Tópicos | Recife

Depois da confirmação de três casos de Covid-19, a Secretaria de Educação de Pernambuco decidiu suspender as aulas da escola Ageu Magalhães, em Casa Amarela, por 10 dias. Os alunos que testaram positivo não eram da mesma turma.

Segundo a Secretaria, todas as medidas de segurança foram tomadas para proteção dos alunos da Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) Ageu Magalhães, na Zona Norte do Recife, seguindo o protocolo de biossegurança.

##RECOMENDA##

Com a escola fechada, os alunos estão tendo aulas de forma remota. A pasta reforça que continua acompanhando o caso, para tomar todas as medidas necessárias.

Os vereadores Renato Antunes, Felipe Alecrim e Fred Ferreira, que integram o PSC do Recife, fiscalizaram o Conjunto Habitacional da Torre e do bairro do Cordeiro, na Zona Oeste da capital pernambucana, para uma verificação técnica dos habitacionais.

A visita aconteceu na última quinta-feira (2), após um incêndio atingir um apartamento do habitacional do Cordeiro, na madrugada do domingo (28). 

##RECOMENDA##

Incêndio

O fogo teria começado por volta das 4h da madrugada, após um possível curto circuito em um ventilador. Estavam no local um casal com seus três filhos e mais um amigo da família. Das seis vítimas, três ficaram em estado grave: a mãe, o pai e um dos filhos.

A matriarca não resistiu aos ferimentos e morreu na última terça-feira (1º), no Hospital da Restauração - para onde todos foram levados -.

O grupo de vereadores esteve no local onde aconteceu a tragédia. “É triste saber que essa morte poderia ter sido evitada, se estes prédios estivessem com uma manutenção regular. A gente viu um cenário de guerra, livros no corredor do apartamento, tudo destruído. Como poder público, não podemos nos acostumar com tragédias deste tipo em nossas comunidades”, comentou Renato Antunes.

O vereador salienta que verificou nas visitas a falta de um plano digno para habitação no Recife. Na Torre, os parlamentares constataram a falta de manutenção do local, que é prevista para acontecer de dois em dois anos, "mas nunca foi  realizada pela prefeitura ao longo dos 17 anos da entrega do equipamento", garantem.

Renato aponta que constatou no Conjunto Habitacional da Torre "moradores utilizando água potável, que está instalada ao lado de fossa, do esgoto. E não há nenhuma previsão de melhorias para a população. Só promessa, promessa e nenhum serviço sendo executado”, complementa.

A situação do habitacional deverá ser tema de audiência pública na Câmara, numa tentativa de sensibilizar a gestão municipal.

Nesta sexta-feira (3), a agência da Caixa Econômica Federal de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife, permanecerá fechada. O Sindicato dos Bancários de Pernambuco aderiu ao protesto nacional que denuncia abusos e perseguição contra funcionários da entidade.

A categoria aponta que a Caixa pressiona os funcionários a vender o Seguro Prestamista. Os bancários consideram a cobrança de metas como "imoral" e alegam que estão adoecendo pelas condições das agências. 

##RECOMENDA##

A paralisação também expõe que o quadro limitado de atendentes não consegue suprir a demanda de clientes e filas extensas se formam pela falta de planejamento do Governo Federal, sobretudo por conta da retirada de benefícios sociais.

Galo da Madrugada de 2019. (Chico Peixoto/LeiaJá Imagens/Arquivo) 

Uma Comissão Especial da Câmara Municipal do Recife começa a debater a realização do Carnaval, São João e outros grandes eventos de 2022. A primeira das reuniões, que serão todas abertas ao público, está marcada para acontecer às 10h da próxima quinta-feira (2), em formato presencial no Plenarinho da Câmara, localizada na Rua Princesa Isabel, 410, Boa Vista.

##RECOMENDA##

A comissão é presidida pelo vereador Marco Aurélio Filho (PRTB). Os encontros serão abertos ao público e contarão com a presença de diversos membros da sociedade civil, de áreas como cultura, economia e saúde.

As reuniões têm o objetivo de produzir, até o dia 22 de dezembro, um relatório parcial sobre a realização de grandes eventos na capital pernambucana. No próximo dia 15, às 14h, a Comissão também realiza a audiência pública "Vai ter Carnaval?", indicada pelo vereador Ivan Moraes (Psol).

A cidade do Recife, de acordo com dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), ocupa o primeiro lugar do Nordeste na geração de empregos formais no mês de outubro. Ainda segundo o levantamento, a capital pernambucana registrou 16.728 admissões contra 12.277 desligamentos. Com isso, foi gerado um salto positivo de 4.451 postos de trabalho. O segundo lugar ficou com Fortaleza (3.900) e, em seguida, por Salvador (3.393).

Os dadod do Novo Caged ressaltam que os setores com mais destaque no Recife foram: serviços (2.798), comércio (1.094) e construção (285). Além disso, os profisisonais mais requisitados são escriturários, trabalhadores de atendimento ao público, como caixas, trabalhadores de serviço, nas áreas de hotelaria e alimentação, vendedores e prestadores de serviços.

##RECOMENDA##

O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, atribuiu os números positivos ao período de retomada, após o momento mais crítico da pandemia da Covid-19. “O Plano de Retomada que tem sido comandado pessoalmente pelo governador Paulo Câmara, a abertura de novos empreendimentos na capital e no Estado, o início do verão e o aquecimento dos setores de serviços e turismo”, explicou por meio da assessoria.

Além do Recife, em Pernambuco, também se destacam os municípios de Olinda (1.001), Cabo de Santo Agostinho (775), Caruaru (767) e Ipojuca (596). Os setores que mais cresceram no Estado foram os de serviços (5.979), comércio (3.189) e indústria (1.749).

Nessa terça-feira (30), foi publicada no Diário Oficial da Prefeitura do Recife a nova Lei Municipal nº 18.863, que institui a Política Municipal de Habitação de Interesse Social (PMHIS). A legislação deverá ser utilizada a favor da correção do déficit habitacional na capital pernambucana. De acordo com a PCR, a lei é um marco regulatório para o setor habitacional, elaborado através de conferências e reuniões nas Regiões Político-Administrativas (RPAs), com participação popular. 

A lei dispõe também sobre o Plano Local de Habitação de Interesse Social da Cidade do Recife (PLHIS), que será o instrumento para execução das metas, definindo as estratégias de ação, metas e fontes de recursos para reduzir o déficit de moradia. O Plano também contempla a composição e cálculo dos custos estimados, estimativa da capacidade de investimento da Prefeitura, além do monitoramento, avaliação e revisão do próprio plano. É um dispositivo que dialoga, também, com a preservação das Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS). 

##RECOMENDA##

Entre as metas previstas no PLHIS também está o enfrentamento à inadequação dos domicílios. O documento prevê diretrizes e metas para regularização jurídico-fundiária e a urbanização de assentamentos precários. O desenvolvimento institucional será regido pelo PLHIS, com a implantação do Sistema Municipal de Informações de Habitação de Interesse de Interesse Social (SIMHIS), além do fortalecimento dos canais de participação e de negociação com a sociedade organizada. 

“É um momento histórico, que mostra a prioridade da nossa gestão para a questão da habitação. Agora contamos com uma legislação que vai orientar nosso trabalho, definindo as diretrizes e instrumentos para a habitação de interesse social”, afirma o prefeito João Campos, autor da proposta. 

Entre os objetivos da PMHIS, destacam-se a universalização do acesso à moradia adequada; a consolidação das comunidades de Interesse Social e demais áreas pobres, a partir da sua transformação em ZEIS e da implementação de ações de regularização urbanística e fundiária; e a democratização o acesso à terra urbanizada para Habitação de Interesse Social. 

Obras

Atualmente estão em construção quatro conjuntos habitacionais, com um total de 1.528 unidades habitacionais (UHs): Habitacional Encanta Moça I e II (Bode) - 600 UHs; Habitacional Vila Brasil I (Joana Bezerra) - 128 UHs, Habitacional Vila Brasil II - 320 UHs (Joana Bezerra), Pilar (Bairro do Recife) - 256 UHs - e Sérgio Loreto (São José) - 224 UHs. Em julho de 2022, começam as obras do Vila Esperança, habitacional com 75 unidades destinado às famílias residentes na Zona Especial de Interesse Social (ZEIS) Vila Esperança/Cabocó, no bairro do Monteiro, que serão afetadas pela construção da ponte Jaime Gusmão. 

 

Nesta terça-feira (30), mais dois pontos de vacinação contra a Covid-19 foram abertos em shoppings do Recife. Os novos locais estão no térreo do Shopping Boa Vista, na área central do Recife; e no piso superior do Shopping Recife, na Zona Sul da capital. Desde a segunda-feira (29), a população tem se vacinado no térreo do Shopping Tacaruna, na área central da cidade; e no piso L2 do Shopping RioMar, na Zona Sul.

No Shopping Boa Vista, localizado na movimentada Avenida Conde da Boa Vista, houve uma grande procura pelas vacinas. Apesar da quantidade de pessoas, a população não precisou enfrentar longas filas.

##RECOMENDA##

No local, ainda havia pessoas que não tomaram a primeira dose, como era o caso de Lemos Leandro dos Santos. "Eu estava com muita dificuldade de acessar a campanha. Eu sou leigo", disse. 

Para receber a vacina, não é necessário agendamento. Basta apresentar um comprovante de residência em seu nome, além de um documento oficial com foto. Para quem for receber a segunda dose ou a de reforço também é preciso levar o cartão de vacinação ou o certificado de vacina, disponível no Conecta Recife.

[@#galeria#@]

Após primeira reunião, nessa segunda-feira (29), do comitê executivo entre as capitais nacionais para discutir condições sanitárias que possibilitem a realização do carnaval 2022, a Prefeitura de Olinda divulgou nota criticando a sua ausência. Apenas representantes do Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Belo Horizonte, discutiram os rumos do Carnaval de 2022.

A gestão do Professor Lupércio (Solidariedade) não entendeu porque não houve convite do prefeito do Recife, João Campos (PSB), a uma cidade que é vizinha, com um "Carnaval maior" e com a mesma condição sanitária diante da pandemia.

##RECOMENDA##

“Em números, o Carnaval de Olinda é maior que o Carnaval do Recife. As duas cidades são vizinhas, sem barreiras geográficas e com, basicamente, a mesma condição sanitária diante da pandemia. Ou seja, o que acontece em Olinda repercute em Recife e vice-versa”, disse a prefeitura de Olinda, em nota.

Outro fato pontuado é de que as secretarias de cultura das duas cidades, em conjunto com a do Estado, já tem se reunido para discutir a realização do carnaval no próximo ano.

“É impensável falar de Carnaval no Brasil, e especialmente o Carnaval de Pernambuco, sem que Olinda participe da discussão”.

A Polícia Federal em Pernambuco investiga uma possível utilização de caixa dois para financiar a campanha eleitoral da deputada federal Marília Arraes (PT-PE), que em 2020 foi candidata à Prefeitura do Recife, em disputa contra o primo, o prefeito João Campos (PSB). Em áudios obtidos durante uma operação policial que apura desvios de dinheiro associados ao empresário Sebastião Figueiroa, um homem que teria se identificado como marido da parlamentar tenta contato com o investigado, solicitando a quantia de R$ 1 milhão, em duas parcelas de R$ 500 mil. O período da suposta solicitação coincide com o período eleitoral no qual Marília disputava a gestão da capital pernambucana. A denúncia foi antecipada pela Folha de São Paulo. 

A Justiça autorizou a abertura da investigação após a conclusão de um relatório da PF em janeiro, no qual foram encontradas as conversas entre Sebastião Figueiroa e, supostamente, André de Souza “Cacau”, marido da pernambucana, no âmbito da Operação Casa de Papel. Os áudios estavam no celular do motorista de Figueiroa. Marília e o marido não são alvo desta investigação, cujo objetivo é apurar um esquema de desvios em contratos municipais e estaduais em Pernambuco. 

##RECOMENDA##

Como o pedido se deu em novembro de 2020, entre o primeiro e o segundo turno da eleição, os investigadores afirmam que é "bem razoável supor que os valores solicitados" seriam utilizados na campanha. A PF aponta no relatório que Figueroa é conhecido "agiota e financiador de campanhas, possuindo bastante disponibilidade de recursos financeiros em espécie", e que o grupo criminoso do qual faz parte se favorece desse tipo de contratação há quase uma década.  

LeiaJá entrou em contato com a Polícia Federal para obter mais informações sobre o andamento da investigação, mas não obteve retorno até o momento da publicação desta matéria. Em nota enviada pela assessoria de Marília Arraes, a deputada nega envolvimento, por sua parte ou de seu marido, nas suspeitas investigadas pela PF. 

Segundo ela, o grupo de Figueiroa, com quem não possui qualquer contato, é vinculado ao PSB, partido adversário e que protagonizou junto à petista uma campanha tensa no ano passado. Ela também menciona que “muito se admira”, após seu encontro com Jair Bolsonaro (sem partido) na semana passada, alvo de críticas da parlamentar na Câmara, “chegue ao conhecimento da imprensa informações sobre um inquérito está sob segredo de Justiça e que, infelizmente, se arrasta a passos de tartaruga e não possui embasamento probatório concreto nenhum”. Confira a nota de Arraes na íntegra: 

Diante dos fatos narrados, segue nota oficial da deputada Marília Arraes

- O Sr. André Luiz jamais teve qualquer tipo de relação com o Sr. Sebastião Figueiroa, sequer o reconheceria pessoalmente se estivessem no mesmo ambiente e assim que tomou conhecimento deste  inquérito, por meio de seus advogados, requereu que fosse feita uma perícia no material alvo da investigação, para que se comprove que não é a sua voz a que está nos áudios ali constados; 

- Devido à falta de celeridade na investigação, novamente por meio de seus advogados, o Sr. André Luiz se prontificou a arcar com os custos necessários para a execução da perícia solicitada; 

- Ora, se o Sr. André Luiz não fosse completamente inocente diante destes fatos, jamais estaria interessado na celeridade da conclusão do inquérito ou requereria que os áudios e conversas de aplicativo de mensagens fossem periciados; 

- O Sr. Sebastião Figueiroa, de acordo com outras investigações das quais é pivô, faz parte do círculo estreito de relacionamento de pessoas ligadas ao PSB, partido que durante a disputa eleitoral para a Prefeitura do Recife, em 2020, realizou, contra mim, uma das mais vis e agressivas campanhas - baseadas em inverdades e fake news -  

- Muito me admira que dois dias após ter estado cara a cara com o presidente da República e feito um discurso expressando minha opinião - e de muitos brasileiros - sobre seus desgovernos e descalabros, chegue ao conhecimento da imprensa informações sobre um inquérito está sob segredo de Justiça e que, infelizmente, se arrasta a passos de tartaruga e não possui embasamento probatório concreto nenhum. Nem law fare e nem qualquer outro tipo de perseguição política vão me intimidar ou arrefecer a minha luta em defesa do povo brasileiro.  

- Minha família está sendo atacada, mas não revidaremos com a mesma moeda de nossos agressores. Responderemos da única forma que sempre fizemos: com a verdade e a transparência de quem sabe que está do lado certo da história. 

 

Depois de um ano com todas as atividades suspensas e pensando na viabilidade sanitária de realizar o Carnaval, representantes do Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Belo Horizonte se reunirão na noite desta segunda-feira (29), às 19h.

 Representado a Prefeitura do Recife nesse primeiro encontro estarão o secretário de Planejamento, Gestão e Transformação Digital, Felipe Matos, a secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, e o secretário de Cultura, Ricardo Mello.

##RECOMENDA##

A Prefeitura do Recife aponta que, nesse primeiro encontro, secretários e secretárias apresentarão o panorama geral sobre o avanço dos seus planos municipais de vacinação contra a Covid-19. Será possível conhecer algumas iniciativas para garantir que a população se vacine e alguns indicadores que auxiliam nas tomadas de decisões locais na flexibilização das medidas de convivência.

O objetivo central dessas discussões, que são consultivas, é a troca de informações que ajudem na construção de consensos sobre a possível realização do Carnaval. Outros dois encontros deverão acontecer para aprofundar e avançar na temática.

“A reunião não tem caráter deliberativo. Esse primeiro momento é importante para conhecer os dados gerados a partir da contenção da Covid nessas cidades, que são polos importantíssimos do Carnaval. Trocaremos ideias e informações considerando a prudência como o principal indutor das decisões que serão tomadas mais adiante, independente de quais sejam elas”, explica o secretário Felipe Matos.

Na ocasião, os secretários municipais do Recife apresentarão os dados relacionados ao avanço da vacinação na capital pernambucana. 

“Recife avança na vacinação contra a Covid, mas precisamos estar atentos às recomendações das autoridades sanitárias e estar preparados para atender todas as exigências que forem apontadas. O momento é de cautela e precisamos considerar todos os cenários, inclusive o cenário da possibilidade de realizar a festa", pontua a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque.

Na reunião também será abordado alternativas para auxiliar os produtores culturais, a exemplo do Auxílio Municipal Emergencial (AME), além dos incentivos fiscais como adiamento de impostos e tributos municipais.

A Prefeitura do Recife abre na próxima quarta-feira (1) um novo lote do programa Crédito Popular do Recife (CredPop Recife), com 1.500 vagas para micro e pequenos empreendedores da capital pernambucana. As inscrições começam ao meio-dia pela plataforma Conecta Recife, ou por aplicativo que pode ser baixado para celular nos sistemas Android e iOS.

Os usuários que já obtiveram crédito anteriormente ou que já estão cadastrados ainda podem acessar o curso promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de curta duração, que contém orientações e informações sobre planejamento financeiro e contratação de crédito.

##RECOMENDA##

A formação tem por objetivo abordar os seguintes temas: o que é microcrédito?; como planejar minha empresa para buscar crédito?; o que são as despesas fixas e variáveis?; como estipular o preço de venda?; possibilidades e alternativas ao crédito; como aplicar o crédito; endividamento e inadimplência; e estratégias de aplicação do crédito. Com duas horas de duração e acesso gratuito para os beneficiados, o link será enviado para o e-mail cadastrado na plataforma Conecta Recife.

Desde o início do programa, já foram beneficiados mais de 2,1 mil negócios, em sua maioria nos bairros do Ibura, Iputinga, Várzea, Cohab/Ibura de cima, Boa Viagem, Cordeiro, Imbiribeira, Santo Amaro, Casa Amarela, Campo Grande, Areias, Água Fria, Afogados, Torrões e Vasco da Gama.

O CredPop dá preferência a fornecer o crédito a mulheres, jovens, pessoas autodeclaradas pretas e pardas e pessoas com deficiência. Para se inscrever é preciso anexar documento de identidade, assim como um comprovante que o empreendimento é localizado no Recife e um laudo médico, para o caso de pessoas com deficiência.

A Prefeitura do Recife vai abrir, na próxima segunda-feira (29), dois pontos de vacinação contra a Covid-19 em shoppings. Segundo a gestão municipal, essa será uma nova estratégia em busca de ampliar a cobertura vacinal na cidade.

A imunização vai ocorrer de segunda a sábado, das 10h às 20h, e aos domingos, das 12h às 20h, no térreo do Shopping Tacaruna, em Santo Amaro, área central do Recife, e no piso L2 do Shopping RioMar, no Pina, Zona Sul da capital. A partir da terça-feira (30), o serviço passa a ser oferecido no térreo do Shopping Boa Vista, na área central da cidade; e no piso superior do Shopping Recife, em Boa Viagem, Zona Sul. 

##RECOMENDA##

"A iniciativa coincide com o início das festividades de fim de ano, quando uma maior quantidade de pessoas circula nesses espaços", explica a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque. Para receber a vacina, é necessário apresentar um comprovante de residência em seu nome, além de um documento oficial com foto. Para aqueles que forem receber a segunda dose ou a de reforço, também é preciso levar o cartão de vacinação ou o certificado de vacina, disponível no Conecta Recife. 

A cantora pernambucana Karla Karola tem retomado as atividades apresentações musicais pelo estado e fora dele. Nesta sexta-feira (26), 21h, estará a partir das 12h realizando apresentação solo no Leo Chopp Água Fria, Rua da Regeneração, 426, em Água Fria, em Olinda. 

No sábado (27), a partir das 21h, estará com o Projeto “Elas Cantam Marília”, no San Botequim, em Boa Viagem. Karla Karolla tem um repertório com mais de 25 músicas autorais disponíveis nas plataformas digitais, entre Cds e Singles. Possui músicas gravadas em diversos ritmos como brega, sertanejo, forró e romântica. 

##RECOMENDA##

Seu trabalho é reconhecido nacional e internacionalmente, devido sua simpatia e carisma. A artista realiza shows e eventos em todo o Brasil.

*Da assessoria

Um dos autores do estudo que apresenta a hipótese do surto de coceira na Região Metropolitana do Recife (RMR) estar associado ao uso indiscriminado de Ivermectina na pandemia, o professor Alfredo Dias, do Instituto de Ciências Farmacêuticas (ICF) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), aponta que podemos estar vivendo uma epidemia de sarna.

Casos semelhantes da lesão cutânea foram registrados anteriormente no Litoral de São Paulo e um alerta epidemiológico foi emitido em Belo Horizonte, na última quarta-feira (24), para monitorar a doença de pele misteriosa.

##RECOMENDA##

Em entrevista exclusiva ao LeiaJá, o pesquisador aponta que o surto já era previsto por cientistas, já que o uso excessivo de medicação antimicrobiana, como antibióticos, antifúngicos e antiparasitários, como ocorreu na pandemia, cria microorganismos mais resistentes.

“Os parasitas são tão expostos àquele antimicrobiano, que eles aprendem a sobreviver e a substância acaba perdendo efeito sobre eles”, explicou Alfredo, que defende a Ivermectina como uma medicação segura e eficaz quando ministrada de forma correta. Inclusive, lembra que há 20 anos ela "já era o tratamento para quando a sarna fosse resistente".

O professor anuncia já podemos estar vivendo uma epidemia sem saber.

“É possível sim, podemos. A gente até discutiu no grupo de pesquisa porque nós não queríamos estar certos disso”, lamentou.

Por que primeiro no Recife?

A justificativa da disparada recente de casos no Recife pode estar relacionada à aptidão histórica que a cidade tem para monitorar quadros epidemiológicos e, dessa forma, ampliar a vigilância diante das primeiras notificações.

“Recife tem uma tradição epidemiológica de vigilância, inclusive têm institutos formadores de epidemiologia há décadas. Talvez [o surto] seja pela própria busca ativa e por considerar o problema relevante já de cara”, explica Dias.

Nesse sentido, a teoria de que o surto ocorre apenas na capital e, até o momento, se expandiu por seis cidades vizinhas significaria uma comunicação alinhada entre a rede de saúde e as secretárias, que recebem as informações e já iniciam a investigação dos casos.

Diagnóstico lento

Apesar dessa capacidade, a doença segue como um mistério e não tem prazo para ser esclarecida pelas autoridades sanitárias. O cientista explica que o diagnóstico lento seria uma medida de precaução.

“Existem várias doenças que se assemelham ao que tá aparecendo. Então eles precisam, de fato, fazer biopsia com material de várias pessoas para emitir a certeza sobre a causa do surto”, ensina.

Sintomas associados

Os pacientes relataram as mesmas queixas de manchas na pele, que geralmente se tornam feridas por conta da coceira intensa, características da doença. Contudo, também há relatos de sintomas não reconhecidos no quadro da escabiose como febre, inflamação na garganta e diarreia.  

Mas isso não descarta ainda a tese de ser mesmo um surto de sarna, já que os outros sintomas podem ser resultado de doenças adquiridas devido às fissuras abertas na pele. "Podem servir de ponto de entrada para infecções oportunistas", complementa o pesquisador.

Pesquisa

O principal fator que pode explicar o surto de lesões cutâneas na pele, caso confirmada a relação com o parasita Sarcoptes scabiei, causador da sarna, foi a disparada do consumo do remédio em doses elevadas e a repetição do uso em um curto intervalo por pacientes que se automedicavam ou foram mal orientados por médicos, como publicado em agosto.

Alfredo Dias e os demais pesquisadores analisaram mais de 50 estudos sobre resistência à medicação e aumento da incidência de sarna em todo o mundo.

“(Para se criar a resistência) precisava haver consumo alto de Ivermectina e quando foi registrado, havia se consumido o dobro. A gente teve 10 vezes mais uso na medicação (no Brasil”, revela.

A disseminação também já era prevista por pesquisadores do grupo composto pela também professora do ICF, Sabrina Neves, e pelos alunos Lucas Bezerra e Natalia Alves. Na visão destes, o surto poderia ser provocado pelo confinamento e questões socioeconômicas como a pobreza e a baixa escolaridade, que garantiriam uma "tempestade perfeita" para o ácaro.

A caminho de mais um dia de trabalho, na manhã dessa quinta-feira (25), uma jovem de 27 anos foi vítima de importunação sexual por um motociclista que passou a mão em suas partes íntimas em uma rua deserta no bairro de Tejipió, Zona Oeste do Recife. Câmeras de vigilância registraram a ação e ela denuncia para conseguir identificar o criminoso.

A consultora de moda Beatriz Lucena conta que sempre passa na Rua Augusta Bamberg de Melo, mas nunca havia sofrido nenhum crime contra sua dignidade. 

##RECOMENDA##

Nas imagens captadas por estabelecimentos comerciais, o motociclista surge em suas costas, alisa suas nádegas e foge em seguida. "Fiquei tão desnorteada que não acreditei que isso ‘tava’ acontecendo comigo. Sabe aquela sensação de impotência? A primeira coisa que fiz quando peguei meu ônibus foi ligar para minha mãe", relata. 

Sem reação, ela conta que chegou a gritar, mas não havia ninguém próximo. "Não tinha ninguém. Eu ‘tava’ sozinha na rua. Eu gritei 'o que é isso?!', mas foi muito rápido", comenta.

[@#video#@]

Ao chegar no trabalho, Beatriz desabafou sobre o que tinha sofrido com as amigas, mas a conversa não foi suficiente para amenizar o constrangimento decorrente desse tipo de agressão. 

"Todo mundo ficou horrorizado. Eu passei o dia inteiro mal e não almocei direito porque você se sente um lixo, né? Você se sente muito mal, como se fosse culpada, mas eu não tenho culpa", aponta. "É como se eu não fosse nada. Como se eu [como] mulher não tivesse autonomia do meu corpo”, reforça.

Após o expediente, a vítima foi à Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, bairro da área central da capital, mas conta que o sistema de registro estava fora do ar. 

Além da queda do sistema, ela comenta que é muito difícil comprovar esse tipo de crime às autoridades: "Eu tive sorte de ter provas, de ter a filmagem".

Na manhã desta sexta (26), ela voltou à unidade por volta das 7h30, mas só conseguiu formalizar a queixa às 8h50. A jovem deixou o local por volta das 10h, apenas com a intimação para retornar à delegacia na próxima quarta (1º), quando deve expor detalhes da sua versão e os vídeos.

A Lei 13.718/2018 expressa que a prática de ato libidinoso com objetivo de satisfazer a própria libido sem anuência é configurado como importunação sexual, que determina a pena de reclução de um a cinco anos.

[@#galeria#@]

A Black Friday, dia que promete grandes descontos e boas compras nos mais variados segmentos, alterou o horário do comércio no centro do Recife, nesta sexta (26).  Várias lojas abriram suas portas logo cedo pela manhã, porém o pouco movimento registrou um cenário diferente de anos anteriores

##RECOMENDA##

No bairro da Boa Vista, os anúncios de descontos nas vitrines das lojas estavam em maior quantidade do que clientes circulando dentro delas. Um dos poucos estabelecimentos a registrar um fluxo maior de compradores, na rua Sete de Setembro, organizou uma fila na porta para controlar a entrada e evitar aglomeração e confusão. 

Já no Shopping Boa Vista, localizado no mesmo bairro, os consumidores puderam entrar uma hora antes do horário habitual. Por volta das 11h, o movimento era moderado nos corredores do centro de compras. Os protocolos de segurança relativos à pandemia estavam sendo cumpridos, de maneira geral. No interior do estabelecimento, o uso da máscara foi respeitado enquanto o distanciamento social e o uso de álcool - ofertado na entrada do local - ficaram um pouco a desejar.

[@#galeria#@]

Uma das datas mais esperados do comércio chegou, nesta sexta (26), trazendo grande expectativa de lojistas e compradores. A Black Friday, momento que promete grandes descontos no mais variados segmentos, fez shoppings abrirem mais cedo e alterou até os horários e circulação do transporte público no Recife.

##RECOMENDA##

No bairro de Boa Viagem, Zona Sul da cidade, no entanto, o Shopping Recife não contou com um grande movimento de clientes pela manhã. O centro de compra abriu às 6h, quatro horas antes do habitual, e só deve encerrar as atividades às 0h.

O pouco movimento de compradores, porém, parece não ter assustado a administração do shopping. Segundo a assessoria do empreendimento, o fluxo de compradores registrado ao longo da última semana, a Black Week, foi satisfatório e ainda é esperado uma movimentação maior neste final de semana. 

Pelos corredores e no interior das lojas, poucas pessoas circulavam, por volta das 9h. Em uma grande loja de variedades, descontos em produtos do dia a dia, como produtos de higiene e limpeza, os consumidores fizeram grandes filas. Muitos comprando itens para revenda.

Foi o caso da comerciante Alba Valéria. No final da imensa fila, ela garantiu valer a pena esperar para pagar pelos preços promocionais. Ela veio do bairro de Candeias, chegou ao shopping às 7h para fazer as compras de Black Friday e contou que deve retornar na parte da tarde para comprar mais. "Esse ano tô achando melhor porque está mais tranquilo, geralmente é uma confusão, uma quebradeira, empurra-empurra".

Os casos das lesões cutâneas, que causam coceiras nas pessoas, só estão aumentando no Grande Recife. Esse surto, que começou com 79 casos no Recife, já passa dos 300, em seis cidades da região. Como tratar de algo que ainda não se sabe o que é? A dermatologista Márcia Horowitz fala sobre os cuidados que os pacientes devem ter.

Evitar ao máximo coçar

##RECOMENDA##

Márcia salienta que deve-se evitar ao máximo coçar. “Pode lesionar a pele, criando uma porta de entrada para a contaminação por bactérias, podendo ter que fazer o uso de antibióticos por conta dessa infecção”, diz.

Também deve-se evitar passar álcool, usar sabonete de aroeira e sabão amarelo, já que esses produtos podem acabar irritando a pele e ocasionar uma lesão por cima da coceira, atrapalhando o diagnóstico e o tratamento médico. 

Evitar a automedicação

A dermatologista detalha que de nenhuma forma os pacientes devem se automedicar. “Principalmente com pomadas com corticóide, porque elas vão tirar um pouco a vermelhidão, o inchaço das lesões e nós, dermatologistas, trabalhamos com a hipótese e diagnóstico justamente observando as lesões”, explica.

Como diminuir as coceiras

Até conseguir uma ajuda médica, Márcia Horowitz aconselha que o paciente procure por locais mais arejados, porque o calor pode piorar as lesões. Além disso, também é indicado fazer compressas frias nos locais, sem gelo, para uma sensação de maior alívio. 

No entanto, a especialista aponta que é essencial que as pessoas procurem uma ajuda médica para poder ser prescrito o tratamento indicado para os sintomas. 

“Esse tratamento deve ser a base de antialérgicos, que vai depender do quadro do paciente e, principalmente, excluir outros tipos de coceira como a própria escabiose, infecção por fungo ou dermatite”, salienta a dermatologista. 

Qual profissional devo procurar?

Márcia orienta que qualquer médico está apto a tratar essas lesões cutâneas que estão acontecendo, mas é importante que o paciente se dirija a uma unidade de saúde, mesmo que esteja medicado, para que o profissional notifique a Secretaria de Saúde, que está investigando os casos.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando