RECOMENDA##

- Batman;

- Superman;

- Mulher Maravilha;

- Arlequina;

- Salsicha, de Scooby-Doo;

- Pernalonga, dos Looney Tunes;

- Arya Stark, de Game of Thrones;

- Jake, de Hora da Aventura;

- Finn, de Hora da Aventura;

- Steven Universe;

- Garnet, de Steven Universe;

- Tom e Jerry;

- Reindog;

Cada personagem terá uma série de habilidades diferentes e podem ser combinadas com outros lutadores. Skins e emotes também serão personalizados. O game chega em 2022 para PC, PS5, PS4, Xbox One, Xbox Series X/S.

A desenvolvedora e publicadora de jogos japonesa Bandai Namco anunciou “Dragon Ball: The Breakers”, um jogo multiplayer baseado no universo criado pelo mangaká Akira Toriyama, que combina dinâmicas cooperativas e competitivas para criar uma experiência de ação e sobrevivência. Acompanhe o trailer: http://https://www.youtube.com/watch?v=5oNfZLNaI-Y

“Dragon Ball: The Breakers” consiste em partidas de sete contra um, onde os sete jogadores assumirão o papel de sobreviventes e precisam lidar com devastador poder do oitavo jogador, que será representado por icônicos vilões da franquia, como Cell, Boo ou Freeza.

##RECOMENDA##

Os sobreviventes são humanos comuns, que não possuem poderes especiais e dependem inteiramente de itens de melhoria, armas e veículos pilotáveis para batalhar e fugir do Invasor enquanto procuram pela Super Máquina do Tempo para escapar da aniquilação.

Ao mesmo tempo, no decorrer da partida, o invasor deverá perseguir os sobreviventes e acumular uma grande quantidade de poder para destruir o time adversário.

O título está previsto para 2022, para Playstation 4, Playstation 5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC. Segundo a Bandai, um beta fechado será disponibilizado nos PCs em breve. As datas exatas de lançamentos ou do beta não foram reveladas.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando