Tecnologia

| Games

O console híbrido Nintendo Switch alcançou a marca de 84,5 milhões de unidades vendidas desde o lançamento, em 2017, e ultrapassou o portátil Game Boy Advanced, de 2001, que contava com 81 milhões de aparelhos comercializados. Os números foram divulgados pelo relatório financeiro da Nintendo, referente ao primeiro trimestre de 2021.

Segundo os dados, mesmo com as limitações causadas pela crise sanitária do coronavírus (Covid-19), o Switch conseguiu vender 4,73 milhões de unidades a mais entre janeiro e março, na comparação com o mesmo período de 2020. Por conta disso, a empresa obteve US$ 6,2 bilhões (cerca de R$32,72 bilhões) de lucro, o que representa um crescimento de 81,8%, recorde da companhia na última década.

##RECOMENDA##

O levantamento também indica que foram vendidos mais de 587 milhões de jogos para o Switch. Entre eles estão os exclusivos "Animal Crossing: New Horizons" (2020), com 20,87 milhões, "Mario Kart 8 Deluxe" (2017), com 10,62 milhões, "Super Mario 3D All-Stars" (2020), com 9,01 milhões, e "Super Mario 3D World + Bowser’s Fury" (2021), com 5,59 milhões.

Para o futuro, a empresa planeja que o Switch supere outros produtos da marca, como os consoles Nintendo Wii, que possui 101,6 milhões de unidades vendidas, o Game Boy clássico, com 118,7 milhoões, e o Nintendo DS, com 154 milhões. Vale lembrar que em 2020, após cinco anos afastada do mercado brasileiro, a companhia voltou a comercializar produtos no Brasil.

A desenvolvedora de jogos francesa Microids anunciou "Flashback 2", sequência do clássico de 1992 que se popularizou nos consoles Super Nintendo e Mega Drive. De acordo com a publisher, a nova aventura será lançada em 2022 para PCs e consoles atuais.

Segundo a Microids, o agente Conrad B. Hart, presente no primeiro título, retornará na nova aventura, que se passa em um cenário de ficção científica em 2142. Além disso, o designer e programador do jogo de 1992, Paul Cuisset, ficará responsável pela supervisão do novo game.

##RECOMENDA##

"Flashback" era um título de ação e plataforma, que prezava por uma movimentação realista. Durante o progresso, o jogador precisava resolver uma série de quebra-cabeças espalhados pelo cenário e enfrentar diversos inimigos com o auxílio de uma pistola. Além de marcar presença nos consoles 16 bits, o título também foi lançado para computadores, 3DO e iOS.

Em 2013, a desenvolvedora de jogos Ubisoft lançou um remake do game para PC, PS3 e Xbox 360, com gráficos refeitos em 3D. Em 2018, foi lançado o remaster "Flashback 25th Anniversary" para PS4, Xbox One e Nintendo Switch, com visual semelhante ao original e efeitos visuais melhorados.

[@#galeria#@]

Foi lançado nesta quinta-feira (6) mais um trailer oficial do jogo de simulação de corrida de motocicletas RiMS Racing. O vídeo foi produzido e divulgado pela Editora Nacon, em parceria com o desenvolvedor Raceward Studio. O RR estará disponível para os Xbox One, Xbox Series, PlayStation 4, PlayStation 5, Switch e PC via Steam e loja da Epic Games a partir de 19 de agosto. O novo simulador deve virar concorrente direto do MotoGP21, que possui proposta parecida e foi lançado no mês de abril.

##RECOMENDA##

No trailer de abril, os spoilers não incluíram qualquer filmagem do jogo, diferentemente da nova prévia. O RiMS parece um jogo de corrida padrão, graficamente bom, mas o desenvolvedor italiano diz que está empenhado em simular suas motos licenciadas. "As condições de corrida, o estilo de pilotagem e o status mecânico dos componentes têm um impacto direto no comportamento da motocicleta", diz RaceWard.

Os jogadores serão capazes de desmontar totalmente a própria motocicleta e substituir todos os elementos para obter a melhor configuração possível, escolhendo mais de 500 componentes oficiais: pneus, discos, pinças, almofadas, suspensão, molas, ar filtros, escapes, cilindros mestres de freio e embreagem, fluidos de freio, óleos de motor, carenagens e muito mais. "

A moto no trailer é a Aprilia RSV4 1100 Factory, que apresenta um motor de 217 cavalos de potência, "winglets integrados" e uma "carenagem de camada dupla". 

O que também se vê nas imagens são duas das pistas do jogo: a pista de Nürburgring da Alemanha, "considerada uma das mais difíceis por um grande número de pilotos", e então um vislumbre da ultra-cênica Estrada Atlântica na Noruega.

 [@#video#@]

[@#galeria#@]

Nos últimos 12 anos surgiram muitos games que focam em uma proposta multiplayer (que permitem que vários jogadores participem simultaneamente de uma mesma partida). Com eles, várias competições se popularizaram e se tornaram até campeonatos. O maior exemplo é o CBLOL, que é o campeonato brasileiro de League of Legends.

##RECOMENDA##

Para o programador de jogos Rodney Victor, o sucesso dos Battle Royales, MMO e os E-Sports (que oficialmente foi aprovado como esporte olímpico) é entendido como uma grande conquista, pois potencializou e deu visibilidade ao mercado de desenvolvimento de jogos. “No passado, quando se dizia ser desenvolvedor de games, a contraparte que escutava geralmente nos entendia como pessoas que passam os seus dias inteiros apenas jogando, mas que de fato não existia uma profissão ou trabalho propriamente dito. Hoje em dia ser desenvolvedor de games é motivo de orgulho e respeito”, assinalou.

Para o sucesso dos games, ele aponta três fatores: “Primeiro é fazer algo que você realmente gosta, o amor é o tempero do sucesso; segundo, nunca desistir, pois as pedras no caminho sempre irão aparecer; e terceiro, entender o que as pessoas realmente querem e dar a elas exatamente isso”, explicou.

Rodney destacou que, para serem bem-sucedidas e chamarem a atenção, é necessário que as lojas virtuais dos games ofereçam constantes novidades e itens que façam a diferença. “Uma loja que, por exemplo, vende apenas itens cosméticos comuns (roupas, acessórios e skins) não chama tanta atenção quanto uma loja que te ofereça a possibilidade de comprar asas para o seu personagem (afinal quem nunca sonhou poder voar) ou outros item que façam com que o game possa ser enxergado de uma forma diferente, renovando assim interesse do jogador”, afirmou o programador.

Sobre o seu projeto recente na Boiuna Games (startup de games), Rodney disse que trabalha na criação do game “O Curioso Caso do Doutor X”, de plataforma 2D, no estilo de clássicos como Castlevania e Ghosts 'n Goblins (com gráficos estilo pixelart) e uma trilha sonora épica com toques de Carlos Gomes com Demons Crest. “O nosso game conta uma das grandes lendas urbanas de Belém, onde o misterioso Doutor X, após ser contratado na calada da noite para a realização de um parto, acaba se vendo perdido em um mundo paralelo conhecido como Mortalha, em que passa a ser perseguido por visagens e assombrações como a Matinta Pereira, homúnculo da Sé, Tutu Marambá, o Boto, entre muitos outros”, finalizou.

 Atualmente, a startup está angariando fundos para lançar uma versão para PC e Consoles, por meio de campanha de financiamento coletivo através da plataforma kickstarter. Link para a doação aqui

Para o jogador e fã de League of Legends Tiago Paixão, que acompanha o CBLOL e torce para o Pain Gaming (time participante da competição), as transmissões do campeonato são empolgantes. “As narrações e reportagens são excelentes, os jogos são muito competitivos e eu gosto muito de acompanhar. É o meu 'futebol' do fim de semana”, disse.

Tiago afirma que sempre compra os passes, que basicamente são eventos dentro do jogo que dão direito a skins e outros mimos. Ele estima que deve ter gasto acima de R$ 500,00, se for somar tudo.

Com relação os periféricos, Tiago mantém tudo em dia, para não atrapalhar o gameplay. "Mouse gamer, headset gamer e teclado gamer. Não faço ideia do quanto já gastei com isso”, explicou o jogador.

Tiago informou que só joga on-line com amigos que já conhece pessoalmente. “Fiz poucas amizades com aleatórios dentro do jogo. Já conheci pessoalmente apenas pessoas do meu bairro. Não gosto da ideia de acordar numa banheira fria sem um dos rins, por isso não costumo me encontrar com estranhos. Já vi filme de terror suficiente e já li muitas notícias também, o que faz a gente ser precavido”, afirmou.

Por Cássio Kennedy e Álvaro Davi.

 

 

Nesta semana, a Sony anunciou, que o aplicativo de bate-papo Discord será integrado aos consoles PS4 e PS5. Com isso, os jogadores poderão utilizar os recursos de texto e voz do software durante as partidas online. De acordo com a empresa, a ferramenta estará disponível no início de 2022.

Em comunicado oficial, o CEO da Sony, Jim Ryan, afirmou que a empresa realizou investimentos minoritários no Discord, o que possibilita vantagens, mas não o suficiente para controlar a marca. Não foram informados valores, mas, segundo dados da plataforma de análise de empresas públicas e privadas Crunchbase, em dezembro de 2020 o aplicativo arrecadou US$ 480 milhões (cerca de R$2,6 milhões).

##RECOMENDA##

A confirmação vai na contramão do que apontavam os rumores, pois há pouco tempo circulavam informações na internet de que a Microsoft, dona da marca Xbox e principal concorrente da Sony, negociava a adesão do Discord. Segundo informações, a empresa teria oferecido US$ 10 bi (cerca de R$ 55 bilhões) pelo aplicativo.

O Discord surgiu em 2015 pela empresa Hammer & Chisel, que hoje é conhecida como Discord Inc. O serviço de bate-papo foi concebido para o game "Fates Forever" (2014), mas se popularizou entre jogadores de outros títulos. O aplicativo gratuito está disponível para Android, iOS e Windows nas opções de software instalável ou via browser.

A UNINASSAU — Centro Universitário Maurício de Nassau Recife, campus Graças, foi destaque nos Jogos Universitários Brasileiros eSports 2021. A equipe Griffins, recém formada, conquistou o quarto lugar na modalidade League of Legends (LoL), em fase final disputada em Brasília.

"A competição foi muito boa, várias equipes de vários estados do país participaram e conseguimos nos classificar entre as quatro primeiras, mesmo sendo um projeto novo. Tudo isso nos traz a certeza de que estamos no caminho certo. Estamos perto de contratar um treinador para a equipe e os treinamentos passarão a ser diários", afirmou o coordenador de Esportes do Ser Educacional, mantenedora da UNINASSAU, Hermógenes Brasil.

##RECOMENDA##

Na edição deste ano, as disputas aconteceram de forma híbrida: a fase classificatória foi toda on-line, durante o mês de março, e as semifinais e finais de forma presencial, em Brasília. A primeira fase teve 1.058 participantes, representando 136 Instituições de Ensino Superior de todo o Brasil. O LoL contou com a participação de 46 equipes.

A UNINASSAU montou uma sala específica para treinamentos de eSports, onde os alunos poderão desenvolver as técnicas diariamente. Além do League of Legends, serão criados outros times para disputar competições, como de Counter Strike Go (CS:GO) e FIFA. As seletivas para novos atletas da UNINASSAU estarão abertas em breve.

Da assessoria

A Microsoft divulgou na última segunda-feira (3) os jogos que chegarão em maio no serviço de assinatura Xbox Game Pass. Os destaques são "Final Fantasy X/X-2 HD Remaster" (2013), "Just Cause 4 Reloaded" (2018) e "Dragon Quest Builders 2" (2018) para consoles e PCs, "Red Dead Online" (2018) nos consoles e "Remnant: From the Ashes" (2019) nos PCs.

A publicadora de jogos japonesa Square Enix marca presença no catálogo com o pacote remasterizado de "Final Fantasy X" (2001) e "Final Fantasy X-2" (2003), que se destacaram na geração do Playstation 2 e chegam ao serviço da Microsoft em 13 de maio, para PCs e Console, junto a outro título da empresa, "Just Cause 4 Reloaded".

##RECOMENDA##

Em 13 de maio também serão incluídos no catálogo o game exclusivo da Microsoft "Psychonauts" (2005), nos consoles e PCs, "Red Dead Online", para consoles, e “Remnant: From the Ashes” nos PCs. Outro título da Square Enix que também marca presença no serviço este mês é "Dragon Quest Builders 2" é adicionado nesta terça-feira (4) para ambas as plataformas.

Já na quinta-feira (6) serão adicionados para jogadores de consoles e PC o jogo de futebol "Fifa 21" (2020), por meio do EA Play, que também integra o Xbox Game Pass, o game de terror "Outlast 2" (2017), exclusivo para os assinantes de console, e o título de esportes radicais "Steep" (2016).

A SNK anunciou o retorno do time Orochi para o game de luta "The King of Fighters XV", composto por Chris, Yashiro e Shermie. Nesta semana, a empresa divulgou o trailer de gameplay e apresentou a jogabilidade de Chris. O game deve ser lançado ainda este ano. Veja:

##RECOMENDA##

O trio esteve presente na franquia em "The King of Figters 97" (1997), onde se apresentava como a banda de rock C.Y.S., mas que na verdade eram reencarnações dos Quatro Reis Celestiais de Orochi. Após a conclusão do arco, eles participaram de "The King of Figters 98" (1998) e "The King of Figters 2002", que não tinha história, pois se tratava de uma reunião com todos os lutadores que passaram pela série.

Chris é o vocalista da banda e integra os Quatro Reis Celestiais. Ele aparenta ser um jovem educado, que embora não possua muita força física, usa agilidade como uma vantagem nos combates. Ao final de "The King of Figters 97", o personagem se transforma no temível Orochi, principal inimigo do time Três Tesouros Sagrados, composto por Kyo, Iori e Shizuru.

O time também é constituído pelo guitarrista Yashiro, que possui várias sequências de combos rápidos e causam danos nas barras de vida dos adversários. Outra que também retorna em "The King of Fighters XV" é a designer de moda e tecladista do conjunto musical C.Y.S., Shermie, que possui um estilo de combate semelhante à luta livre.

De acordo com o relatório financeiro divulgado pela Sony, no último ano fiscal, que encerrou em março, o PlayStation 5, lançado em novembro de 2020, vendeu 7,8 milhões de unidades. Esse resultado supera as 7,6 milhões de vendas iniciais que o PlayStation 4 obteve no mesmo período.

Embora a Sony esteja com dificuldades para manter o estoque do console ativo e atender a oferta e demanda do PS5, os dados indicam que 4,5 milhões de unidades foram vendidas entre novembro e dezembro de 2020, enquanto 3,3 milhões foram comercializadas no primeiro trimestre de 2021.

##RECOMENDA##

O relatório também mostra que foram vendidas 61,4 milhões de cópias de games para PS4 e PS5, juntos, e 7,9 milhões eram títulos exclusivos da Sony. O serviço de assinatura mensal da empresa, o PlayStation Plus, cadastrou 47,6 milhões de assinantes, e registrou alta de 6,1 milhões quando comparado aos 41,5 milhões de 2020.

A Sony também quebrou o recorde de lucros do ano fiscal de 2018, que era US$ 2,81 milhões, e conseguiu em 2020 uma receita de US$ 3,23 milhões. Durante o primeiro trimestre de 2020, a Sony já havia divulgado que, mesmo com a crise sanitária do coronavírus (Covid-19), a empresa esperava superar o lançamento do PS4.

A partir do dia 4 de maio, os assinantes Playstation Plus terão Battlefield V, Stranded Deep e Wreckfest: Drive Hard, Die Last gratuitamente. Os dois primeiros games ficam acessíveis para jogadores de Playstation 4 e Playstation 5, no entanto, Wreckfest será disponibilizado apenas para o console da nova geração. 

Segundo o blog oficial do Playstation, todos os jogos estarão disponíveis para assinantes Playstation Plus adicionarem às suas bibliotecas até o dia 31 de maio. 

##RECOMENDA##

O Blog também alerta que os jogos de abril Oddworld: Soulstorm***, Days Gone e Zombie Army 4: Dead War não estarão mais disponíveis a partir da próxima segunda-feira (3).

Na última semana, a 24ª edição do Dice Awards premiou os melhores jogos do ano em diversas categorias. O título mais celebrado foi "Hades" (Supergiant Games), que conquistou cinco categorias. Também estão na lista de jogos com mais de um prêmio "Ghost of Tsushima" (Sucker Punch Productions), com quatro conquistas, "The Last of Us II" (Naughty Dog) e "Half-Life: Alyx" (Valve Corporation), com duas vitórias cada.

"Hades" foi a novidade da cerimônia por ter levado os principais prêmios do evento: Melhor Jogo Independente, Melhor Jogo do Ano, Melhor Direção, Melhor Design e Melhor Jogo de Ação. Por estar enquadrado na categoria independente, a produção da Supergiant alcança o patamar de produção indie com maior destaque na história de todas as edições da Dice Awards.

##RECOMENDA##

Mesmo com o destaque de "Hades", a lista dos 23 ganhadores está diversificada e apresenta um total de 14 jogos diferentes. Entre eles estão "Marvel's Spider-Man: Miles Morales" (Insomniac Games), que ganhou o prêmio de Melhor Personagem Principal, e "Fall Guys: Ultimate Knockout" (Mediatonic), que teve repercussão após figurar entre os jogos gratuitos para assinantes da Playstation Network (PSN). O game conquistou o prêmio de Melhor Jogo Online.

O título de Melhor Jogo de Luta foi para "Mortal Kombat 11 Ultimate" (NetherRealm Studios). E na categoria Melhor Jogo de Corrida, o vencedor foi "Mario Kart Live: Home Circuit" (Velan Studios, Inc).

Com o objetivo de derrotar negacionistas, o game brasileiro "Punhos de repúdio" conseguiu arrecadar cinco vezes mais do que havia estipulado em vaquinha online. A meta era receber R$ 5 mil em doações, mas as expectativas foram superadas e os desenvolvedores já receberam mais de R$ 26.900.

Indicado para maiores de 18 anos, o jogo promete 'descontar a raiva' de quem se esforça para lutar contra a pandemia da Covid-19 no Brasil. "Busque justiça contra os vilões que ameaçam a sua cidade!", destaca a produção.

##RECOMENDA##

Com cenários brasileiros e funk na trilha sonora, para avançar os níveis, o jogador deve escolher entre as heroínas Laura e Nina para defender o SOS (Sistema Ótimo de Saúde) e acabar com pessoas sem máscara - geralmente vestidas de verde e amarelo- e 'conspiracionistas malucos', que apareçam no caminho.

[@#video#@]

Motoboys de delivery são aliados ao longo da saga, que tem como um dos vilões uma figura fisicamente semelhante a do presidente Jair Bolsonaro.

O jogo já tem versão Demo disponível, mas com o apoio surpreendente na campanha de doações, deve ser lançado oficialmente no segundo semestre. A vaquinha segue até o dia 28 de maio.

Sensação da 21ª edição do Big Brother Brasil, Juliette Freire ganhou uma homenagem aqui fora. A advogada virou personagem de um jogo on-line, na qual um fã paraibano desenvolveu sua trajetória no reality show. O aplicativo 'Vai Juliette!' foi lançado na loja virtual do Google Play nessa sexta-feira (23).

De acordo com o G1, Ittalo Ornilo idealizou o game durante o período em que o Governo da Paraíba restringiu o funcionamento de alguns setores em combate à pandemia da Covid-19. "A ideia surgiu após eu ver o perfil da Juliette compartilhando artes dos fãs, músicas, remixes, desenhos... Então eu queria mostrar algo um pouco mais único. E torcer pra equipe maravilhosa de ADMs dela me notar", explicou.

##RECOMENDA##

O responsável pelo projeto descreve com humor a maneira de se divertir com o joguinho: "Sua missão é ajudar a aumentar o Fandom da Juliette. Corra sem parar e cada vez mais rápido, desviando dos inimigos e pulando os paredões enquanto coleta Cactos e Cuscuz pelo caminho! Ao comer muito cuscuz, a Juliette fica Imune, mas se não conseguir e a situação apertar, você pode tacar as cuscuzeiras nos adversários! Esse joguinho é txurubei, txurubai!".

Na última semana, durante a transmissão do "Resident Evil Showcase", a Capcom anunciou o lançamento do game "Resident Evil Village" em 7 de maio para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S, PC e Stadia. Além disso, a empresa divulgou que "Resident Evil 4' (2005) terá uma versão em realidade virtual (VR), e que a série "Resident Evil Infinite Darkness" chegará em julho na Netflix.

"Resident Evil Village" é o oitavo jogo da franquia e recebeu mais um trailer com uma nova sequência de cenários. O protagonista Ethan Winters manuseia um rifle de precisão, arma que não estava no game anterior, e o herói veterano, Chris Redfield, surge ao final de maneira misteriosa, como se fosse o vilão do game. Veja:

##RECOMENDA##

Também foi revelado que o clássico modo "Os Mercenários", que coloca o jogador em um cenário para matar diversos inimigos e coletar pontos em um limite de tempo, retornará em "Village". Esse extra surgiu pela primeira vez em "Resident Evil 3: Nemesis" (1999) e se manteve até o "Resident Evil 6" (2012).

Uma demo do jogo será disponibilizada em 1º de maio, às 21h, para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC. A amostra ficará disponível por 24h. O pré-carregamento poderá ser feito a partir de 29 de abril, e os que acessarem poderão jogar o título por uma hora. Após esse prazo, a demo não será mais acessível.

Donos de Playstation 4 e Playstation 5 terão outra oportunidade de acesso antecipado a demo em 24 de abril, às 21h. Será possível acessar uma das áreas do título por 30 minutos. A demonstração já encontra-se disponível na PSN para pré-carregamento.

A Capcom também divulgou um trailer da série em CGI "Resident Evil Infinite Darkness", que se passa em torno dos heróis do segundo game da franquia, Leon S Kennedy e Claire Redfield. A história é ambientada após os eventos do quarto jogo. Veja o trailer:

O anúncio de "Resident Evil 4" para VR pegou o público de surpresa. O quarto título da saga já recebeu versões para os consoles Game Cube, Nintendo Wii, PS2, PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One, PC e também funciona no Playstation 5 e Xbox Series S/X via retrocompatibilidade.

Com cada vez mais funções nos smartphones, as empresas não param de investir em jogos mobile. Pensando em você, maníaco por games, o LeiaJá montou uma lista com os cinco principais jogos para celular de 2021.

Free Fire

##RECOMENDA##

Lançado em 2017, com mecânicas mais simples e funcionando em quase todos os celulares, ele já que tem requisitos de funcionamentos mais leves. No Brasil, o jogo é uma febre. Em 2021, a Garena, responsável pelo jogo, confirmou que o torneio mundial será realizado em Singapura e a premiação será em torno de R$ 10 milhões para equipe vencedora. O jogo conta com mais de 500 milhões de downloads. Veja os momentos finais emocionantes da final do Mundial 2019 e a comemoração do Corinthians com o título a partir de 4h05m de vídeo:

[@#video#@]

Wild Rift

Lançado no início de abril, o jogo é a versão para celular do League of Legends. Com menos de um mês, o game já tem 10 milhões de downloads. Veja vídeo promocional oficial do Wild Rift:

[@#podcast#@]

Call of Duty: Mobile

A franquia, que já é consolidada há pelo menos duas décadas, decidiu lançar sua versão para celular no fim de 2019 e surpreendeu por conseguir deixar muito parecida com a de videogames. O jogo tem mais de 150 milhões de downloads até agora e só no início de 2021 foram 6 milhões. Veja trailer oficial da 1ª temporada da Nova Ordem:

Among Us

É um jogo online de multijogadores, especialmente bem feito para jogar com amigos, podendo ter de 4 a 10 participantes. Só em janeiro de 2021, o jogo teve 26 milhões de downloads. Veja vídeo de partida entre os integrantes do canal TNT Sports Brasil:

Clash Royale

A empresa Supercell conseguiu uma legião de fãs com o jogo Clash of Clans e desenvolveu a partir dele o Clash Royale. O que ela não imaginou era a proporção que o jogo ia tomar. Com um marketing pesado, chegando a colocar até comerciais na TV brasileira e propagandas nas ruas das cidades, já tem mais de 120 milhões de downloads. Veja a final da King’s Cup:

Bônus:

Candy Crush Saga

Um sucesso desde o seu lançamento em 2012, o jogo sempre esteve no topo dos mais jogados no mundo. Não necessitando de internet, pode ser jogado em qualquer lugar e a qualquer hora e já gerou diversas sequências de novos jogos para a saga. Mesmo depois de tanto tempo, só no início de 2021, teve 16 milhões de downloads. Veja uma partida do nível 963:

Após lançamento para consoles da antiga geração em setembro de 2020, o quarto título do marsupial mais louco dos games, "Crash Bandicoot 4: It's About Time" chegou em março deste ano para o PS5, Xbox Series X e Nintendo Switch. O game está disponível por R$ 200 na Eshop, e R$ 250 na PSN e Xbox Live.

O novo jogo desconsidera todas as sequências lançadas para Playstation 2 e continua a história a partir dos eventos do terceiro título, "Crash Bandicoot: Warped" (1998). Tudo começa quando os vilões Neo Cortex, N. Tropy e Uka Uka criam uma fenda no espaço-tempo para escaparem da prisão. Cabe ao marsupial, a irmã Coco e a máscara Aku Aku salvarem o mundo de um colapso temporal. Para isso, o herói conta coma ajuda de outras máscaras, que lhe concedem diferentes poderes.

##RECOMENDA##

As habilidades obtidas pelas máscaras temporais são as principais novidades do game. Em determinados pontos das fases, Crash terá acesso a esses poderes, que permitem transportar plataformas no espaço-tempo, girar por tempo indeterminado - o que possibilita ao herói saltos prolongados para alcançar locais mais distantes -, além de desacelerar o tempo e inverter a gravidade. O uso desses recursos, junto ao leve design das etapas, proporciona diversos desafios e exige alto nível de concentração e coordenação motora do jogador.

Além dos novos poderes, o game conta com habilidades que consagraram o personagem nos anos 1990, como o giro para atacar os inimigos, a rasteira e o salto duplo. Em diversos momentos, o jogador poderá assumir o controle de Tawna, em um gameplay inspirado no aventureiro Indina Jones, com uma corda para auxiliar os saltos em longa distância; ou do mutante Dingodile, com uma arma de fogo para destruir todas as caixas e monstros que aparecerem em seu caminho; e também o vilão Neo Cortex, com a pistola "mágica" que pode transformar inimigos em plataformas.

A dificuldade

A franquia "Crash Bandicoot" sempre foi conhecida pelo alto nível de dificuldade, e o quarto título da franquia eleva esse fator. Concluir a aventura do jogo é apenas um dos desafios, pois para atingir a porcentagem máxima, é preciso coletar seis joias em cada fase. Três delas correspondem a 40%, 60% e 80% das wumpa (uma fruta dourada que existe no universo do game). A quarta fica escondida no cenário, e as duas últimas são premiações recebidas após concluir a fase com o máximo de três mortes e a destruição de todas as caixas presentes no percurso.

Assim como nos jogos anteriores, as joias coloridas marcam presença, e nesta edição existem quatro. Mas, diferente dos outros títulos, o game não indica onde elas estão, o que pode dificultar a exploração e a busca por esses itens, uma vez que "It's About Time" tem 43 fases. Vale lembrar que na trilogia do Playstation 1, o menu dos games apontava para as joias disponíveis no percurso.

Outro desafio necessário para completar a porcentagem máxima do game são as corridas pelas relíquias. O jogador precisa concluir mais uma vez cada fase, mas em tempo recorde, o que pode premiar o personagem com um crucifixo de safira, ouro ou platina. Além disso, ao longo o caminho também serão coletadas fitas de vídeo (VHS), que representam o passado de Crash e Coco, e oferecem desafios de plataformas com níveis de dificuldades elevados.

Após realizar todos os desafios das 43 fases, que variam entre cenários tropicais, nevados, pré-históricos e futuristicos, o jogador terá feito metade do game, pois o procedimento deve ser repetido em fases espelhadas com a mesma estrutura, mas com elementos invertidos. Diante de tudo isso, fica claro que "Crash Bandicoot 4: It's About Time" oferece várias horas de conteúdo, mas a experiência pode se tornar cansativa com o passar do tempo, em especial para aqueles que desejam fazer tudo de uma vez. Para aproveitar melhor o título, é recomendável concluir os desafios em etapas, sem pressa para finalizá-los.

"Crash Bandicoot 4: It's About Time" resgata os elementos que popularizaram a franquia e, ao mesmo tempo, inova com diferentes habilidades e possibilidades de gameplay. O jogo tem dificuldade elevada, mas bem estruturada. Diante de todas as várias mortes que ocorrem ao longo da aventura, o jogador terá ciência que foi por falta de habilidades nos controles, e não por culpa de mecânicas mal elaboradas. Além disso, o título serve como porta de entrada para novos públicos conhecerem o marsupial e sua turma.

Em breve, jogar games multiplayer online gratuitos como Fortnite, Call of Duty: Warzone, Destiny 2 e Apex Legends será mais fácil nos consoles Xbox. Em nota publicada no site oficial do game, a gigante Microsoft afirmou que a mudança chegará em breve e usuários poderão jogar os títulos free-to-play sem a assinatura Xbox Live Gold. O recurso já se encontra disponível para o último estágio do programa Insider.

A novidade foi anunciada pelo líder do programa Xbox Preview, Brad Rossetti, em uma publicação no Twitter, na mesma semana em que o serviço Xbox Live mudou de nome para Xbox network. Poucos dias depois, a Microsoft anunciou a fase final dos testes para a nova opção de desempenho.

##RECOMENDA##

“Insiders do Xbox em Alpha Skip Ahead & Alpha, hoje estamos lançando alguns novos recursos. O modo multijogador em jogos grátis, Looking 4 Groups e Party Chat no Xbox não requer mais uma assinatura Xbox Live Gold, pois voamos e testamos essas mudanças de serviço antes da disponibilidade geral”, escreveu Rossetti, na última semana de março.

O fim da obrigatoriedade de assinatura também permite que jogadores não assinantes tenham acesso a outras funções, como busca por grupos e bate-papo em grupo.

Segundo a desenvolvedora, da mesma forma que a disponibilidade da função foi gradual, os patches de estúdios para habilitar a gratuidade de seus jogos também serão lançados aos poucos, e games como Destiny 2 e Call of Duty: Warzone devem ser liberados com um certo atraso em relação aos outros do catálogo.

Um cartucho do "Super Mario Bros.", produzido pela Nintento em 1986, foi vendido em um leilão por US$ 660 mil (cerca de R$ 3,7 milhões). Além do jogo estar bem conservado, o lacre da embalagem não havia sido rompido, o que levou o item a ser arrematado em alto valor. A negociação aconteceu na Heritage Auctions, casa de leilão do Texas (EUA).

Em comunicado oficial via Instagram, a organização responsável pela compra e venda do item informou que o antigo dono do cartucho afirmou ter comprado há 35 anos como um presente de Natal, e que o item ficou guardado na gaveta do escritório por todo esse tempo. O homem, que não quis se identificar, nunca imaginou o valor estimado que o jogo poderia ter.

##RECOMENDA##

Em julho de 2020, em um dos eventos produzidos pela Heritage Auctions, uma cópia do mesmo "Super Mario Bros." havia sido leiloada por US$ 114 mil, e quebrou o recorde do cartucho mais caro a ser leiloado. Porém, no final de março deste ano, o recorde foi quebrado novamente. A justificativa para o preço se deve pelo item ser a quarta cópia distribuída na época, em um pequeno espaço de tempo. Mais tarde, uma segunda versão, em outra embalagem, começou a ser vendida no mercado.

A Heritage Auctions é uma das mais famosas casas de leilão dos Estados Unidos. A instituição tem um acervo histórico com itens como instrumentos musicais raros, moedas antigas, revistas em quadrinhos e figurinhas raras de jogadores de baseball e basquetebol.

Um estudo divulgado esta semana pela Pesquisa Game Brasil (PGB) mostra que o consumo de games no país subiu de 72% para 75,8% durante a pandemia de Covid-19. O levantamento envolveu 12,4 mil pessoas, que admitiram jogar mais durante o isolamento social, desde março de 2020. A pesquisa foi realizada entre 7 e 22 de fevereiro deste ano.

Os dados também mostram que o público que mais consome videogames compreende a faixa etária de 20 a 29 anos e representa 41% do montante. Entre as plataformas mais acessadas para jogos está o smartphone; 41,6% dos jogadores brasileiros preferem a atividade pelo celular.

##RECOMENDA##

O estudo também revela a preferência entre homens e mulheres. Nesse contexto, entre elas, 62,2% preferem smartphone para consumir games, 40,4% usam o computador e 38,1% utilizam console. Já entre eles, o cenário se inverte: 61,9% têm preferência por console, em seguida o computador apresenta a preferência de 59,6%, e 37,8% usam o smartphone.

A PGB revela outros números sobre o modo de consumo dos brasileiros, que foi moldado durante a pandemia. É que 51% dos entrevistados afirmaram que os convites para jogar online aumentaram na pandemia, e 61% chegaram a conclusão que consumiram mais conteúdo online durante o isolamento social.

Um jogador sul-coreano profissional de videogame falou sobre o "indescritível" racismo sofrido desde que se mudou para o Texas, em um vídeo que "viralizou" nas redes sociais, levantando várias reações condenatórias.

A violência contra os asiáticos aumentou nos Estados Unidos desde o ano passado, algo que os ativistas associam à retórica do ex-presidente Donald Trump, especialmente sua repetida classificação do coronavírus como o "vírus da China".

##RECOMENDA##

Lee Eui-seok, que joga o videogame Overwatch para o time Dallas Fuel sob o apelido de Fearless, disse durante uma rodada de perguntas na plataforma Twitch que esta é a primeira vez que ele sofre racismo desse tipo.

"Ser asiático aqui é assustador", disse o jogador de 22 anos.

"As pessoas tentam começar brigas com a gente (...) Tem até gente tossindo em cima da gente. Tossem deliberadamente na gente. (Nos insultam) enquanto riem", desabafou.

"O racismo aqui não é uma brincadeira", acrescentou.

Um clipe da transmissão foi postado no Twitter na terça-feira (6), com legendas em inglês, por Jade "swingchip" Kim, uma jogadora coreana e "manager" do time Florida Mayhem. Ela também disse ser alvo de racismo.

Kim disse ao jornal The Washington Post que os comentários de Lee foram como "uma chicotada".

"Com tudo o que está acontecendo nos Estados Unidos ultimamente, não poderia deixar isso passar também. Então, traduzi o clipe e postei", explicou.

O vídeo legendado tinha mais de 326.000 visualizações até esta quinta-feira.

Os crimes de ódio contra asiáticos praticamente triplicaram, pulando de 49 para 122 no ano passado, nas 16 maiores cidades dos Estados Unidos. Já em termos gerais, esse tipo de crime caiu 7% no país, segundo um relatório recente do Center for the Study of Hate & Extremism.

Segundo Lee, os ataques racistas contra ele, em Dallas, "ocorreram quase que diariamente". Foi "assustador" e "grave", denunciou.

O jovem contou que pessoas se aproximavam dele na rua para gritar insultos racistas contra ele. Há três anos, quando morava em Los Angeles, podia "(viver) pacificamente nos Estados Unidos".

"Não acho que teríamos tido problemas lá", completa.

A equipe de Lee é propriedade da Envy Gaming, cujo fundador, Mark Rufail, condenou os ataques e o "ódio injustificado". Rufail também prometeu garantir a segurança de seus jogadores.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando