Tópicos | Resumo

Após o primeiro paredão do BBB 21 - que eliminou a sister Kerline -, o clima ficou ainda mais pesado na casa e os confinados se estranharam. Até mesmo aqueles que pareciam ter o favoritismo do público acabaram gerando críticas após discussões e desabafos durante a madrugada desta quarta (3).

Para começar, Tiago Leifert fez reflexões sobre cancelamento e canceladores durante o discurso de eliminação. “É muito difícil para o cancelador perceber o que ele está fazendo. Que bom que está passando isso na televisão. Acontece muito na internet, mas que bom que tá todo mundo assistindo agora. Mas a sementinha foi plantada e a casa mudou muito hoje à tarde", disse sem citar nomes.

##RECOMENDA##

A tal “sementinha”, no entanto, parece não ter tido tempo hábil para germinar. Logo após a saída de Kerline, Juliette resolveu desabafar sobre como estava se sentindo e Lumena se irritou. Apontando o dedo para a colega de confinamento, a psicóloga se exaltou e disse que ela estava mentindo sobre uma situação envolvendo um vestido branco: "Não coloque ações inexistentes na nossa relação”. Projota também se irritou com a paraibana e, em conversa com outros brothers, disse que ela estava querendo “aparecer”. 

Em seguida, Lucas Penteado e Nego Di se estranharam. A briga ficou feia e o humorista disparou para o outro. “Pra mim tu é mau-caráter. Tu quer revolucionar todo mundo, não lava uma louça, vai tomar no c*”. A internet não gostou e promoveu a hashtag #ForaNegoDi. 

Enquanto isso, Karol Conká detonava Juliette. Após pedir desculpas a Lucas e parecer estar revendo seu comportamento, a cantora mirou na paraibana e chegou a dizer que temia por sua integridade física. "Aí falaram que tem uma cama vaga lá (no Quarto Cordel), falaram para eu ir dormir lá. Aí eu falei: 'Eu não vou.' Porque é capaz de eu acordar com essa garota me enforcando, entendeu? Porque eu não sei nem o que está acontecendo, ela oscila toda hora". Conká seguiu falando sobre a advogada, porém, a GloboPlay cortou a transmissão.

Neste domingo (17), milhões de estudantes vão fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), nesta edição, estão inscritos 5,8 milhões de participantes, sendo 5.687.271 de inscrições para o Enem impresso e 96.086 para o Enem Digital.

Provas

##RECOMENDA##

No primeiro dia de aplicação de provas, neste domingo, os participantes irão responder a 90 questões das áreas de Ciências Humanas, Linguagens e redação. Dentro de Ciências Humanas, estão abarcadas as disciplinas de história, geografia, sociologia e filosofia. Já em Linguagens, está todo o contexto da Língua Portuguesa, desde gramática até interpretação de texto, bem como uma língua estrangeira escolhida pelo próprio estudantes - que pode ser inglês ou espanhol.

Já no próximo domingo (24), os candidatos responderão também a 90 questões, mas estas serão das áreas de Ciências da Natureza e matemática. Em Ciências da Natureza, estão integradas as disciplinas de química, física e biologia. Nestes dois primeiros domingos, estão marcadas as provas da versão impressa do Exame.

No dia 31 de janeiro, começa a maratona de provas para quem escolheu o Enem Digital. Feito por um projeto piloto neste ano, a prova será feita também presencialmente, mas por meio do computador. Neste sentido, os estudantes terão que responder às mesmas quantidades de questões do Enem impresso, só que por meio de uma tela. Para simular maior realidade com o formato tradicional, os participantes poderão pular questões e voltar para elas depois. De acordo com o Governo, o objetivo é que o exame seja totalmente digital até 2026.

O primeiro dia de aplicação das provas do Enem Digital será como no impresso: 90 questões de Ciências Humanas, Linguagens e uma redação. Esta deve ser feita escrita, segundo o Inep. Para isso, os participantes receberão uma folha de papel, no padrão do exame impresso. No segundo dia, serão mais 90 quesitos, só que desta vez das áreas de Ciências da Natureza e matemática. Para fazer os cálculos, também está prevista a entrega de folhas de papel aos estudantes.

Redação

A prova de redação é uma das mais temidas pelos participantes do Enem. Isso porque o bom desempenho na produção textual é fundamental no êxito no exame como um todo, refletindo, assim, na nota final. O estudante deve escrevê-la no em formato de prosa, no tipo dissertativo-argumentativo. “Na redação do Enem o participante deverá defender uma tese – uma opinião a respeito do tema proposto –, apoiada em argumentos consistentes, estruturados com coerência e coesão, formando uma unidade textual, de acordo com a modalidade escrita formal da língua portuguesa”, explica o Inep.

Outros cuidados sobre a redação também devem ser tomados pelos candidatos que farão o Enem 2020. O participante pode zerar a produção textual caso descumpra alguns requisitos, como fuga ao tema, extensão total de até sete linhas, trecho deliberadamente desconectado do tema proposto, não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa e desrespeito à seriedade do exame.

Seguindo o modelo de prova dos anos anteriores, os estudantes que vão fazer o Enem 2020 irão se deparar com uma frase-tema, que geralmente cobra problema da sociedade brasileira. Com ele, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia ligada ao Ministério da Educação (MEC), que produz o Enem, há um texto de apoio que ajuda o estudante a se nortear quanto à escrita.

Horários

Assim como em edições anteriores, o Enem 2020 será realizado conforme horário de Brasília. A abertura dos portões será realizada às 11h30. Nas edições anteriores, a entrada nos locais de prova só era permitida a partir das 12h, mas o Inep adotou a medida de abrir meia hora mais cedo para que não haja aglomeração. O fechamento será, impreterivelmente, às 13h. Com isso, aquele estudante que porventura se atrasar, não poderá fazer o exame. Entretanto, caso o estudante se atrase para o primeiro dia de provas, por exemplo, ele poderá fazer normalmente o segundo dia de avaliação.

Os participantes só podem sair dos locais de aplicação a partir das 15h30, entretanto sem o caderno de questões. Este só pode ser levado meia hora antes do término da prova. No primeiro dia, por conta da redação, ela vai até às 19h. Já no segundo dia de Enem, os participantes têm até as 18h30 para realizar as 90 questões.

Documentos

Os participantes que vão fazer o Enem 2020 precisam ficar atentos aos documentos que podem ser levados ou não durante a aplicação das provas. Segundo o Inep, é obrigatório apresentar via original de documento oficial de identificação com foto para a realização das provas. Os participantes poderão apresentar cédulas de identidade expedidas por instituições, como secretarias de Segurança Pública, polícias Militar e Federal ou pelas Forças Armadas. Também será aceita a identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros.

“A Carteira de Registro Nacional Migratório, prevista na Lei de Migração (n.º 13.445), de 24 de maio de 2017, também está entre a documentação válida para identificação, assim como o Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, do qual trata o Decreto n.º 9.277, de 5 de fevereiro de 2018. A identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes e que, por lei, tenha validade como documento de identidade também poderá ser utilizada para identificar o participante. Além disso, o passaporte e  a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) — de acordo com a Lei n.º 9.503, de 23 de setembro de 1997 — também são válidos, assim como a Carteira de Trabalho e Previdência Social (impressa e expedida após 27 de janeiro de 1997)”, garante o Inep.

Cartão de confirmação

O cartão de confirmação de inscrição é o documento em que contém nome do estudante, dados pessoais, modalidade do Enem a ser realizada, horário e local de prova. Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda que os candidatos o levem no dia de aplicação do exame. O cartão também registra que o inscrito deve contar com determinado atendimento especializado, assim como tratamento pelo nome social, caso essas solicitações tenham sido feitas e aprovadas. O documento está disponível na Página do Participante.

Outro documento emitido pelo Inep que causa dúvida entre os estudantes é a Declaração de Comparecimento. Ela serve para comprovar presença na prova e deverá ser apresentada pelos candidatos, antes de ingressarem na sala de realização do Exame, ao aplicador, em cada dia de provas. Ele geralmente é utilizado para fins trabalhistas. “É importante lembrar que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não disponibilizará a Declaração de Comparecimento após a aplicação de cada dia de provas. Para o segundo dia de aplicação do exame, 24 de janeiro, o documento ficará disponível para impressão a partir da segunda-feira, 18 de janeiro”, alertou o Inep.

Caneta e lanche

A maratona de provas do Enem certamente pode dar fome em grande parte dos participantes, por isso é importante levar algum alimento para consumo durante a realização do exame, assim como ficar atento ao que comer antes do teste. O Inep determina que os candidatos devem podem levar água, mas esta deve estar em uma garrafa de material transparente e sem rótulo. Os alimentos devem também estar dentro de sacos transparentes, mas não é vedada participação do candidato que levar lanche em sua embalagem original. 

Já quanto à caneta a ser usada, esta deve ser impreterivelmenta fabricada em material transparente e de tinta preta. É extremamente necessário que os participantes fiquem atento a este fato porque caso a regra seja descumprida, pode ocasionar na eliminação do estudante.

Resultado

Os resultados do Enem 2020 já têm data para serem divulgados. No dia 29 de março, serão liberados os desempenhos tanto dos alunos que fizeram a versão impressa quanto daqueles que optaram pelo Enem Digital. Os gabaritos serão divulgados até o terceiro dia útil após a realização das últimas provas. Ou seja, no Enem impresso isso deve ser realizado até o dia 27 de janeiro, enquanto na modalidade digital está previsto para 10 de fevereiro.

O Instituto também dá algumas orientações aos participantes. Confira abaixo algumas delas:

- Uso de máscaras de proteção facial durante toda a aplicação será obrigatório.

- É obrigatória a apresentação de via original de documento oficial de identificação com foto para a realização das provas. Confira a lista completa no edital.

- A única caneta aceita é a esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.

- Guardar, antes de entrar na sala de provas, em envelope porta-objetos, a Declaração de Comparecimento impressa, o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados, além de outros pertences não permitidos.

- Manter os aparelhos eletrônicos como celular, tablet, pulseiras e relógios inteligentes com todos os aplicativos, funções e sistemas desativados e desligados, incluindo alarmes, no envelope porta-objetos lacrado e identificado, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva do local de provas.

- Manter, debaixo da carteira, o envelope porta-objetos, lacrado e identificado, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva do local de provas.

- Iniciar as provas somente após a autorização do aplicador, ler e conferir todas as instruções contidas na capa do caderno de questões, no cartão-resposta, na folha de redação, na folha de rascunho e nos demais documentos do exame.

LeiaJá também

--> Veja todos os temas de redação desde a criação do Enem

--> Confira sete atitudes que podem causar eliminação do Enem

Já soma ao menos R$ 558,2 bilhões o impacto do conjunto de medidas anunciadas pelo governo federal até o momento para enfrentar a pandemia do novo coronavírus. Se contabilizados os recursos disponibilizados pelos três principais bancos públicos (BNDES, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil), a cifra chega a cerca de R$ 867 bilhões.

Para as empresas, uma das últimas medidas de grande peso econômico anunciada foi o diferimento no pagamento de contribuições previdenciárias, PIS/Pasep e Cofins. Segundo o governo, a prorrogação das parcelas de março e abril dá um fôlego de R$ 80 bilhões para o caixa dos negócios.

##RECOMENDA##

Já a Caixa ampliou seu pacote voltado ao coronavírus em mais R$ 43 bilhões, direcionados ao setor imobiliário. Enquanto isso, o Conselho Monetário Nacional (CMN) segue editando normas para assegurar a liquidez do Sistema Financeiro Nacional. Uma delas foi ampliar os limites para que os bancos captem recursos por meio do Depósito a Prazo com Garantia Especial (DPGE).

Uma linha de crédito com recursos de fundos constitucionais também foi anunciada. A iniciativa vai oferecer até R$ 6 bilhões de crédito para pequenos empreendedores e informais, com recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). A linha foi aprovada pelo CMN no último dia 6.

Confira as medidas atualizadas anunciadas para as empresas:

- Suspensão temporária do contrato de funcionário por até dois meses e a redução de jornada e salário em 25%, 50% e até 70%, por até três meses. Os empregados afetados receberão uma compensação do governo que pode chegar a 100% do seguro-desemprego a que o trabalhador teria direito em caso de demissão. Medida Provisória já editada. O custo do Programa Emergencial de Proteção de Manutenção do Emprego e da Renda é de R$ 51,2 bilhões.

- Linha de crédito emergencial de R$ 40 bilhões para que pequenas e médias empresas financiem o pagamento dos salários dos funcionários por dois meses. Financiamento será limitado a dois salários mínimos (R$ 2.090) por trabalhador. Para as empresas, a linha terá juro de 3,75% (taxa básica de juros) ao ano, sem a cobrança de spread bancário. Haverá seis meses de carência para o início do pagamento e 36 meses (três anos) para quitar a dívida. As empresas precisam ter faturamento entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões por ano para participar.

- Alteração de regras trabalhistas para regularizar o teletrabalho, para o uso do banco de horas e antecipação de férias, por exemplo. Além disso, o FGTS devido pelos empregadores referentes a março, abril e maio poderá ser recolhido a partir de julho - sem juros, atualização ou multa. Esse pagamento poderá ser feito em até seis parcelas. Impacto do adiamento do FGTS é de R$ 30 bilhões.

- O INSS vai bancar os primeiros 15 dias do afastamento de trabalhadores que estiverem com covid-19.

- Caixa: Oferta de R$ 154 bilhões para capital de giro, compra de carteiras, Santas Casas, agricultura e mercado imobiliário. Micro e pequenas empresas terão redução de juros de até 45% nas linhas de capital de giro, com taxas a partir de 0,57% a.m. O órgão também oferecerá pausa de até 60 dias no pagamento das parcelas do capital de giro e na renegociação dos contratos de crédito da empresas, e pausa estendida de até duas prestações em contrato habitacional. Também foram anunciadas linhas de crédito especiais para empresas que atuam nos setores de comércio e prestação de serviço, e linhas de financiamento de máquinas e equipamentos com taxas reduzidas.

- Banco do Brasil: disponibilização de R$ 100 bilhões para reforçar linhas de crédito para pessoas físicas e empresas. Deste total, serão R$ 24 bilhões para pessoas físicas, R$ 48 bilhões para empresas, R$ 25 bilhões para o agronegócio e R$ 3 bilhões para administrações públicas municipais e estaduais.

- BNDES pretende injetar R$ 55 bilhões na economia para reforçar o caixa das empresas e apoiar trabalhadores.

- Redução de alíquota do compulsório sobre recursos a prazo de 25% para 17% pelo Banco Central. A estimativa é que a mudança resulte numa liberação de R$ 68 bilhões no mercado financeiro a partir do dia 30 de março.

- Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou o Banco Central a conceder empréstimos a instituições financeiras com a garantia de debêntures adquiridas entre 23/3 e 30/4. O potencial da medida é de R$ 91 bilhões.

- Flexibilização nas regras das Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) pelo Banco Central. Permitirá um adicional de R$ 2,2 bilhões de recursos para os bancos.

- Possibilidade de captação de recursos, por parte dos bancos, por meio de Depósito a Prazo com Garantia Especial do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

- Possibilidade de empréstimos aos bancos com lastro em Letras Financeiras (LF) garantidas por operações de crédito. Medida tem potencial de liberação de R$ 650 bilhões para as instituições.

- CMN vedou temporariamente distribuição de resultados e aumento de remuneração de administradores de instituições financeiras

- CMN aprovou resolução que abre uma linha nova de crédito para micro e pequenas empresas das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste com R$ 6 bilhões provenientes de fundos constitucionais dessas regiões.

- Instituições financeiras poderão reclassificar as operações de crédito renegociadas com clientes durante a crise provocada pelo novo coronavírus. A medida valerá para as operações renegociadas entre 1º de março e 30 de setembro de 2020.

- Banco Central e Ministério da Economia anunciaram medidas para facilitar a renegociação de até R$ 3,2 trilhões em empréstimos por famílias e empresas.

- CMN autorizou que as instituições prorrogarem o pagamento de crédito de custeio e de investimento a produtores rurais nos casos em que suas atividades tenham sido afetadas pelo distanciamento social.

- Decreto zera a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) cobrada em operações de crédito. A retirada do imposto vai contemplar operações contratadas entre 3 de abril e 3 de julho deste ano. Impacto de R$ 7 bilhões.

- O governo prorrogou o prazo para pagamento de tributos federais em virtude da emergência de saúde do novo coronavírus. As contribuições previdenciárias devidas pelas empresas e pelos empregadores domésticos e as contribuições para PIS/Pasep e Cofins relativas a março e abril agora poderão ser recolhidas em julho e setembro, respectivamente. Impacto de R$ 80 bilhões.

- Redução de 50% nas contribuições do Sistema S por 3 meses, com liberação estimada em R$ 2,2 bilhões.

- Adiamento da parte da União no Simples Nacional por 3 meses, com estimativa de liberação de R$ 22,2 bilhões, o que pode ser efetivado por ação do Executivo.

- Reforço em R$ 5 bilhões o Programa de Geração de Renda do Fundo de Amparo ao Trabalhador para Micro e Pequenas Empresas.

- Simplificação das exigências para contratação de crédito e dispensa de documentação (CND) para renegociação de crédito.

- A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) suspendeu de atos de cobrança da dívida ativa e facilitou a renegociação de dívidas, com parcelamento e prazo maior para quitar primeira parcela (último dia útil de junho).

- Prorrogação para 30 de junho deste ano do prazo de apresentação da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) e da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei).

- Para o setor de aviação, o governo publicou decreto que permite o adiamento do pagamento das tarifas de navegação aérea para até o fim do presente ano fiscal.

- Empresas aéreas terão prazo de doze meses para reembolsar passagens canceladas, com solicitações feitas até o fim do ano. Os consumidores ficarão isentos das penalidades contratuais se aceitarem usar o crédito no futuro.

- Alteração do cronograma de pagamento previsto para o ano de 2020 das contribuições fixas e variáveis pagas pelas concessionárias, com quitação até o dia 18 de dezembro, também por medida provisória.

- A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) abonou o cancelamento de slots do cálculo do índice de regularidade para a obtenção de direitos históricos pelas companhias aéreas. A iniciativa é válido até 24 de outubro de 2020.

- Facilitação do desembaraço de insumos e matérias-primas industriais importadas antes do desembarque.

O Apple Event, um dos mais esperados eventos de tecnologia do ano, aconteceu na última terça-feira (10), em Cupertino, Califórnia. Tim Cook, CEO da companhia da maçã, não parou de apresentar as novidades que devem chegar ao mercado em breve, para delírio dos fãs da marca. Entre os anúncios estiveram os iPhones 11 e 1 Pro, uma nova geração do Watch Series - o relógio inteligente da Apple, entre outros. Perdeu alguma coisa? Então confere o resumo:

Apple Arcade e TV+

##RECOMENDA##

Primeiro vieram os anúncios de streaming. Foram anunciados quem são as empresas de games parceiras, que desenvolveram títulos exclusivos para a plataforma, como Konami e Capcom, além do preço e das datas de lançamento do serviço. Apple arcade será lançado no dia 19 de setembro, e deverá custar apenas US $4,99, por mês. No Brasil, o serviço foi anunciado por R$ 9,90, por mês, após o período de teste gratuito. 

Já a Apple TV ganha data de lançamento para 1º de novembro, com a promessa de séries originais sendo lançadas todo mês. O valor é o mesmo do Arcade e dá direito a até seis acessos diferentes, ou seja, é possível que seis membros da mesma família usem a mesma conta com perfis personalizados. Quem comprar qualquer um dos gadgets da maçã (iPhone, iPad, Mac, etc.), até o lançamento oficial do serviço, terá a assinatura da Apple TV Plus, grátis, por um ano.

iPodOS

O primeiro lançamento de produto da maçã durante o evento foi o iPadOs. A sétima geração do tablet traz mais área de tela e suporte para o Smart Keyboard, promete ser 30% mais rápido e intuitivo do que seu modelo anterior. O iPad atualizado possui uma tela Retina de 10,2 polegadas, suporte para o Apple Pencil 2, processador A10 Fusion, modo escuro, entre outras coisas.

Uma das novidades, apresentada na WWDC deste ano, foi a entrada para USB, que facilitará a vida e muita gente que usa o gadget. O novo iPad está disponível para compra na loja online por US $ 329, cerca de R$ 1329,70, na cotação atual. Ele deve ser disponibilizado para venda no Brasil, no dia 30 de setembro, mas ainda não há previsão do valor oficial.

Watch Series 5

O painel de apresentação do Watch Series 5, novo relógio inteligente da maçã, fez o queixo de muita gente chegar ao chão. A Apple estreou uma uma tela Retina Always-On que nunca dorme, ou seja, mesmo que você não esteja olhando diretamente para o acessório, ela continuará acesa, mas com menos brilho. Além disso, para os aventureiros, há uma nova bússola incorporada que, com o aplicativo Maps atualizado, permitem que os usuários vejam para onde estão indo. 

Saiba exatamente para onde está indo com o aplicativo Compass e, em caso de acidente as chamadas internacionais de emergência, funcionam sem precisar estar perto do iPhone. Há também detecção e medição de barulho, melhorias nos apps de saúde e tanta coisa que deixaram o smartwatch da empresa com jeito de gadget do futuro. Confira todos os detalhes aqui.

iPhone 11 e 11 Pro

Os novos smartphones da Apples chegaram, sem dúvidas, focados nas captura de imagens. O novo iPhone 11 vem com duas potentes lentes traseiras de 12 MP, cada, sendo uma delas uma câmera ultra-angular para mostrar o que está fora do enquadramento. Há também a inserção do modo Noite (para fotos tiradas em ambientes com pouca luz), do Modo Noturno em todo o aparelho e um processador próprio A13 Bionic. 

Já as duas versões do 11 Pro são uma verdadeira máquina para quem trabalha com imagens. Com três câmeras poderosíssimas, o telefone também vem com uma bateria mais potente do que seus antecessores. Para usar o celular sem medo. Também chega à prova d'água, poeira e de quedas e com a garantia de um preço mais acessível.

O novo iPhone 11 chega ao mercado norte-americano por US $ 699, ou seja, aproximadamente R$ 2866. As duas versões do Pro chegam por US $ 999 e US $ 1099, respectivamente. Apesar de já ser possível conferir os detalhes dos aparelhos no site oficial brasileiro, ainda não há previsão para os dois lançamentos chegarem ao mercado brasileiro.

Do que sentimos falta

Apesar de terem sido feitos diversos anúncios de peso durante o evento, ficaram de fora informações sobre compatibilidade com internet 5G - que, apesar de já ser uma realidade entre as concorrentes, deve ficar guardada para as próximas gerações do telefone.

Outro item que ficou de fora do evento oficial da Apple foi o macOS 10.15 Catalina. Nada de preço, data de lançamento ou tela que o acompanha o Mac Pro foi divulgado, deixando muita gente, que aguarda desde a WWDC por mais informações, tendo que esperar mais um pouquinho.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) acontece nos dias 4 e 11 de novembro. A prova garante uma vaga nas instituições de ensino superior públicas e privadas do país.

Um método importante para estudos é fazer resumos ou fichamentos. Veja aqui dicas de como fazer resumos.

##RECOMENDA##

1 – Priorizar disciplinas que tem dificuldade

Como a prova já está chegando, não vai dar tempo do estudante se aprofundar em matérias especificas, por isto, é melhor o aluno fazer resumos de temas que tenha mais dificuldades.

2 – Preferir o fichamento à mão

Escrever os resumos à mão ajuda o estudante a fixar os conteúdos e a escrita é uma das formas de aprendizagem.

3 – Usar as próprias palavras

Ao ler um parágrafo de um texto, é aconselhável escrever com as próprias palavras, como se estivesse ensinando pra si próprio.

4 – Ambiente deve ser como da prova

É recomendado fazer os resumos como se estivesse fazendo a prova: em um ambiente iluminado, silencioso, sentado, nunca deitado. O cérebro vai se lembrar no dia da prova.

5 – Os “flash cards” também podem ajudar

Os flash cards são como um jogo, em que o aluno escreverá as perguntas e respostas. Em uma das faces do cartão, o aluno escreve um conceito ou pergunta. No outro, a resposta, teoria ou definição. Pode ser usado em todas as disciplinas.

6 – Mapas mentais

Nesta dica, o aluno escolherá um tema central e escreve em uma folha em branco e a partir disso, anotará elementos semelhantes ou fatos relacionados. Esta técnica ajuda a memorizar as matérias de um modo mais efetivo.

A novela global 'Segundo Sol' está bastante movimentada. Após perder vários clientes, depois demissão de Rosa (Letícia Colin), Laureta (Adriana Esteves) se vingará da moça. A vilã vai ao encontro de Agenor (Roberto Bonfim) para revelar que a filha é prostituta. A reação do patriarca é expulsar a namorada de Valentim (Danilo Mesquita) de casa. "Esse tempo todo eu fui feito de palhaço! Rosa e Maura, criei duas safadas em casa sem saber! Que desgosto, uma sapatão e uma prostituta!", dispara.

Rosa defenderá a irmã. "Maura é uma mulher maravilhosa! O senhor devia se orgulhar dela! E se eu fiz o que eu fiz, foi pra dar essa casa pro senhor e pra minha mãe! Eu estou com essa dívida com Laureta por causa de vocês! Eu só queria que vocês morassem num lugar decente", tentará explicar.

##RECOMENDA##

Visivelmente alterado, o garçom puxará a filha e rasgará a blusa dela. De joelhos, Rosa será humilhada na frente dos vizinhos. "Vocês não querem ela, não? Você quer? E você, quer uma noite com ela? É isso, minha gente! Essa vagabunda, que já foi minha filha, é mulher da vida! Pagou, levou! Quem quer? Quem dá mais? Alguém dá 50 reais? Ninguém? Vinte? Já podemos fazer leilão na rua, Rosa", gritará Agenor. Machucada e desnorteada, Rosa encontrará Ícaro (Shay Suede), que ajudará e consolará a moça. O capítulo vai ao ar nesta quarta-feira (18).

[@#galeria#@]

Após 48 jogos, a fase de grupos da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, encerrou-se ontem (28), tendo como principais destaques a precoce eliminação da Alemanha e a presença inédita do árbitro assistente de vídeo (VAR), que auxiliou em diversos lances polêmicos.

##RECOMENDA##

No grupo E, ao lado de Suécia, Coreia do Sul e México, a Alemanha foi eliminada na última posição da sua chave, com apenas três pontos somados. A única vitória da atual campeã mundial foi diante dos suecos, no sufoco, por 2 a 1. A Alemanha, que nunca havia sido eliminada na fase de grupos em uma Copa do Mundo, tornou-se a quarta campeã mundial a cair na primeira fase após conquistar o título, como a França em 2002, Itália em 2010 e a Espanha em 2014.

"Há quatro anos tudo estava bem, mas a Alemanha perdeu força e este é o resultado. Nós merecemos ir para casa, a responsabilidade pertence a todos, a equipe técnica e os jogadores, muitos deles estavam abaixo do nível. A Alemanha não tinha espírito de equipe", disse o ex-jogador Lothar Matthäus.

Outra seleção campeã mundial que quase teve o mesmo destino da Alemanha foi a Argentina. Após empatar com a Islândia e ser goleada pela Croácia, a equipe "Albiceleste", liderada por Lionel Messi, derrotou a Nigéria no sufoco e conseguiu se classificar em segundo lugar na chave D.

A França, adversária da Argentina nas oitavas de finais, não sofreu para avançar na competição. Em um grupo com Austrália, Peru e Dinamarca, os campeões mundiais de 1998 passaram sem grandes dificuldades na liderança da chave C.
    O Brasil, por sua vez, sofreu, mas conseguiu garantir sua vaga para as oitavas de final em primeiro lugar do grupo E. Com duas vitórias e um empate, a seleção brasileira irá encarar o México na próxima fase.

Apesar de vencer seus dois primeiros jogos, incluindo a Alemanha, os mexicanos sofreram até o último minuto para garantir sua classificação na derrota por 3 a 0 diante da Suécia. Em 2018, o México tentará encerrar com a maldição das oitavas de finais, pois, nas últimas seis Copas do Mundo, a seleção latino-americana foi eliminada nesta fase. Já a Suécia, mesmo sem Zlatan Ibrahimovic, conseguiu surpreender e se classificar na primeira posição no grupo F, e se caracterizou por ser uma equipe muito forte defensivamente. Nas oitavas, a seleção escandinava enfrentará a Sérvia.

O único país asiático vivo na competição, o Japão conseguiu se classificar graças ao número de saldo de cartões, que foi inferior ao de Senegal. Para ajudar, a seleção africana perdeu para a Colômbia e encaminhou a classificação para a seleção japonesa.

Já os "Diabos Vermelhos" querem deixar de ser apenas uma promessa para entrar na história do futebol da Bélgica. Recheada de renomados jogadores, a seleção belga foi uma das três (Uruguai e Croácia) seleções que conseguiram se classificar com 100% de aproveitamento na Copa do Mundo.

O Uruguai, mesmo sem apresentar um grande futebol, passou tranquilamente do grupo A, após ter goleado a anfitriã Rússia e vencido por 1 a 0 as seleções do Egito e da Arábia Saudita. Adversária da Rússia na próxima fase, a Espanha sofreu no começo da Copa do Mundo por conta da demissão do técnico Julen Lopetegui, no entanto, sob o comando de Fernando Hierro, classificou-se em primeiro após empatar por 3 a 3 com Portugal e vencer Marrocos e Irã. A seleção portuguesa, liderada por Cristiano Ronaldo, viu sua classificação ficar ameaçada na última rodada após o empate por 1 a 1 com o Irã. No entanto, Portugal conseguiu segurar a pressão e se classificar em segundo lugar do seu grupo. Nas oitavas, os lusitanos vão encarar o Uruguai.

Com dois jogos por dia, as oitavas de finais serão realizadas do dia 30 de junho a 3 de julho.

- Confira os confrontos: Uruguai x Portugal França x Argentina Brasil x México Bélgica x Japão Espanha x Rússia Croácia x Dinamarca Suécia x Suíça Colômbia x Inglaterra.

Da Ansa

Os próximos capítulos de Segundo Sol, da Rede Globo, serão marcados por revelações. Mesmo tentando manter a identidade, a DJ Luiza (Geovanna Antonelli) será descoberta pelo filho. Ao descobrir que a famosa é sua mãe, Ícaro (Chay Suede) se revoltará e ameaçará entregar Luiza à polícia.

Durante a discussão, o garoto de programa fará insinuações sobre a atual situação financeira da mãe. “Pelo jeito você se deu bem na vida, daquela marisqueira que você era para essa mulher de hoje, cheia de truques, parece que seus golpes deram certo”, dirá.

##RECOMENDA##

A DJ tentará se explicar ao filho, contatando sua versão da história. “Não tem golpe nenhum! Se eu lhe explicar a minha história você vai entender. Eu te amo, meu filho, tudo o que mais quero na vida é que você e sua irmã um dia me perdoem, que vocês deixem eu ficar perto de vocês. Eu voltei por vocês, por amor a vocês, eu juro! Deixa eu lhe dar um abraço”, pedirá Luiza.

Mesmo assim, o rapaz recusará o afeto da mãe e ameaçará chamar a polícia.“Não encosta em mim! Vou ligar para a polícia”, alertará Ícaro. A ação será interrompida por Cacau (Fabiula Nascimento), que tomará o celular do sobrinho e pedirá que a irmã vá embora.

LeiaJá Também

--> Em 'Segundo Sol', Karola leva surra de Luzia

--> Artistas negros que poderiam protagonizar 'Segundo Sol'

As maldades de Sophia (Marieta Severo) em o Outro Lado do Paraíso estão com os dias contados. Na reta final do folhetim da Rede Globo, a vilã terá os crimes descobertos e será julgada pelas mortes de Laerte (Raphael Vianna), Vanessa (Fernanda Nizzato), Rato (César Ferrario) e Mariano (Juliano Cazarré), que sobreviverá a tentativa de homicídio.

Durante audiência, a vilão será surpreendida com a presença de Xodó (Anderson Tomazini), que testemunhará o crime contra Mariano. "O que aquele rapaz faz aqui? ", perguntará a mãe de Gael (Sergio Guizé) ao advogado, apontando o garimpeiro. Ela será informada que o rapaz é testemunha de acusação.

##RECOMENDA##

Desnorteada, a dona da mina não percebe que a juíza Raquel (Erika Januza), que é a responsável pelo julgamento, questiona sobre a inocência da avó de Tomaz (Vitor Figueiredo). "Repito. A ré se considera inocente ou culpada?, perguntará novamente a juíza. Na ocasião, Sophia vai se declarar inocente, no entanto, ela não conseguirá terminar a frase e cairá desmaiada. A megera será socorrida por Estela (Juliana Caldas) e Amaro (Pedro Carvalho). Diante da situação, Raquel declarará recesso no tribunal.

No hospital, Samuel (Eriberto Leão) informará que a vilã teve um AVC. "Ela teve um AVC. Não muito grave, já está fora de perigo. Passa essa noite em observação na UTI", dirá o médico. Após alguns dias internada, Sophia receberá alta. Gael, você como filho, pode cuidar de sua mãe”, dirá Samuel. “Se eu ficar com ela, a gente vai discutir de novo, e ela vai ter outro AVC”, elertará Gael.

A megera também será rejeitada por Lívia (Grazi Mazzafera). "Não olha pra mim. Eu não quero cuidar dela. Tenho meus motivos”, disparará. Na confusão, Estela se responsabilizará pela mãe. “Eu cuido da minha mãe”, gritará. Mesmo repreendida pela irmã, a professora seguirá firme. Continua sendo minha mãe. Eu quero levá-la para a minha casa”, explicará.

LeiaJá Também

--> O Outro Lado do Paraíso: Lívia descobrirá gravidez

--> O outro lado do paraíso: Clara e Sophia saem no tapa

 

Uma nova reviravolta em 'O Outro Lado do Paraíso', da Rede Globo, vai mexer com o destino de alguns personagens e fãs da trama das 21h. Após ser atacado por Sophia (Marieta Severo), Mariano (Juliano Cazarré) ficará desaparecido. O sumiço do garimpeiro preocupará Lívia (Grazi Massafera), que vai em busca de respostas.

A irmã de Gael (Sérgio Guizé) visitará Mercedes (Fernanda Montenegro) para saber notícias do amado, mas ouvirá uma mensagem intrigante da curandeira. “Mas você, ah, você… Vai ser muito feliz. Às vezes a gente não espera a felicidade. Mas ela acontece [...] Vai ter mais do que espera… Um milagre pode acontecer… Milagre é aquilo que a gente acha impossível e que se torna possível. Milagre é quando uma bênção cai sobre nossa cabeça. Um milagre, sim. Você vai ter. Deixa eu te abençoar”, dirá Mercedes. O recado será acompanhado por uma oração.

##RECOMENDA##

Após a visita, Lívia será surpreendida. Durante exames de rotina, a filha de Sophia descobrirá que espera um filho de Mariano. “Grávida? Impossível. Eu não posso estar grávida! Há anos a doutora Tônia (Patrícia Elizardo) disse que eu nunca mais poderia engravidar”, conta ao médico. Ele dirá que a ginecologista errou no diagnóstico e confirmará a gravidez. A revelação pegara todos de surpresa, principalmente Sophia.

LeiaJá também

--> O Outro Lado do Paraíso: Odair será amante de Nádia

Você pode recorrer a um dicionário para compreender o que é um fichamento, mas ele é bem simples. Como sugere o nome, fichamento é dispor algum conteúdo em fichas. No caso, criar anotações sobre textos ou livros em uma ficha, a fim de organizar informações sobre a obra. A ideia aqui é identificar obras diferentes, conhecer seu conteúdo, analisar o material, fixar os dados que contém, elaborar uma crítica e separar citações. Além disso, um bom fichamento pode ser o ponto de partida para resumos ou resenhas e dar suporte precioso em artigos e no TCC, organizando os materiais que você terá que reunir para compor seu trabalho.

Buscar produzir seus fichamentos dentro de um padrão lógico e fácil de ser replicado faz com que ele funcione. Outra boa ideia seria mantê-los segundo a norma da ABNT para fontes, tamanho, espaçamento e margens especificadas. A utilidade disso seria para o caso de precisar utilizar o documento para outros fins posteriormente. o fichamento é uma técnica de estudo que pende bastante para a necessidade individual. É por isso que todo e qualquer modelo de fichamento proposto é apenas uma sugestão e pode ser adaptado para o que cada um necessita, desde que as informações possam ser organizadas claramente, sem faltar nenhuma informação imprescindível. Pelo mesmo motivo, nada lhe impediria de fazer fichamentos de cor laranja e em Comic Sans, por exemplo. 

##RECOMENDA##

Preparar um fichamento não é tão difícil, mas pode dar um pouco de trabalho se você não souber por onde começar. Então a dica é: antes de qualquer coisa, leia o texto. Após entender do que se fala, vá para uma segunda leitura, agora consciente do que está sendo tratado. Desta vez você terá mais propriedade para identificar os trechos que resumem melhor o assunto em cada segmento do texto e destacá-los. Após isso, você pode escolher entre um dos três tipos principais de fichas:

1. Fichamento textual, de resumo ou de conteúdo

Este tipo de fichas dá atenção à estrutura do texto, registrando as ideias apresentadas em uma sequência lógica, expondo os pontos principais e secundários, bem como os argumentos, justificativas, exemplos etc. ligados a eles. Como o nome deixa entender, esse fichamento busca resumir com mais detalhes, de forma completa. Não deve ser longo, mas nunca curto demais, como um sumário de partes do texto. A sua elaboração inclui as referências do texto, o destaque de citações relevantes do texto e considerações pessoais a respeito do texto.

2. Fichamento temático ou de citação

Reúne os elementos relevantes do texto. Este tipo de fichamento consiste basicamente em transcrever trechos dos textos a que se refere, copiando citações importantes, e ligando-os a um breve resumo ou o registro da interpretação do texto feita pelo leitor. É importante que as fontes sejam referenciadas com cuidado, de forma completa e que não percam o sentido. Além disso, não se deve esquecer de escrevê-las entre aspas, junto ao número da página de onde foram extraídas. Se for editar alguma citação, cortando parte de uma frase, sentença ou parágrafo, coloque "[...]" para simbolizar o que fez. Fichamentos de citação podem ser facilmente realizados em uma tabela contendo o título, a referência e as citações de forma bem organizada.

3. Fichamento bibliográfico

A mais simples de todas, as fichas bibliográficas trazem uma descrição em tópicos de cada parte do texto acompanhadas de indicações precisas das fontes, com as referências completas (título, edição, local de publicação, editora, ano da publicação, número do volume e as páginas).  Essa descrição seria um comentário crítico explicando sobre a parte selecionada, apontando diretamente para o que pode ser encontrado na obra. 

Seja qual for o tipo de fichamento escolhido, atente para o registro de seus próprios comentários. São eles que vão ajudar a dar uma utilidade ao fichamento, de acordo com os destaques que você resolver dar a cada texto e a cada trecho dele. Outra dica é também apontar em seus comentários as resoluções que aquele material lhe provocou, assim como as referências que você pode ligar a ele. Podem ser anotados à parte, por exemplo, outros textos cujo assunto possa se relacionar àquele, ou um filme, vídeo, música ou quaisquer outros materiais que se somem às perspectivas daquele que você acabou de fichar.

Por Caroline Melo, publicada originalmente em Unama.br

[@#galeria#@]

Apesar de Thiago Leifert ainda ser alvo de críticas na nova edição do Big Brother Brasil (BBB), o que deu o que falar no segundo dia da estreia do programa em 2017 foi a chegada dos  novos participantes no reality. Roberta, Pedro, Daniel, Mayara, Elis, Ilmar, Rômulo, Vivian, Luiz Felipe, Gabriela Flor, Marinalva, Ieda e Marcos são os novos integrantes da casa mais vigiada do país. 

##RECOMENDA##

Entre os assuntos comentados na internet, os destaques ficaram para a semelhança da brother Emily com a ex participante e vencedora da última edição do programa, Munik. Alguns fãs chegaram a questionar nas redes se a ganhadora havia voltado, criando montagens sobre o assunto. 

Além dos nudes que escaparam dos gêmeos da casa, durante a madrugada, outro destaque do segundo dia foi a primeira prova do líder. Em formação de duplas, as regras consistiam em ficar em pé e manter uma haste pressionada no poste, para que a luz não apagasse. Quem deixasse a luz piscar ou apagar estaria eliminado. Com quase duas horas de duração, quem levou a melhor na prova e alcançou a primeira liderança foi a dupla Ilmar e Marinalva, que comemoraram a vitória aos gritos e pulos. 

No decorrer da semana, o reality ainda promete mais novidades para surpreender o público. 

LeiaJá também

-->BBB 17 estreia com competição dos gêmeos

-->Relembre os maiores barracos do 'BBB'

O pacote natalino do presidente Michel Temer trouxe cinco medidas na área trabalhista, além da possibilidade de trabalhadores sacarem o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de contas que estiverem inativas - aquelas vinculadas a empregos anteriores, não o atual, dos quais o funcionário se desligou sem sacar os recursos do fundo.

O anúncio, uma tentativa política de consolidar a "pacificação" entre empresários e centrais sindicais, foi seguido de entrevista coletiva confusa, com idas e vindas nas explicações sobre como ficarão as regras de trabalho no País.

##RECOMENDA##

Entenda as medidas anunciadas

TRABALHO

- Os termos acordados entre patrões e empregados terão força de lei em 11 casos, entre eles na pactuação da jornada de trabalho, respeitado o limite máximo de 12 horas em um dia, contanto que o trabalhador não ultrapasse as 44 horas semanais e 220 horas mensais;

- O contrato de trabalho temporário passará a ter vigência de 120 dias, prorrogáveis por mais 120 dias;

- O contrato de jornada parcial será dividido em duas modalidades: 30 horas semanais sem horas extras ou 26 horas semanais e possibilidade de até 6 horas extras; férias passam a ser de 30 dias;

- Multa ao empregador por manter trabalhador não registrado vai a R$ 6 mil; no caso de micro e pequenas empresas, multa é de R$ 1 mil;

- Programa de Seguro-Emprego (PSE) é renovado e permite redução de 30% de jornada e salário, com reposição de metade desse valor pelo governo.

FGTS

- Trabalhadores poderão sacar valores de suas contas (vinculadas a empregos anteriores) que tenham ficado inativas até 31 de dezembro de 2015; não há limite de valor para o saque.

 

Pacote natalino

A única medida trabalhista editada por meio de Medida Provisória (MP), que passa a valer desde a sua publicação, é a criação do Programa de Seguro-Emprego (PSE). Trata-se de uma versão repaginada do Programa de Proteção ao Emprego (PPE), criado pela ex-presidente Dilma Rousseff.

Pelo programa, as empresas podem reduzir até 30% da jornada e do salário do empregado, e o governo banca metade do valor correspondente ao trabalhador. Está previsto investimento de R$ 1,3 bilhão para a manutenção de 200 mil postos de trabalho em quatro anos, segundo o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

As demais medidas serão encaminhadas via projeto de lei pelo Executivo, assim que os deputados e senadores retornarem do recesso, em 2017. A partir daí, a expectativa é de aprovação em 45 a 60 dias, disse nesta quinta-feira o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. As centrais sindicais elogiaram essa decisão, pois assim terão possibilidade de "discutir melhor" os temas no Congresso Nacional.

O principal ponto tratado no projeto de lei é a previsão de que o acordado entre trabalhadores e empresas terá força de lei em 11 casos específicos. Entre eles estão o registro da jornada de trabalho e o acordo sobre sua forma de cumprimento.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, explicou, contudo, que essa cláusula precisará respeitar o limite de 44 horas semanais (48 horas quando contabilizadas horas extras) e 220 horas mensais. A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) ainda restringe a jornada diária a um teto de 12 horas.

A explicação sobre a jornada de trabalho foi o ponto mais delicado da entrevista coletiva. Escaldado pela repercussão negativa que algumas declarações suas tiveram em setembro, quando falou sobre a possibilidade de flexibilização na jornada de trabalho, Nogueira frisou diversas vezes que o padrão brasileiro é um regime de 8 horas diárias e 44 horas semanais.

"Nunca esteve, não está e não estará na mesa proposta de aumento de jornada", disse. Temendo assustar a população, os ministros chegaram a transmitir informações equivocadas (como a suposta possibilidade de realização de 12 horas extras por semana), depois corrigidas com a ajuda de técnicos.

Outros pontos que poderão ser negociados na convenção trabalhista e, com isso, terão força de lei são: remuneração por produtividade; trabalho remoto; banco de horas; ingresso no Programa de Seguro-Emprego (PSE); intervalo de almoço, respeitando limite mínimo de 30 minutos; dispor sobre a ultratividade (normas fixadas em acordos ou convenções coletivas se incorporam aos contratos individuais e só podem ser modificadas por negociação coletiva de trabalho da categoria); horas em itinerário; definições sobre Participação nos Lucros e Resultados (PLR); e parcelamento das férias em até três vezes, sendo que uma das parcelas deve corresponder a pelo menos duas semanas seguidas.

Na negociação coletiva, o projeto ainda assegura eleição de um representante dos trabalhadores em empresas com mais de 200 empregados. O mandato será de dois anos, com possibilidade de uma reeleição. É garantida ainda a estabilidade no trabalho durante até seis meses após o fim do mandato.

Os ministros ressaltaram que os demais pontos não poderão ser flexibilizados, por exemplo cláusulas de pagamento de FGTS, entre outras normas de saúde e segurança. Segundo ele, não é objetivo do governo retirar direitos de trabalhadores.

Mais medidas

O projeto de lei que será encaminhado pelo governo ainda vai tratar de mudanças no trabalho temporário. Hoje, os contratos por essa modalidade têm vigência máxima de 90 dias, renováveis sob determinadas condições. Agora, esse prazo passará a 120 dias, prorrogáveis por igual período. O governo avalia que essa mudança vai favorecer contratações por temporada e em momentos de alta demanda. Esses trabalhadores terão os mesmos direitos que um empregado fixo: FGTS, horas-extras, adicionais, etc.

O governo também vai mexer nas regras de jornada parcial. Hoje, a jornada máxima é de 25 horas semanais, sem possibilidade de realização de horas extras e com férias proporcionais de até 18 dias (é vedado vender um terço). Agora, o governo vai criar duas possibilidades. A primeira é que os contratos sejam de 30 horas semanais, sem horas suplementares. A segunda é que os contratos sejam de 26 horas semanais, com possibilidade de até 6 horas extras, que serão pagas com um acréscimo de 50% sobre o salário-hora normal.

Além disso, o projeto vai garantir o direito a 30 dias de férias, independentemente do número de horas trabalhadas, e a possibilidade de abono pecuniário (venda de um terço dos dias de gozo).

O endurecimento das regras de inspeção do trabalho informal é a quinta medida trabalhista. Para o empregador que mantiver trabalhador não registrado, a multa será de R$ 6 mil por empregado informal, acrescido do mesmo valor quando houver reincidência. Quando se tratar de microempresa ou empresa de pequeno porte, esse valor será de R$ 1 mil.

Saques do FGTS

Atualmente, em casos de desligamento voluntário do trabalhador (e não de demissão decidida pela empresa) o dinheiro do fundo permanece em uma conta inativa. Em caso de recolocação do trabalhador no mercado, os recursos das contas inativas ficam disponíveis na época da aposentadoria. Fora isso, o saque das contas inativas do FGTS só é possível caso a pessoa comprove estar sem emprego registrado em carteira por três anos.

Agora, o governo vai permitir que os trabalhadores saquem esses valores, sem fixação de limite. As contas inativas são aquelas vinculadas a empregos anteriores, não o atual. A possibilidade de saque vale para as contas que ficaram inativas até 31 de dezembro de 2015.

Chegou a hora de conhecer os principais lançamentos de games de abril. Apesar de ser um mês em que poucos títulos eletrônicos chegam às prateleiras, abril é recheado de jogos de peso como Quantum Break e Dark Souls III. Star Fox Zero, que é exclusivo para o console Wii U, também figura entre os destaques. Para não perder nenhuma data, acompanhe tudo o que você precisa saber sobre estas e outras novidades programadas para este período. Confira no vídeo abaixo.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando