Notícias

| Cidades

Nesta quinta-feira (6), três empresas de crédito foram interditadas pelo Procon Pernambuco, por estarem funcionando de forma ilegal, oferecendo empréstimos e ficando com o dinheiro solicitado pelos clientes, o que garantia rendimentos fora da realidade. 

As empresas interditadas foram a GT Clássica, em Boa Viagem; a Única localizada na Dantas Barreto, e a Diamond, no bairro do Pina. De acordo com a gerente de fiscalização do Procon, Danyelle Sena, todas elas trabalhavam de uma forma bem parecida. “Primeiro iam em busca dos clientes oferecendo empréstimos falando que a pessoa podia investir o valor retirado na empresa. Que o dinheiro iria render entre 10% e 25%, ao mês”, explica.

##RECOMENDA##

Em alguns casos a empresa ainda prometia pagar as parcelas do empréstimo. Todos os empréstimos eram feitos de forma consignada, ou seja, a parcela era descontada diretamente do salário do consumidor.

O Procon aponta que a GT Clássica atuava em Recife desde novembro de 2020. Só esta empresa conseguiu fechar cerca de 15 contratos. Em um deles, uma aposentada fez um empréstimo de R$ 111 mil e transferiu todo o valor para a empresa, tendo que pagar 96 parcelas de R$ 3.860. 

“No documento a empresa informa que irá pagar as parcelas, além de ter a permissão para baixar o aplicativo do banco do consumidor, com poderes de mexer na conta, além de cópia do cartão”, explica a gerente. Os contratos de todos os clientes foram copiados e eles serão convocados pela Depatri para prestar esclarecimentos.

Um funcionário explicou ao Procon que a GT captava clientes através de dois sistemas que fornecem diversos dados do consumidor, entre eles CPF, endereço, telefone, telefone e se é aposentado ou pensionista - além de informar se a pessoa tem margem para empréstimo e até o salário que recebe.

Dependendo do caso, a GT ia até a residência do possível 'cliente' para fechar o negócio. A empresa foi interditada por fazer esse tipo de negócio e não possuir CNPJ; para fazer empréstimos, a empresa quarteirizou o serviço. 

A Única já tinha um procedimento administrativo no Procon, que a impedia de fazer novos contratos, mas que não estava sendo cumprido. Todas as empresas terão o prazo de 10 dias para apresentar defesa.

Os consumidores que fizeram esse tipo de empréstimo devem procurar a sede do Procon Pernambuco, na Rua Floriano Peixoto, 141, bairro de São José, ou a Delegacia de Estelionato, localizada na Rua São Miguel, 268, no bairro de Afogados. 

Uma vaquinha online busca arrecadar R$ 17 mil para garantir o fornecimento de energia solar para a agricultura Maria Francisca de Lima, de 54 anos, que luta para que a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) instale os postes para transmissão de energia da beira da estrada até sua casa, no Engenho Camurim, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. Para que a luz chegue, apenas um quilômetro de estrutura elétrica adicional é necessário. Apesar de conseguir o direito ao usucapião do meio hectare de terra em que mora, Francisca sofre com as tentativas de expulsão promovidas pelo Grupo Petribú, que já obrigou pelo menos 50 famílias a deixarem a região.

Nascida no engenho, Francisca relatou ao LeiaJá, em 2017, que sua família vivia de forma tranquila, do plantio de feijão, batata, mandioca, inhame, banana, dentre outros alimentos. Em 1978, quando ela se casou com o também camponês Severino José de Lima, a maior parte dos moradores do Engenho Camurim trabalhava para a usina Tiúma. O Grupo Petribú só chegou ao local na década de 1990, quando começou a expulsar os agricultores que viviam nas terras há mais de 40 anos.

##RECOMENDA##

Encarando, segundo ela, várias ameaças, Francisca e sua família foram os únicos que se recusaram a deixar a área. “Eles batiam em idosos, crianças e pais de família. Nos ameaçavam todos os dias com facas e armas e diziam que se a gente não saísse das terras, iriam derrubar tudo. Mas as famílias viviam aqui muito antes deles chegarem a nossa moradia. Não tínhamos para onde ir”, comentou.

Em 1999, com apoio da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Francisca decidiu iniciar sua luta judicial pelas terras, afirmando inclusive ter sofrido ameaças de morte. Os advogados da CPT, então, entraram com uma ação de usucapião, já que a agricultura já vivia nas terras quando o Grupo Petribú adquiriu o engenho. Após anos de disputa, a Justiça de Pernambuco negou o direito de posse à família, garantindo o direito de reintegração de posse aos usineiros. Como Francisca não detém a posse das terras, a Celpe alega que não pode realizar a ligação da unidade consumidora a ela correspondente.

A vaquinha é organizada pelo cineasta Felipe Peres Calheiros, diretor do filme “A Cerca da Cana”, que conta a história de Francisca. Doações de valores entre R$ 50 e 15 mil reais podem ser realizadas até o dia 14 de junho. 

Dois jovens foram flagrados fazendo pedido no drive-thru de uma rede de fast food de uma forma um tanto quanto inusitada: de charrete. O flagra aconteceu na cidade de São Vicente, litoral de São Paulo, na noite da última segunda-feira (3).

A foto dos jovens em seu veículo repercutiu nas redes sociais. Os jovens não foram identificados.

##RECOMENDA##

Nesta quinta-feira (6), os idosos de 60 a 62 anos passaram a integrar o calendário de vacinação do estado de São Paulo e recebem a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Agora, o imunizante desenvolvido pela empresa norte-americana Pfizer, em parceria com a empresa alemã BioNTech, tem cerca de 135 mil doses à disposição em 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) na capital paulista.

O primeiro lote das vacinas chegou na última terça-feira (4) e ficarão armazenadas em câmaras frias em uma temperatura de -25°C. Após o descongelamento, a fim de usá-la na aplicação, a vacina passa a ficar entre 2°C e 8°C, com validade de até cinco dias para ser utilizada. A projeção é que a cidade de São Paulo receba outro lote de vacinas da Pfizer ainda neste mês.

##RECOMENDA##

De acordo com o cronograma de vacinação do Governo do Estado de São Paulo, neste mês, estão incluídos outros grupos de pessoas a serem vacinadas. A partir do dia 10, pessoas com Síndrome de Down e pacientes renais em diálise, de 18 a 59 anos, passam a receber o imunizante. Já no dia 11 é a vez dos metroviários, ferroviários e grávidas. Pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos vacinam a partir do dia 12, e por último, motoristas e cobradores de ônibus no dia 18.

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, que coleta dados das Secretarias de Saúde, em todo o estado de São Paulo, 8 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina, o equivalente a 18,1% da população paulista. Já o número de pessoas que receberam a segunda dose do imunizante é de 4,7 milhões, o que equivale a 10,6% das pessoas que residem em todo o estado.

Pernambuco confirmou mais 3.074 casos de Covid-19 nesta quinta-feira (6). O número de registros confirmados em 24h é o maior desde o início da pandemia em março de 2020. O recorde anterior de confirmações ocorreu em 1º de abril deste ano, com 2.987 casos.

Entre os casos confirmados nesta quinta-feira, 144 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 2.930 são leves.

##RECOMENDA##

O estado totaliza agora 418.003 casos confirmados da doença, sendo 41.127 graves e 376.876 leves. 

Também foram contabilizados 52 óbitos, ocorridos entre 14 de novembro de 2020 e a última quarta-feira (5). Pernambuco totaliza 14.385 mortes pela Covid-19.

[@#galeria#@]

A classe musical foi um dos segmentos mais atingidos pelas consequências da pandemia. Sem poder fazer show, a cantora paraense Camila Martins investiu no empreendedorismo para conseguir passar pelos momentos de dificuldade financeira. Ela vende cestas de café da manhã em um perfil que criou no Instagram, o “Égua da cesta''.

##RECOMENDA##

Segundo a cantora, a iniciativa surgiu em junho do ano passado e a salvou da depressão e ansiedade que estava enfrentando. “Eu me vi perdida, não conseguia pagar aluguel, fazer supermercado, pagar contas e eu precisava de uma luz, porque eu respiro música, a única coisa que sei fazer da minha vida é isso. Passei dias, semanas pensando, até que ouvi uma pessoa falando ao telefone que precisava comprar uma cesta de café da manhã para sua mãe. Na hora eu achei que podia, que conseguiria montar e produzir isso para vender”, disse Camila Martins, ao enfatizar que acorda quase todos os dias às 5 horas para produzir e fazer as entregas das cestas.

Para o Dia das Mães, a cantora, e agora também empresária, informou que há várias cestas criativas para todos os públicos, inclusive para as mães que estão de dieta. “Há café da manhã com vários itens: canecas, cartões com textos especiais, por exemplo. Também há cestas de times para mãe que é torcedora do Clube do Remo, Paysandu e outros”, concluiu Camila.

Mais informações nas redes sociais @eguadacesta ou pelo número (91) 9 8970-4290.

Por Rosiane Rodrigues.

Um homem foi preso após roubar um carro e fazer uma família refém no Recife nesta quinta-feira (6). Ele foi baleado pela Polícia Militar, sendo encaminhado à Policlínica Arnaldo Marques, no Ibura, Zona Sul da capital.

Segundo a Polícia Militar (PM), o suspeito roubou um carro modelo Fiat Toro no Ibura. Sabendo dessa informação, uma equipe do 19º Batalhão conseguiu localizar o carro e fazer o acompanhamento. De acordo com o major Eliel Tomaz de Aquino, comandante do 19º BPM, o suspeito atirou na viatura e foi baleado pela polícia.

##RECOMENDA##

"Ele perdeu o controle do veículo e bateu no poste. Saiu do carro, pulando várias residências e entrou em uma casa", diz o major. Segundo o comandante, o fugitivo fez a família da casa refém, mas se entregou rapidamente com a chegada dos policiais.

Atingido na altura do abdômen, o suspeito foi encaminhado à Policlínica Arnaldo Marques, no Ibura. Após receber alta, ele será encaminhado à delegacia para medidas cabíveis.

Uma arma de fogo foi apreendida. A polícia suspeita que o roubo do carro tenha sido cometido por duas pessoas. 

[@#galeria#@]

Há dois meses sem resposta da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho sobre os repasses do auxílio emergencial municipal, um grupo com representantes de 60 movimentos sociais protestou na manhã desta quinta-feira (6). O ato foi realizado no Centro, em frente ao Centro Administrativo Municipal.

##RECOMENDA##

Para cobrar pela falta de comprometimento da gestão, os manifestantes afirmam que a cidade localizada na Região Metropolitana do Recife (RMR) é a quarta que mais arrecada em impostos.

“O Auxilio Emergencial Municipal é urgente, pois milhares de famílias necessitam dessa ajuda e a Prefeitura não pode alegar que não possui verba para implementar o benefício, porque a cidade arrecadou quase 900 milhões de reais em 2020, sendo que, até o momento, apenas 600 milhões estavam comprometidos dentro do orçamento municipal e nós provamos que dinheiro tem, o que falta é vontade política”, reivindicam em nota.

Segundo o grupo, apesar do alto índice de arrecadação, 50% da população do Cabo, cerca de 103 mil moradores, estão inscritos no CadÚnico do governo federal; 30%, aproximadamente 68 mil, dependem do Bolsa Família e 15%, em torno de 24 mil pessoas, vivem abaixo da linha da pobreza. 

Em nota oficial encaminhada ao LeiaJá, a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho se posicionou sobre a situação.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho informa que o secretário de Governo e vice-prefeito da cidade, Arimatéia Jerônimo, participou de algumas reuniões com os representantes de cada entidade. Nos encontros foram discutidas algumas reivindicações e ficou acertado que haverá uma reunião, a ser marcada, com a participação do prefeito Keko do Armazém.

A Prefeitura do Cabo criou uma comissão com os representantes de cada entidade e vem realizando doações de cestas básicas com o programa Solidariedade Nasce em Cada um de Nós, que une poder público, sociedade civil e empresários para distribuir mais de 30 mil cestas básicas às famílias necessitadas do município.

 

Outdoors e bicicletas de som espalhadas pelo Recife protestam contra a licitação marcada para esta quinta-feira (6), que vai contratar 307 funcionários temporários para o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) por um gasto anual superior a R$ 14 milhões. O sindicato dos servidores aponta falta de rigor na seleção, já que o único requisito para os novos contratados é o ensino médio completo.

O Sindicato do Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Sindsemppe) lançou nesta semana a campanha de Valorização e Respeito ao Servidor Público, em alusão ao mês do trabalhador. A categoria é contra a licitação estimada em R$ 14.253.826,801, que vai selecionar uma empresa responsável pelos profissionais de almoxarife e auxiliares administrativos para o MPPE.

##RECOMENDA##

O salário previsto para o almoxarifado é de R$ 5.472,141. Já o auxiliar administrativo vai receber R$ 3.858,05. “O Ministério Público de Pernambuco quer encher nossa instituição de contratos precários sem estabilidade para funções essenciais e importantes", anunciam as rádios e bicicletas para reforçar que as contratações podem comprometer o trabalho do órgão.  

"A terceirização do servidor abre espaço para a alta rotatividade de profissionais, comprometendo o trabalho do MPPE com a sociedade", adverte presidente do Sindsemppe, Ronaldo Sampaio.

Ele acrescenta que falta rigor na escolha dos servidores temporários. “O MPPE deveria colocar o mesmo peso para si. Ele deveria utilizar o mesmo padrão para contratações. A gente concorda com essa crítica que é feita. Essa não é a melhor prática”, compara com as admissões nas prefeituras. O MPPE ainda não se posicionou sobre as reclamações.

 Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta (5), a Polícia Civil de Pernambuco informou que o estudante acusado de maltratar gatos na avenida Beira-Rio, na Zona Norte do Recife, em fevereiro deste ano, será indiciado pelos crimes. Com o inquérito do caso concluído, a delegada Isabela Veras comunicou ainda que fotografias e vídeos comprovam a participação do homem na tortura de pelo menos dois gatos.

Apesar do indiciamento, a Polícia não revelou o nome do estudante, que responderá em liberdade. Ele poderá pegar até cinco anos de prisão, podendo ter aumento na pena caso fique configurado o crime continuado e o concurso material de crimes, isto é, quando mais de um delito é realizado na mesma ação.

##RECOMENDA##

Para a polícia, contudo, não ficou comprovada a participação direta do estudante nas mortes de cinco gatos, que também foram investigadas. “Se conseguirmos depois mostrar que ele teve relação com essas mortes, poderemos abrir novo inquérito”, comentou a delegada.

Moradores e comerciantes da região da Avenida Olinda, onde uma mulher morreu após receber descarga elétrica nesta quarta-feira (5), relataram que o local estava dando choque pelo menos desde terça-feira (4). Um comerciante que trabalha a poucos metros de onde a vítima faleceu disse ter entrado em contato com a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) diversas vezes sem que uma equipe fosse enviada para verificar a situação.

Nesta manhã, a empregada doméstica Sandra Helena Freitas da Silva, de 56 anos, caminhava pela calçada da avenida, localizada em Olinda, Região Metropolitana do Recife. O trecho estava alagado em decorrência das fortes chuvas que atingiram a região. Sandra recebeu uma descarga elétrica e faleceu no local. Na calçada, há uma caixa de energia.

##RECOMENDA##

"Desde ontem eu liguei para a Celpe uma, duas, três vezes. Hoje eu estava ligando. Eu disse 'você só vem depois que morrer um, não é?'. Quando eu acabei de falar isso, um camarada disse 'uma mulher acabou de levar um choque e está lá estendida'", diz o comerciante Mozart Barbosa de Albuquerque. Ele mostrou em seu celular as várias ligações que havia feito para a companhia. Segundo ele, só nesta manhã seis pessoas relataram ter recebido um choque ao passar naquele trecho.

Na esquina de onde a doméstica morreu, há uma loja da Celpe. Mozart contou que também foi ao local relatar o vazamento de corrente. Quem também esteve no estabelecimento foi a doméstica Lindauria Campos do Nascimento. “Disseram que não tinham a ver com isso e que eu ligasse não sei para onde”, comenta ela.

Lindauria relata ter ficado com o pé grudado ao chão e dificuldade de respirar ao passar pela calçada. Por causa do alagamento, a água estava acima dos pés dela. “Eu quase que morria. Eu levantava o pé e ficava puxando”, afirma.

Populares disseram ainda ter visto um cachorro levar choque. Também havia um sapo morto no mesmo local.

Sobre o incidente que resultou na morte da empregada doméstica, a Celpe informou que está com equipes técnicas no local apurando as causas. A companhia não se pronunciou sobre as denúncias dos populares.

Com informações de Paula Brasileiro.

Uma trabalhadora doméstica de 56 anos morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto caminhava em calçada da Avenida Olinda, no município de Olinda, Região Metropolitana do Recife, na manhã desta quarta-feira (5). O local estava alagado após as fortes chuvas que atingiram o Grande Recife. 

Segundo o perito Heldo Souza, com base em informações coletadas no local, Sandra Helena Freitas da Silva caminhava na calçada que possui uma caixa metálica embutida. "Provavelmente [a caixa] está energizada e ela teria recebido uma descarga elétrica", disse. A mulher morreu no local.

##RECOMENDA##

Além do Instituto de Criminalística, que vai fazer a perícia do corpo e da caixa de energia, estão no local a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e o Instituto de Medicina Legal (IML).

O marido de Sandra Helena, Jessé Luiz da Silva, de 61 anos, estava no trabalho de serviços gerais quando foi informado do ocorrido pela sobrinha. "Posso fazer nada. Jesus guardou, foi da vontade dele", lamentou ele, que tem cinco filhos com Sandra Helena.

Por nota, a Celpe informou que está no local apurando as causas da ocorrência.

Com informações de Paula Brasileiro.

Um suspeito de estelionato foi preso em flagrante pela Polícia Militar na Avenida Dantas Barreto, em Chã da Peroba, no município de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ele foi capturado na noite dessa terça-feira (4), quando se passava por um funcionário do Banco Itaú e tentava recolher o cartão de uma cliente.

Sem repassar muitos detalhes, o golpista ligou para a vítima e apenas informou que seu cartão de crédito havia sido cancelado. Para resolver o falso problema do cartão, um motoboy do banco seria enviado para recolhê-lo.

##RECOMENDA##

A vítima desconfiou da ligação e entrou em contato com o banco, que a orientou a acionar as autoridades. Ela seguiu o conselho e os policiais foram até o local onde o cartão seria entregue.

Diante do efetivo, o suspeito tentou fugir, mas foi alcançado em posse de três máquinas de cartão de crédito, uma pequena quantidade de cocaína e duas declarações com dados pessoais de outras possíveis vítimas. Os documentos apontavam que elas não efetuaram comprar nas segunda (3) e terça (4), e a denunciante admitiu que também entregaria uma declaração igual, junto com seu cartão.

Ele foi autuado e encaminhado para a Delegacia de Camaragibe, onde ficou à disposição da Justiça.

[@#galeria#@]

No início da pandemia da covid-19, em março de 2020, a Defensoria Pública do Estado do Pará teve que se adaptar para dar continuidade ao atendimento à população. De forma virtual, retomou as atividades de assitência por meio de canais comunicativos e ações eficazes.

##RECOMENDA##

Com o objetivo de ajudar quem se encontra em dificuldade financeira e sem acesso aos serviços jurídicos, de saúde e cidadania, foram disponibilizados números para ligações e WhatsApp. Os atendimentos são feitos via ligação ou chamada de vídeo. O agendamento ocorre on-line, em Belém, Ananindeua, Marituba e no distrito de Outeiro.

Uma das principais ações realizadas pela Defensoria voltada à população vulnerável é o programa de cidadania Balcão de Direitos, no qual são disponibilizadas expedições de 2ª via de certidões de nascimento e óbito e retificação de certidões, reconhecimento de paternidade e orientação jurídica, além de ação judicial e emissão de CPF e RG.

Outra iniciativa de destaque, o projeto Direitos Humanos em Ação, do Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos, tem o diferencial de agregar todas as políticas públicas básicas e necessárias à população. São oferecidas a emissão de documentos, como RG, 2ª via de certidão de nascimento, e orientações jurídicas. Na área da saúde, atendimento médico, avaliação e orientação clínica odontológica, verificação de pressão arterial, glicemia, vacinas e testes rápidos de covid-19.

As ações são realizadas em diversas cidades, sempre respeitando os protocolos de saúde. Os programas da Defensoria já passaram por 42 munícipios do Pará, dentre eles Aurora do Pará, Marabá, Limoeiro do Ajuru, Acará, Augusto Corrêa, Bragança, Soure, Eldorado dos Carajás, Breves, Bragança, Capanema e Belém.

“No início de 2021, também foi inaugurado um ponto fixo para o Balcão de Direitos, localizado no prédio na sede da Defensoria. Além de prédios com núcleos especializados”, afirmou o defensor público geral João Paulo Lédo.

Por Sarah Souza.

 

 

Na manhã desta quarta-feira (5), a Polícia Federal (PF) cumpre 53 mandados de busca e apreensão em Pernambuco pela Operação Background, que investiga crimes tributários e lavagem de dinheiro superior a R$ 8 bilhões. As autoridades disponibilizaram mais de 240 agentes e também cumprem ordens judiciais em São Paulo, Amazonas, Pará e no Distrito Federal

Com apoio da Receita Federal e da Procuradoria Regional da Fazenda, a PF apura uma organização criminosa responsável por crimes tributários e financeiros, fraude à execução e contra a organização do trabalho por uma organização criminosa formada por integrantes de um dos maiores grupos empresariais do Nordeste, o Grupo João Santos, conhecido por produzir o cimento Nassau, com atuação em todo o Brasil.

##RECOMENDA##

A investigação aponta um prejuízo de aproximadamente R$ 8.644.641.483,69 aos cofres públicos, ocasionado por um sofisticado esquema contábil-financeiro, que desviou o patrimônio das empresas do grupo e transferiu para os sócios e seus respectivos 'laranjas'. A movimentação visava evitar o pagamento de tributos e direitos trabalhistas de centenas de funcionários.

Desde 2016 os ex-empregados protestam pelo pagamento dos acordos trabalhistas aos que aderiram ao Programa de Demissão Voluntária (PDV). Eles apontam que não receberam os valores prometidos em negociações judiciais que, na época, resultaram em dois leilões de bens do Grupo.

A 4ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco também autorizou o sequestro e o bloqueio de bens dos suspeitos e dos valores investigados para reparar o dano à União através dos débitos tributários e liquidar os créditos trabalhistas de centenas de trabalhadores.

"As empresas do grupo investigado deixaram centenas de trabalhadores sem receber salários e outros direitos trabalhistas, sendo um dos objetivos da investigação permitir que essas famílias de trabalhadores recuperem os seus direitos por meio da Justiça do Trabalho", aponta a comunicação da PF em nota. 

Mirtes Renata Santana de Souza, 33 anos, mãe de Miguel Otávio de Santana, morto após cair do nono andar do Edifício Píer Maurício de Nassau, no centro do Recife, protocolou na segunda-feira (03), um pedido de anulação da audição de uma testemunha do caso, ouvida sem a presença de seus advogados.

A defesa aponta que eles não foram informados sobre a data do depoimento e os únicos advogados presentes no ato foram os de Sari Corte Real, ex-patroa de Mirtes, que responde ao processo de abandono de incapaz com resultado em morte. Um representante do Ministério Público também estava na oitiva. 

##RECOMENDA##

Os advogados de Mirtes reforçam que esse fato invalida a audição, uma vez que é direito da própria mãe de Miguel, representada por meio de seus advogados, realizar perguntas às testemunhas do caso. 

A morte de Miguel irá completar um ano no dia dois de junho deste ano, sem que a fase inicial do processo tenha sido encerrada pela Justiça.

A Polícia Civil de Pernambuco e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) estão investigando as circunstâncias das mortes de duas mulheres ocorridas após o parto, no intervalo de dois dias, na Maternidade Dr. Tito Ferraz, localizado em Timbaúba, Zona da Mata Norte de Pernambuco.

Amanda Lorraine Gonçalves de Lima, 23 anos, teve o seu parto realizado na última quarta-feira (28), trazendo ao mundo uma menina, batizada de Júlia. No entanto, familiares denunciam que logo após a cesariana, Amanda começou a se sentir mal. 

##RECOMENDA##

Ela chegou a ser transferida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Timbaúba, em estado grave, já que na maternidade não tinha UTI para adulto ou criança. Segundo a TV Globo, ela não resistiu e morreu 14 horas depois do parto.  

Na sexta-feira (30), antes de completar 48h da morte de Lorraine, a dona de casa Amanda Ramos de Melo, 34 anos, morreu também após passar por uma cesariana. Segundo a Polícia Civil, ela teve complicações após o parto e, quando estava sendo transferida para um hospital do Recife, teve uma parada cardiorrespiratória e voltou ao hospital de Timbaúba, onde não resistiu e faleceu. 

A Polícia Civil afirmou ao LeiaJá que as investigações das mortes seguirão até a completa elucidação do que ocorreu com as vítimas. 

MPPE

O Ministério Público de Pernambuco confirmou que a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde de Timbaúba tomou conhecimento sobre as mortes na última segunda-feira (03), por meio de uma denúncia anônima. Com isso, foi instaurada a "Notícia de Fato" para apurar as ocorrências. 

No procedimento, a Promotoria requisitou ao Delegado Municipal a instauração de inquérito policial, em até cinco dias úteis, e que fosse enviado o número do procedimento ao MPPE. 

Além disso, também oficiou a gerência de auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) do município para que proceda com a auditoria na Maternidade Tito Ferraz, informando as condições de atendimento no local, em até 15 dias. 

Por último, oficiou o prefeito e o secretário de Saúde municipal, solicitando informações sobre as funções administrativas em relação à maternidade, no prazo de cinco dias úteis. Após o recebimento das respostas, e mediante a análise dos fatos, a Promotoria de Justiça de Timbaúba vai decidir pela instauração de inquérito civil ou não.

Defesa

O advogado Gilderson Correia, que representa as duas famílias, explicou ao LeiaJá que está aguardando a conclusão do inquérito policial, junto com o Ministério Público. "Estamos em fase de reunir as documentações para requerer uma ação de reparação por percas e danos", pontuou Gilderson.

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (4), 2.333 casos da Covid-19. Também foram confirmados 73 óbitos, ocorridos entre 1º/01/2021 e 03/05/2021. Com isso, o Estado totaliza 14.279 mortes pela Covid-19.

Entre os casos confirmados nesta terça (4), 162 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.171 (93%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 412.786 casos confirmados da doença, sendo 40.842 graves e 371.944 leves.

##RECOMENDA##

A Polícia Civil divulgou, nesta terça-feira (4), detalhes da prisão de um homem acusado de 14 estupros na Região Metropolitana do Recife (RMR) - entre as vítimas, há menores de idade. Segundo a delegada Mariana Vilas Boas, da Delegacia de Polícia de Crimes Contra Criança e Adolescente e Atos Infracionais (DPCCAI) de Paulista, a polícia sabe que há mais vítimas, pois muitas mulheres reconheceram o agressor por imagens que circularam na internet. A polícia pede que as vítimas se apresentem à delegacia para denunciá-lo.

Entre as informações divulgadas pela polícia, está o modo de operação do acusado. Ele abordava as vítimas em áreas com pouca movimentação, anunciava o assalto usando arma branca, conduzia a vítima em uma área de matagal, cometia o estupro e exigia o silêncio sob ameaça de morte. O homem estava sendo investigado desde agosto de 2020 a partir de um estupro cometido em Paulista.

##RECOMENDA##

Segundo a delegada Vilas Boas, as 14 vítimas foram de todas as cidades que integram a Região Metropolitana do Recife. "Mas sabemos que há outras vítimas ainda, pois várias delas reconheceram o agressor através de imagens que foram veiculadas em redes sociais no momento em que ele foi preso”, diz.

O suspeito foi detido pela população em 27 de abril por tentativa de estupro em Paulista. “Encontramos o elo desse autuado com os estupros que nós vínhamos investigando”, disse a delegada Larissa Azedo, da Delegacia da Mulher de Paulista. “Enquanto eram realizadas diligências, tais como interrogatório, reconhecimentos, ele se evadiu da delegacia, mas foi recapturado dentro de horas e finalmente recolhido ao Cotel [Centro de Observação e Triagem, em Abreu e Lima]”, relatou.

Azedo destaca que é um crime difícil para as vítimas denunciarem, mas pede que elas compareçam à delegacia. “A gente faz um apelo para que a gente possa responsabilizá-lo por cada crime que praticou com cada mulher”, diz.

Pernambuco recebeu o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 produzidas pela Pfizer/BioNTec. No carregamento, desembarcado na última segunda-feira (3), chegaram 17.550 doses do imunizante, que devem ser destinadas às pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com doenças pré-existentes. Essa quantidade de doses faz parte da nova leva de vacinas que chegou ao Estado, totalizando 284,8 mil, sendo 267.250 unidades da vacina Astrazeneca/Fiocruz, que serão destinadas às primeiras doses para idosos entre 60 e 64 anos de idade, trabalhadores das forças de segurança e salvamento e pessoas com comorbidades.

Este é o primeiro lote da vacina da Pfizer, comprado pelo governo federal, a ser repassado ao estado. A entrega estava prevista para o sábado, primeiro de maio, mas foi adiada para essa segunda. As vacinas irão, especificamente, para as cidades de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife, conforme ficou acertado entre o Ministério da Saúde, Governo do Estado e municípios.

##RECOMENDA##

“Estávamos na expectativa do recebimento dessas primeiras doses da Pfizer/BioNTech para ampliar ainda mais a imunização no Estado. Sabemos que ainda há muito o que fazer para garantir a vacinação de todos os pernambucanos, mas estamos nos empenhando, fazendo um esforço diário junto ao governo federal para garantir mais doses. De toda forma, a partir de agora temos uma terceira vacina no Estado, que vai contribuir para ampliar os grupos prioritários”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Os municípios beneficiados foram escolhidos com base nas exigências de armazenamento da fabricante, segundo o governo. As doses do imunizante precisam ser armazenadas em caixas com temperaturas entre -25°C e -15°C por, no máximo, 14 dias. A vacina da Pfizer/BioNTech será armazenada no Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), em freezers específicos. O PNI-PE ficará responsável também pelas entregas, de acordo com a solicitação de cada secretaria. Nas cidades, o imunizante poderá ser guardado em temperatura entre 2°C e 8°C, mas somente por no máximo cinco dias. Após aberto o frasco, o prazo para utilização do insumo é de seis horas.

Em nova nota técnica do Ministério da Saúde, divulgada no domingo (2), o estado de Pernambuco estabelece que a segunda dose da Pfizer/BioNTech deve ser aplicada três meses após a primeira, da mesma forma como acontece com a vacina da Astrazeneca/Fiocruz. A distribuição das vacinas deve começar nesta terça-feira (4), ainda segundo o Governo.

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando