Tópicos | Pernambuco

A Prefeitura de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, cancelou a festa de réveillon e o Carnaval 2022. A preocupação com o avanço da variante da Covid-19, Ômicron, é a motivação para o cancelamento das festividades na cidade.

Para valorizar a cultura local, o governo municipal vai promover lives com alguns artistas nessas datas. 

##RECOMENDA##

A gestão pede à população que siga respeitando as medidas de prevenção ao vírus, com uso de máscara e álcool 70%, além de completar o esquema vacinal, tomando a primeira, a segunda e a terceira dose (reforço) da vacina.

Nessa pandemia, cuidar da sua saúde também é cuidar da saúde do outro. Precisamos proteger o nosso povo. Paulista está bem adiantada na imunização, lançamos até o Expresso Vacina para ir aos lugares de difícil acesso, mas precisamos seguir com cuidado", disse o prefeito Yves Ribeiro.

LeiaJá também

-> Pernambuco estipula prazo para decisão sobre Carnaval 2022

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial em Pernambuco (Senai-PE) abriu inscrições para 400 vagas em cursos gratuitos de qualificação profissional. Os cursos, que serão ofertados presencialmente, são capacitações nas áreas de assistente administrativo, assistente de logística, assistente de controle de qualidade e almoxarife, todos com 100 vagas cada. Os interessados podem se inscrever no Senai de Santo Amaro no sábado (4), das 8h às 12h, e segunda-feira (6), das 8h às 15h.

Estão aptos a participar candidatos de baixa renda, com mais de 16 anos e conhecimentos equivalentes ao ensino fundamental. No ato da inscrição será necessário apresentar original e cópia do RG, do CPF e do comprovante de escolaridade, além de uma autodeclaração de baixa renda redigida de próprio punho. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada. O Senai de Santo Amaro fica localizado na Av. Norte Miguel Arraes de Alencar, 539, no bairro de Santo Amaro.

##RECOMENDA##

Carla Abigail, diretora de Educação do Senai-PE, aponta que a qualificação é uma maneira do profissão se inserir no mercado de trabalho: “Os cursos de qualificação profissional oferecidos pelos SENAI-PE oferecem os conhecimentos básicos para o aprendizado de uma função específica, facilitando a entrada no mercado de trabalho”, afirmou, em nota enviada pela assessoria.

Oficiais de Justiça foram ao prédio da Assembléia Legislativa de Pernambuco (Alepe) na quarta-feira (1º), para apreender os veículos que estavam locados a, ao menos, dois deputados. Os veículos foram sublocados por uma prestadora de serviço da casa. O motivo das apreensões seria a falta de pagamento das locações por parte da Alepe.

Segundo revelado por fontes anônimas ao Blog do Jamildo, a apreensão dos carros acabou "engrossando o caldo" de reclamações dos deputados. Os parlamentares estariam reclamando do ar condicionado do plenário que não funciona bem, da máquina de café que está quebrada, da falta de água nos gabinetes e dos problemas do teto do plenário, que ainda não consertaram.

##RECOMENDA##

"Não fazem manutenção na pintura dos gabinetes e tiveram todo o período da pandemia para fazer. Essa questão dos carros ontem entornou o caldo porque é só a ponta do iceberg. Os motoristas de locadora não receberam metade do 13º e a locadora não mantém os carros", revela a fonte.

Nesta sexta-feira (3) as Agências do Trabalho de Pernambuco oferecem 400 vagas de emprego, incluindo no somatório 359 para ampla concorrência, 23 para pessoas com deficiência e 18 para contratações temporárias. As oportunidades estão distribuídas em 20 municípios no Estado.

As vagas são localizadas em Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Escada, Garanhuns, Goiana, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paudalho, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Recife, Salgueiro, Santa Cruz do Capibaribe e Vitória de Santo Antão.

##RECOMENDA##

O destaque de oferta de vagas é para o cargo de encarregado de manutenção, em Recife, com 100 posições disponíveis. Para se candidatar é preciso ter o ensino médio completo e seis meses de experiência prévia na área, e o salário proposto é de R$1.578,00. A capital pernambucana ainda oferece 13 vagas para vendedor pracista, além de oportunidades como gestor de manutenção, representante técnico de vendas e vendedor porta a porta, com dez posições para cada cargo.

Os maiores salários estão concentrados em Garanhuns, que oferta os cargos de analista de desenvolvimento de software, desenvolvedor de TI e técnico de desenvolvimento de software. Os selecionados receberão salários de R$5.315,00 e R$4.175,00. Todas essas opções exigem ensino superior completo no curso de ciências da computação para a contratação. 

As oportunidades voltadas para pessoas com deficiência estão concentradas em Araripina, Bezerros, Igarassu, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Recife e Vitória de Santo Antão. Já as vagas de contratação temporária estão localizadas em Belo Jardim, Camaragibe, Paulista e Recife. 

Para visitar as Agências do Trabalho de Recife, Salgueiro e Vitória é preciso agendar o atendimento no site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq-PE), como forma de evitar aglomerações e a transmissão do novo coronavírus. Nas demais unidades já é possível comparecer sem realizar a marcação prévia. A medida foi revogada pela baixa demanda de visitantes, além de auxiliar os cidadãos com dificuldade em acessar a internet para realizar o agendamento. As Agências do Trabalho funcionam das 8h às 14h e as fichas são distribuídas até às 13h. O uso da máscara de proteção é obrigatório em todas as unidades.

Confira aqui o quadro completo de vagas.

Na manhã desta quinta-feira (2), foi realizada, no Plenarinho da Câmara Municipal do Recife, uma audiência pública que convocou o setor artístico-cultural da capital pernambucana para debater as próximas festividades de grande expressão na cidade: o Carnaval e o São João.

A reunião foi promovida pela Comissão Especial, composta por nove parlamentares e presidida pelo vereador Marco Aurélio (PRTB). Essa é a primeira etapa da discussão, que deve ser traduzida em um primeiro relatório, entregue no próximo dia 21.

##RECOMENDA##

No geral, os vereadores buscam formas de promover o Carnaval e o São João de maneira segura, mas podendo, também, ser em proporções diferentes das já conhecidas pelos recifenses. Por esta razão, autoridades sanitárias irão integrar os próximos debates.

Carnaval e economia

A primeira discussão focou nas necessidades do setor cultural e, no caso de não haver realização do Carnaval promovida pela Prefeitura do Recife, quais seriam as formas de assegurar a categoria do ponto de vista econômico.

“Hoje estamos discutindo com o eixo artístico-cultural, os que estão mais calejados neste momento, mas teremos um dia específico para debater somente o eixo-sanitário. O vereador Tadeu (Calheiros), que faz parte da Comissão, está cuidado dessa parte, convidando os órgãos de controle e a Fiocruz está envolvida. A gente quer ouvir os especialistas. Sabemos que após o Carnaval tem gripe, resfriado, conjuntivite. Se a gente achar que dá para ter o Carnaval, se recebermos o ok de que as vacinas estão dando certo, por que não ter? É isso que queremos discutir: como é que vai ser? Depois da pandemia, as coisas não são como antes. Temos que buscar alternativas para que todos estejam seguros, preservando as vidas, mas também permitindo que possam trabalhar”, explicou o vereador Marco Aurélio ao LeiaJá

 O parlamentar reafirmou o tom que foi predominante na reunião. O desejo dos vereadores é de conseguir viabilizar a festividade e estão sendo buscados, agora, caminhos para possibilitar a realização.

“Não havendo - e não é o desejo da gente - o que faremos pelo setor? Esse setor (cultural) gerou, no último Carnaval, R$ 2,3 milhões em receita para o estado, então precisamos, sim, da proposta sanitária, mas também da econômica”, completou Aurélio.

Vacinação

A fala do presidente foi reforçada pela de Tadeu Calheiros (Podemos), que é médico e trabalha na linha de frente contra a Covid-19 desde o início da pandemia. O vereador centralizou o seu discurso na cobertura vacinal, e disse acreditar que a vacinação da população é o caminho mais eficaz para a retomada da normalidade. 

“É importante que façamos um discurso paralelo a isso aqui, para ampliar a cobertura vacinal. Quanto mais avançar a cobertura vacinal, maior será a facilidade para a volta de uma vida pré-pandêmica. Precisamos ampliar o debate, é importante debater à luz da ciência. Isso é uma questão dinâmica: muda a cada fato novo. Poucos dias atrás não tínhamos a variante Ômicron, que pode causar mudanças um pouco mais a frente. A gente precisa ouvir para chegar a um consenso onde podemos contemplar segurança e saúde”, afirmou Calheiros ao LeiaJá.

Na próxima semana, a Câmara ouvirá o setor econômico. Posteriormente, será reunido o eixo sanitário. A Casa também promoverá uma reunião com câmaras municipais de outras cidades que têm o carnaval como uma festividade expressiva, como Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza e Belo Horizonte.

De acordo com os vereadores, de forma unânime, o ideal é que todos os beneficiados, impactados ou interessados nas duas festividades participem e contribuam com a pauta, pois é necessário conciliar tempo e consenso: faltam menos de três meses para o período carnavalesco que o Recife conhece. 

“É muito ruim quando as decisões são tomadas através de canetadas. O intuito dessa comissão é propiciar o debate trazendo as falas dos envolvidos. Essa luta é desde o início da pandemia, em todos os segmentos. A gente não pode deixar essa decisão ser canetada porque as pessoas que sobrevivem da cultura precisam saber qual será a alternativa, se sanitariamente for decidido que não haverá Carnaval”, acrescentou a vereadora Ana Lúcia (PDT), integrante da Comissão.

Carnaval elitista 

O vereador Ivan Moraes (Psol) acrescentou à discussão um ponto mencionado por todas os integrantes do setor cultural ouvidos na Casa. Atualmente, os protocolos sanitários já permitem a realização de eventos fechados de até 7.500 pessoas. Além disso, no Recife e na Região Metropolitana (RMR), já é possível acompanhar festas de rua com aglomerações há alguns meses. Para o parlamentar, decidir proibir o Carnaval sem considerar o histórico da população com a festa popular e as permissões já existentes agora, é mudar o sentido da celebração e promover um Carnaval elitista. 

“A gente não pode ser taxativo, dizendo que não pode ter Carnaval, como se a existência do Carnaval fosse única e exclusivamente de autoridade do estado. Nós conhecemos o Carnaval e ele é uma festa popular. Se você botou o pé para fora do Recife nos últimos meses, se foi em Olinda ou no Recife Antigo à noite, você já vê o Carnaval na rua. Já há possibilidades reais de haver festas pequenas em que algumas estratégias estão sendo tomadas. Pelo decreto sanitário de hoje, já é possível fazer festa para 7.500 pessoas. Se as autoridades sanitárias, que têm responsabilidade de tomar essas decisões, entendem que é possível colocar 7.500 pessoas num local fechado, por que não posso colocar 500, 1.000 num local aberto?”, indagou. 

E continuou, mencionando a existência de pequenos blocos de carnaval e festas de bairro: “Quando a gente pensa em Carnaval, sempre pensa em Galo da Madrugada, Carnaval de Olinda, Homem da Meia-Noite, mas o Carnaval é muito diverso. O Bloco da Ilha de Deus arrasta 300 pessoas, o da Reforma Urbana arrasta 200. Há possibilidade de agremiações menores, com medidas sanitárias, fazer algum tipo de festa. A questão não é vai ou não ter carnaval, mas como podemos fazer algum Carnaval com algum controle sanitário”. 

O parlamentar também reforçou a necessidade de barreiras sanitárias; se não possíveis de forma nacional, uma vez que o Governo Federal não exige passaporte sanitário para a entrada no Brasil, que seja de forma local, através das autoridades estaduais.  

E o adiamento?

“É uma das discussões, estamos querendo pautar isso aqui e ouvindo quem faz parte da cadeira produtiva. Quem sabe, não podendo fazer em fevereiro ou março, poderíamos colocar para julho. Iremos escolher a alternativa mais segura para todos”, afirmou o vereador Marco Aurélio sobre a possibilidade de adiar o Carnaval tradicional de fevereiro e março para uma data posterior, mais viável sanitariamente. 

No entanto, para o vereador Ivan Moraes, a medida é ineficaz e “duplicaria o problema, pois haveriam dois carnavais: um em julho e outro em fevereiro e março. As pessoas ainda sairiam de casa. Chegar numa ladeira onde tem frevo tocando e gente bebendo, já é carnaval. Nas ruas do Recife já está havendo Carnaval”.

O percentual de famílias que declaram estar endividadas em Pernambuco cresceu 1,4 pontos percentuais, quando comparado o mês de novembro deste ano com o mesmo período do ano passado. Já o percentual de famílias com dívidas entre outubro e novembro permaneceu praticamente estável, saindo de 78,2% para 78,8%.

Esses dados foram levantados pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O recorte local feito pela Fecomércio, por sua vez, mostra uma leve piora em novembro: segundo a pesquisa, o percentual de famílias com contas atrasadas subiu 1,1 pontos e ficou em 31,4% em novembro. 

##RECOMENDA##

“Com esse movimento, a série interrompeu uma trajetória de 4 meses em queda, após passar de 33,2% em junho para 30,3% em outubro. Na comparação com novembro do ano anterior, o indicador subiu 2,4 pontos”, explica o assessor econômico da Fecomércio-PE, Ademilson Saraiva.

Já o percentual de famílias que se dizem sem condições de pagar as contas atrasadas seguiu em trajetória de elevação e encerrou novembro deste ano em 16,8%. Na passagem de outubro para novembro, o indicador subiu 1,1 pontos e já se encontra 4,2 pontos percentuais acima do patamar observado em novembro do ano de 2020, quando era de 12,6%.

Dimensão do endividamento

Em novembro do ano passado, 13,5% das famílias se diziam muito endividadas e, agora em 2021, essa proporção chegou a 21,8%. O percentual das que se dizem mais ou menos endividadas caiu 3,1 pontos em relação ao mesmo mês de 2020, mas teve elevação de 3,5 pontos em relação ao mês de outubro deste ano.

“Verifica-se que, embora a proporção de famílias endividadas não tenha sofrido alteração substancial na comparação com novembro do ano passado, a composição do indicador aponta mudança relevante sobre a percepção desse endividamento”, comenta Saraiva.

O demonstrativo por tipo de dívidas aponta que o cartão de crédito elevou levemente sua participação entre os débitos declarados pelas famílias endividadas no mês de novembro, na comparação com o mês anterior.

O cheque especial, por sua vez, cresce entre os tipos de dívidas mencionadas pelas famílias como componentes do endividamento recente: estavam 7,9% em novembro de 2020, chegou a 11,6% em outubro deste ano e avançou para 14,1% em novembro.

“Nesse sentido, o pouco espaço para busca de crédito ou para refinanciamento das dívidas já existentes, devido à situação ainda frágil no mercado de trabalho, pode estar forçando o atraso de contas e levando as famílias a contrair dívidas em conta corrente para saldar outros débitos e potencializando o endividamento no curto prazo”, ressalta o assessor econômico da Fecomércio-PE.

Cabe destacar que o cheque especial tem a terceira maior taxa média de juros entre as modalidades de crédito livre às pessoas físicas, em torno de 129%, atrás apenas do parcelamento do cartão de crédito (169%) e do crédito no rotativo (aproximadamente 340%).

*Com informações da assessoria

As Agências do Trabalho de Pernambuco oferecem o total de 391 vagas de emprego nesta quinta-feira (02), sendo 367 abertas para ampla concorrência, 16 reservadas para pessoas com deficiência e oito para contratação temporária. As oportunidades estão distribuídas em 20 municípios, com destaque para Recife, que concentra cerca de 56% do total de posições disponíveis.

Na capital é oferecido o cargo de encarregado de manutenção, com 100 posições abertas. Para concorrer é preciso possuir ensino médio completo e seis meses de experiência prévia na área. O salário proposto é de R$1.578,00.

##RECOMENDA##

Ainda há vagas nos municípios de Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Escada, Garanhuns, Goiana, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paudalho, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, Santa Cruz do Capibaribe e Vitória de Santo Antão.

Paulista se destaca na oferta de vagas para pessoas com deficiência, somando sete vagas do total, distribuídas para os cargos de Motorista de Caminhão, Operador de Caixa e Trabalhador de Serviços de Limpeza e Conservação de Áreas Públicas. A exigência mínima é de até seis meses de experiência, e a escolaridade pode variar, de ensino fundamental incompleto até ensino médio completo. Também há oportunidades nos municípios de Araripina, Bezerros, Igarassu, Petrolina, Recife e Vitória.

Já as oportunidades de contratação temporária, Recife oferece seis, com destaque para o cargo de marceneiro, que não exige escolaridade e o salário é de R$1.800,00. Ainda são oferecidos postos em Belo Jardim e Paulista.

Para visitar Agência do Trabalho não é preciso mais realizar agendamento, exceto nas unidades de Recife, Salgueiro e Vitória, que ainda necessitam de marcação pelo site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq-PE)

A medida foi revogada na maioria das unidades do Estado devido à dificuldade de muitos cidadãos em acessar a internet para realizar o agendamento virtual. A marcação estava em vigor como forma de evitar aglomerações e a transmissão do novo coronavírus. O horário de atendimento das Agências é das 8h às 14h, e as fichas de atendimento são distribuídas até às 13h. O uso da máscara de proteção ainda é obrigatório em todas as unidades.

Confira o quadro de vagas completo aqui.

*Por Thaynara Andrade

Nesta quarta-feira (1º), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, institui o Programa Investe Escola Pernambuco, iniciativa que busca facilitar o repasse de recursos financeiros para as redes públicas de ensino. Segundo o governo do estado, serão ofertados R$ 250 milhões por ano para que os gestores possam aplicar em melhorias nas condições físicas e pedagógicas das unidades.

##RECOMENDA##

O programa tem a pretensão de desburocratizar e agilizar a distribuição de incentivos financeiros às mais de 1.055 escolas presentes no estado. Assim, os recursos irão chegar de forma direta às unidades, de forma que será concedida aos gestores uma maior autonomia para direcioná-los segundo os problemas identificados no dia a dia, além de permitir que sejam levadas em consideração as demandas dos professores e alunos pertencentes à respectiva unidade.

Estes repasses poderão ser utilizados para o investimento em projetos pedagógicos, atividades educacionais, avaliação de aprendizagem, manutenção, conservação e reparos na infraestrutura física da escola, aquisição de material de consumo e permanente, custas cartorárias, entre outras despesas.

O montante a ser disponibilizado será calculado com base no número de estudantes matriculados na instituição de ensino. Foram criadas faixas limitadoras por quantitativo de estudantes, começando em R$ 40 mil e chegando a R$ 400 mil.

São vedadas segundo o Governo de Pernambuco, a utilização do recursos para as seguintes finalidades: implementação de ações que já sejam financiadas pela Secretaria de Educação; pagamento a servidor ou agente público da ativa por serviços prestados; tarifas bancárias e tributos; despesas de manutenção predial como aluguel, água, luz e esgoto; gastos com festividades, comemorações e recepções; e pagamento de auxílio assistencial ou individual.

Cada vez mais próxima do PSDB de Raquel Lyra para a disputa ao Governo do Estado em 2022, a deputada estadual Priscila Krause traçou um paralelo entre os índices de desemprego e a alta taxa tributária em Pernambuco. Ao mesmo tempo que cobra os impostos mais caros do Nordeste, o estado lidera o ranking de desemprego no país.  

O resultado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) Contínua, publicada nessa terça-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), comprova que 19,3% dos pernambucanos estão desempregados. O índice é superior ao do Brasil, que manteve a taxa de desocupação em 12,6%. 

##RECOMENDA##

"Pernambuco que é líder de desemprego no Brasil é o mesmo que cobra a maior carga tributária do Nordeste. Não é coincidência", alfinetou a deputada.

Ela recentemente deixou o Democratas e ainda avalia propostas para escolher a nova casa.

Críticas ao PSB

"O governo do PSB é mestre em cobrar impostos e taxas, dificultando a vida da iniciativa privada e, portanto, travando o crescimento de empresas e por consequência de empregos e renda", apontou.

Na visão de Priscila, a gestão do PSB dificulta a criação de empregos para continuar no Poder. "Uma equação simples que, apenas para atender os objetivos da perpetuação no poder, o Palácio das Princesas insiste em ignorar", acrescentou.

 

Pernambuco ultrapassou a marca de 640 mil casos confirmados de Covid-19. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou nesta quarta-feira (1º) mais 421 casos e 10 óbitos.

Entre os casos confirmados nesta quarta-feira, 15 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 406 são leves.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza agora 640.158 casos confirmados da doença, sendo 55.020 graves e 585.138 leves.

Os 10 óbitos ocorreram entre 25 de junho de 2021 e a última segunda-feira (29). Com isso, o estado totaliza 20.253 mortes pela Covid-19.

A partir desta quarta-feira (1), algumas Agências do Trabalho de Pernambuco receberão visitas sem necessitar de agendamento prévio, com exceção das unidades de Recife, Salgueiro e Vitória de Santo Antão. O horário de funcionamento é das 8h às 14h e as fichas serão distribuídas nos locais até às 13h. As unidades de Salgueiro e Vitória são as únicas com horário de atendimento estendido até às 17h.

Os agendamentos virtuais pelo site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação foram revogados nos seguintes locais: Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Cabo, Camaragibe, Caruaru, Garanhuns, Escada, Goiana, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Palmares, Paulista, Paudalho, Pesqueira, Petrolina, Santa Cruz, São Lourenço e Serra Talhada.

##RECOMENDA##

As Agências do Trabalho haviam decretado as marcações prévias para evitar aglomerações e a transmissão do novo coronavírus. No entanto, devido a dificuldades que muitos profissionais estão tendo para acessar a internet, impedindo o agendamento on-line, os atendimentos serão feitos por meio de comparecimento espontâneo para facilitar as contratações. 

Oferta de empregos

Pernambuco oferece o total de 413 vagas de emprego nesta quarta-feira (1), sendo 371 abertas para ampla concorrência, 18 voltadas para pessoas com deficiência, e 24 para contratação temporária. O destaque das ofertas vai para a capital do Estado, com o total de 188 oportunidades, concentrando 40% das vagas disponíveis no dia.

Das vagas para pessoas com deficiência, 10 delas estão concentradas em Paulista, além das demais em Araripina, Bezerros, Igarassu, Petrolina, Recife e Vitória. Já as oportunidades de contratação temporária, há posições disponíveis nos municípios de Araripina, Belo Jardim, Paulista e Recife.

Confira aqui o quadro completo.

O  Serviço Social do Comércio (Sesc), departamento regional em Pernambuco, está com vagas  de trabalho abertas para as unidades de Triunfo, Serra Talhada,  Bodocó e Floresta, municípios do Sertão do Estado. As inscrições podem ser realizadas até o dia 2 de dezembro através do site do instituto ou pelo site de recrutamento.

Ao todo, são 20 vagas para professores, atendentes, analistas, assistentes, instrutores e auxiliares com salários a partir de R$ 1.204,95 e acréscimo após 90 dias. Para a unidade de Serra Talhada, as oportunidades são para os cargos de Analista Administrativo (negócios), Analista Ambiental, Professor de Esportes, Assistente Administrativo, Instrutor de Recreação, Cozinheiro, Atendente de Copa e Cozinha e Auxiliar de Manutenção.

##RECOMENDA##

Em Triunfo, estão abertas vagas para Professor de Esportes e Atendente de Copa e Cozinha. Já em Bodocó e Floresta, há vagas para Professor de Esportes. Cada oportunidade possui exigências mínimas, de forma que o processo seletivo será realizado através das etapas de triagem curricular, verificação de requisitos e avaliação de conhecimento. 

Por Thaynara Andrade

Um novo sequenciamento genético realizado pelo Instituto Aggeu Magalhães em pacientes que testaram positivo para a Covid-19 revela que a variante Ômicron ainda não foi detectada em Pernambuco. O estudo mostra que a linhagem Delta e suas sublinhagens continuam sendo predominantes no Estado.

Dos 42 genomas com qualidade para análise, 41 (97,6%) eram de pessoas infectadas com a variante Delta. Apenas um (2,4%) foi identificado como da linhagem da variante Gamma. As amostras foram coletadas entre outubro e início de novembro deste ano.

##RECOMENDA##

O secretário Estadual de Saúde, André Longo, afirma que Pernambuco está atento a entrada de novas variantes do SARS-Cov-2 e, para isso, tem realizado uma força-tarefa para monitorar a circulação das variantes no Estado. 

"Os cuidados para evitar a circulação de novas cepas devem continuar. O uso correto de máscara, a higienização das mãos, o distanciamento social e, principalmente, a vacinação, com o esquema de duas doses e a dose de reforço, são essenciais para o enfrentamento à Covid-19", pontua Longo.

Sobre a Ômicron

Na segunda-feira (29), a  Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que a nova variante ômicron representa um "risco muito elevado" para o planeta. Além disso, a OMS advertiu  que há  muitas incógnitas sobre esta variante, especialmente sobre o perigo real que representa para a população mundial.

LeiaJá também

-> Atuais vacinas podem ser ineficazes contra ômicron

-> Pfizer e J&J trabalham em vacinas contra a ômicron

-> OMS pede resposta racional à variante ômicron da Covid-19

Mais uma vez, Pernambuco lidera o ranking de desemprego do Brasil, tendo taxa de 19,3% de desocupação, de acordo com os novos resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada nesta terça-feira (30) pelo IBGE. Apesar do recuo de 2,5% em comparação ao último trimestre monitorado pela mesma pesquisa, quando o desemprego marcou 21,8%, o estado segue em primeiro lugar da lista pelo segundo trimestre consecutivo. A média do Brasil é de 12,6%, 6,7 pontos percentuais a menos do que o registrado na localidade. Foram 806 mil pernambucanos em busca de emprego entre os meses de julho, agosto e setembro. 

A redução é de 11%, ou cem mil desempregados a menos em relação ao trimestre anterior. O estado ainda se recupera do impacto que a pandemia teve no mercado de trabalho ao longo de 2020 e de 2021. No terceiro trimestre do ano passado, a taxa de desocupação havia sido a mesma do terceiro trimestre deste ano: 19,3%. 

##RECOMENDA##

Enquanto isso, o número de pessoas ocupadas em Pernambuco subiu de três milhões e 259 mil pessoas no segundo trimestre deste ano para três milhões e 374 mil trabalhadores no terceiro trimestre, o que equivale a um aumento de 3,6%, ou 116 mil pessoas a mais. Com relação ao mesmo período de 2020, o avanço na população ocupada, seja formalmente ou informalmente, foi de 13,6%. 

Mais da metade da população ocupada de Pernambuco está na informalidade, Pernambuco também observou um pequeno avanço na taxa de informalidade, que foi de 52,2% da população ocupada no 3º trimestre de 2021, frente a 51,2% no trimestre anterior. O percentual equivale a 1 milhão e 760 mil pessoas, deixando o estado em oitavo lugar nacional no ranking dos informais. O Brasil, por sua vez, tem uma taxa de informalidade mais de dez pontos percentuais mais baixa: 40,6%. 

O número de empregados do setor privado cresceu 7,3% no acumulado de julho, agosto e setembro frente ao trimestre anterior, chegando a 1,5 milhão de pessoas, um saldo de 103 mil pessoas a mais. O maior impacto no mercado de trabalho ficou com os trabalhadores sem carteira assinada, que aumentaram 11,3% entre o segundo e o terceiro trimestres de 2021, chegando a 546 mil pessoas. A atividade econômica que mais absorveu esses trabalhadores foi o comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas, cujo contingente de trabalhadores aumentou 11,6%, passando de 648 mil para 724 mil pessoas. Além disso, o rendimento médio real habitual de todos os trabalhos das pessoas ocupadas em Pernambuco foi de R$ 1.715, o menor desde 2018. 

Para o cálculo da proxy de taxa de informalidade da população ocupada são consideradas as seguintes populações: empregado no setor privado sem carteira de trabalho assinada; trabalhador doméstico sem carteira de trabalho assinada; empregador sem registro no CNPJ; trabalhador por conta própria sem registro no CNPJ; trabalhador familiar auxiliar. 

As Agências do Trabalho em Pernambuco ofertam 445 vagas de emprego nesta terça-feira (30). A partir desta data algumas unidades no interior do estado e na Região Metropolitana do Recife não exigirão agendamento prévio, estando abertas para atendimento a quem comparecer, com distribuição de fichas.

A medida do agendamento prévio havia sido decretada como forma de evitar aglomerações e a transmissão do novo coronavírus. No entanto, com o grande quantitativo de candidatos fora do mercado de trabalho, muitos cidadãos tiveram dificuldade em acessar a internet para realizar a marcação da visita. 

##RECOMENDA##

Porém, a regra de agendamento pelo site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq-PE) permanece nas unidades do Expresso Cidadão, que são administrados pela Secretaria de Administração, e nas Agências em Recife, Vitória de Santo Antão e em Salgueiro. O horário de funcionamento das agências é sempre das 8h às 14h, e o Expresso Cidadão até às 17h. Em todas as unidades as fichas estarão disponíveis até às 13h.

Nos demais locais serão distribuídas 300 fichas para intermediação de mão de obra e 90 fichas para dar entrada no Seguro Desemprego. As Agência do Trabalho que não vão mais precisar de agendamento são: Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Cabo, Camaragibe, Caruaru, Garanhuns, Escada, Goiana, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paulista, Paudalho, Pesqueira, Petrolina, São Lourenço e Serra Talhada.

Do total de vagas abertas, 203 são para ampla concorrência, 26 são reservadas para pessoas com deficiência, e 16 para contratação temporária. As oportunidades estão distribuídas em 21 municípios, entre eles a capital pernambucana, que oferece 208. 

Há vagas também em: Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Escada, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paudalho, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Recife, Salgueiro, Santa Cruz do Capibaribe, São Lourenço da Mata, Serra Talhada e Vitória de Santo Antão.

O Sindicato dos Policiais Penais de Pernambuco (Sinpolpen-PE) suspendeu a convocação de uma assembleia geral no mês de dezembro após o Governo de Pernambuco reabrir as negociações com o sindicato.

A entidade cobra o acordo coletivo assinado sobre o reajuste salarial, novos enquadramentos por tempo de serviço, alteração do plano de cargos e criação do Departamento Policial Penal.

##RECOMENDA##

As negociações foram retomadas após representantes do sindicato serem recebidos no último dia 22 de novembro, após a realização de uma manifestação no centro do Recife.

No entanto, foi remarcado para o dia 20 de janeiro do próximo ano uma nova assembleia para analisar as propostas que serão analisadas nestes próximos cinquenta dias. 

João Batista de Carvalho, presidente do Sinpolpen-PE, confirmou que a categoria irá analisar as propostas e, caso não ocorra um bom encaminhamento, o sindicato poderá deliberar por uma nova mobilização, podendo até paralisar as atividades não essenciais dos policiais penais.

[@#galeria#@]

Atletas mirins de escolas pernambucanas levaram para casa 53 medalhas nas Paralimpíadas Escolares 2021. Foram 31 medalhas douradas, 14 de prata e oito de bronze, acumulando 20 pódios a mais do que os conquistados na última edição da competição, em 2019. Na última oportunidade, a delegação levou 33 pódios, dos quais 14 foram ouros, 12 pratas e sete bronzes. A 14ª Paralimpíadas foi realizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Especial de Esporte, na cidade de São Paulo. 

##RECOMENDA##

Das modalidades, liderou o atletismo, com o total de 37 pódios, sendo 25 ouros, sete pratas e cinco bronzes. Em seguida veio a natação, com nove medalhas (três de ouro e seis de prata); o parabadminton arrematou um ouro, uma prata e dois bronzes; o tênis de mesa ficou com um ouro e um bronze, e a bocha conquistou um ouro.  

O paratleta Júlio Gomes, que competiu pela segunda vez nas paralimpíadas, foi destaque pelo desempenho na natação. Competindo em cinco provas, o pernambucano arrematou medalha em todas, sendo uma de ouro e quatro de prata. Em 2019, ele já havia conquistado ouro nos 50m livre e nos 50m costas.  

“Estou muito feliz. Não só pelas medalhas, mas também porque consegui baixar meus tempos em todas as provas que disputei. Comemorei muito ao lado do meu treinador, que é quem está sempre comigo. Tudo isso me deixou muito feliz”, celebrou o nadador, que é aluno da Escola Estadual Argentina Castello Branco, em Olinda. Júlio foi ouro nos 50m livre e prata nos 400m livre, 100m costas, 100m livre e 100m borboleta.  

Além das medalhas, os pernambucanos ainda foram responsáveis por quebrar vários recordes. No atletismo, Évelyn Caroline foi ouro recordista nas três provas que disputou (100m rasos, 400m rasos e lançamento de disco), na classe F37. Luiz Henrique, também do atletismo, quebrou recorde nos 400m rasos e nos 100m rasos (classe T38). Na natação, Wagner Leonardo, medalha de ouro nos 100m borboleta, quebrou o recorde da prova na classe S10. 

“Avançamos 20 medalhas de uma edição para outra. E em relação a 2014, são 40 medalhas a mais. Isso mostra que quando ampliamos os incentivos e apoios a esse segmento, os resultados são muito fortes. Compartilhamos essa conquista com cada paratleta, técnico e os familiares. Cada um possui um papel essencial para esse resultado”, comemorou o secretário executivo de Esportes de Pernambuco, Diego Pérez.

As Agências do Trabalho de Pernambuco oferecem um total de 612 vagas nesta segunda-feira (29). Distribuídas em 20 municípios do Estado, as oportunidades são listadas em três categorias: ampla concorrência, com 573 vagas; reserva para pessoas com deficiência, contabilizando 17 posições; e vagas de contratação temporária, que acumulam 22.

As oportunidades estão disponíveis nos municípios de Araripina, Arcoverde, Bezerros, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Caruaru, Escada, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paudalho, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Recife, Salgueiro, Santa Cruz do Capibaribe, São Lourenço da Mata, Serra Talhada e Vitória de Santo Antão.

##RECOMENDA##

Garanhuns oferece oportunidades para técnico de desenvolvimento de software, com salário de R$ 4.175,00. As duas vagas disponíveis exigem que o candidato tenha ensino médio completo e seis meses de experiência. A cidade também dispõe de quatro vagas para analista de desenvolvimento de software. O candidato deve ter ensino superior completo e seis meses de conhecimento na área para receber um salário de R$ 5.315,00.

Das vagas para pessoas com deficiência, o Cabo de Santo Agostinho oferece três posições para auxiliar operacional de logística, com salário de R$ 1.122,19, sendo preciso ter ensino médio completo e seis meses de experiência. Já as oportunidades para contratação temporária, O município de Paulista possui oito oportunidades disponíveis para técnico eletricista, e os selecionados receberão rendimentos de R$ 2.500,00.

Para concorrer a uma vaga de emprego em Pernambuco é preciso agendar o atendimento por meio do site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação. A medida visa evitar a transmissão do novo coronavírus, de modo que não haja aglomeração nos locais. Os visitantes devem usar máscara de proteção durante o tempo.

Confira aqui a lista completa das vagas.

Nesta sexta-feira (26), o Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE) recomendou que festas e aglomerações sejam evitadas neste final de ano por conta da nova onda de contágio pela Covid-19 que se espalha pelos países da Europa, Américas e África do Sul.

Além disso, o Coren chama a atenção para a descoberta de uma nova variante do novo coronavírus descoberto no continente sul-africano. Essa cepa é considerada potencialmente muito contagiosa e com múltiplas mutações.

##RECOMENDA##

O conselho salienta que os cuidados com o uso de máscara, higienização das mãos e manutenção de adequado distanciamento social deve ser reforçado, até que haja um estado de controle efetivo da pandemia.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando