Esportes

| Futebol

Em entrevista ao LeiaJá, o presidente do Sindicato dos Árbitros de Pernambuco, Welson Silva, disse que repudia a atitude de qualquer clube que opte por árbitro Fifa, em detrimento dos juízes do estado. O mandatário disse ainda que considera o ato uma falta de respeito, prometendo levar o caso a CBF.

O contato aconteceu nesta quinta-feira (6), dia em que foram divulgadas as datas das semifinais do Campeonato Pernambucano. Ficou definido que Náutico x Santa Cruz terá arbitragem local e VAR. Já Sport x Salgueiro não contará com a tecnologia, pois o Leão, mandante da partida, teria optado por um árbitro Fifa. 

##RECOMENDA##

Welson demonstrou insatisfação com a atitude do clube rubro-negro. “A gente é contra a participação de qualquer árbitro, independente de ser Fifa ou de outra federação para atuar em competições locais. Os árbitros de Pernambuco têm condições de atuar em qualquer partida”, afirmou.

Segundo Welson, o desejo de não ter um árbitro pernambucano em competições locais se resume a uma 'transferência de responsabilidade’ por parte do clube. “Você não faz um planejamento da sua equipe, do seu trabalho e aí, em determinada situação da competição, se você perde ou se tem algum equívoco da arbitragem você transfere toda responsabilidade daquele problema”, pontuou.

Mediante a incômoda situação, Welson ainda promete que o sindicato vai formalizar um pedido para que a CBF tome ciência do caso e que a decisão de optar por um árbitro Fifa pode gerar consequências mais sérias. 

“A gente já acionou a Associação Nacional dos Árbitros para  pedir a CBF, junto ao presidente Rogério Caboclo, para tomar medidas para que não vá árbitro para nenhum estado", conta.

“Vamos entrar com um documento para não atuar em jogos de categoria nenhuma das equipes que desejam arbitragem de fora”, completa. A atitude radical será tomada contra ‘qualquer clube que fizer essa opção’.

"A profissão de árbitro de futebol é muito difícil. A gente treina, estuda e existe aquele que só vive de arbitragem. Nós repudiamos esse tipo de atitude e estamos lutando, dia e noite, para que isso acabe aqui em Pernambuco”, encerra Welson.

o Manchester United foi derrotado por 3 a 2 pela Roma nesta quinta-feira, mas, como havia aplicado uma goleada impiedosa de 6 a 2 na primeira partida, na Inglaterra, confirmou a vaga à final da Liga Europa. O time inglês enfrenta na decisão o Villarreal, que segurou o empate sem gols com o Arsenal em Londres depois de vencer o jogo de ida na Espanha por 2 a 1.

A grande final será disputada em jogo único no próximo dia 26 em Gdansk, na Polônia. Campeão na temporada 2016/2017, o Manchester United busca seu segundo título da Liga Europa. Já o Villarreal persegue a sua primeira conquista do segundo torneio de clubes mais importante do Velho Continente.

##RECOMENDA##

Com a vaga garantida na final ao eliminar o Arsenal, o time espanhol impede quarteto inglês de dominar a temporada europeia, já que, além da presença do United na decisão da Liga Europa, Manchester City e Chelsea decidirão o título da Liga dos Campeões.

O Manchester United ficou com a vaga graças à goleada aplicada por 6 a 2 no duelo de ida na Inglaterra. O time inglês saiu na frente nesta quinta, mas, com a larga vantagem, houve um relaxamento natural no segundo tempo e foi dominado pela Roma, que virou o placar em quatro minutos e depois criou ao menos mais três oportunidades para ampliar.

No Estádio Olímpico, Cavani foi às redes na etapa inicial, na qual os ingleses fizeram uma boa apresentação. O atacante uruguaio recebeu passe do brasileiro Fred, avançou livre e finalizou forte na entrada da área para inaugurar o marcador.

Na volta do intervalo, a Roma, que desperdiçara boas chances nos primeiros 45 minutos, colocou o pé na forma e marcou duas vezes em um intervalo de quatro minutos, com Dzeko, aos 11, de cabeça, e Cristante, aos 15, em bonito arremate na entrada da área. Nos minutos seguintes, a equipe italiana ficou perto de conseguir uma feito improvável ao perder duas oportunidades claras, ambas defendidas por De Gea.

Depois de ver seu goleiro brilhar e assegurar a tranquilidade em um momento de apagão, o United se reequilibrou, foi ao ataque e empatou o jogo. Inspirado, Cavani, mais uma vez balançou as redes. Ele recebeu passe na medida de Bruno Fernandes, se desvencilhou da marcação e apareceu livre para cabecear para o gol.

No fim, a Roma voltou a ficar à frente no placar ao anotar o terceiro com o jovem Zalewski, que pegou de primeira após linda jogada de Santon pela esquerda. O time italiano não conseguiu a classificação, mas ao menos saiu de campo com o triunfo, mostrou valentia e deixou uma boa impressão para o técnico português José Mourinho, que assume a equipe na próxima temporada.

Se sobraram gols na Itália no confronto de semifinal com maior número de bolas na rede da história da Liga Europa (13 tentos no agregado), no Emirates Stadium, em Londres, Arsenal e Villarreal não mexeram no placar. O time espanhol, com isso, avançou à final da competição pela primeira vez em sua história.

Os ingleses pressionaram muito, mandaram duas bolas na trave, ambas com Aubameyang, quase marcaram em uma falha do goleiro Rulli, que se recuperou a tempo de evitar o frango, mas não conseguiram vencer o bloqueio defensivos dos espanhóis e foram eliminados em casa.

Gallo ainda é assunto no Santa Cruz. Depois de vencer o Afogados nesta quarta-feira (5), o zagueiro Willian Alves disse que o ambiente do clube está renovado. Sem citar o antigo treinador, William conta que o jogo contra o Retrô, sob o comando do interino Roberto, já serviu para que os jogadores se ‘fechassem’ em busca de reação. 

“Com certeza o ambiente já é outro, com mais confiança, com mais evolução no trabalho, teve um divisor de águas naquela partida com o Retrô e nos jogadores se fechamos e buscamos dar uma resposta dentro do campo para o torcedor e para nós mesmos”, conta.

##RECOMENDA##

“A chegada do Bolívar passou muita confiança para os jogadores que aqui estavam e com o tempo o trabalho dele vai se desenvolver e a gente vai evoluir muito neste ano. Então é um ambiente totalmente diferente, um momento diferente e a gente espera levar isso para o jogo de domingo e poder passar para a semifinal em busca do título”, completa o defensor.

E sobre a preparação para o próximo jogo, Willian espera uma defesa sólida, diante do forte ataque do Náutico pela semifinal do Pernambucano, que acontece no domingo (9).  "A gente sabe que a equipe do Náutico vem bem nesse quesito, tem jogadores móveis ali na frente que tem tido um bom aproveitamento, então a gente está muito concentrado, muito ligado para anular as açoes ofensivas deles”, encerrou.

O ex-goleiro Jens Lehmann, que jogou no Arsenal e defendeu a seleção da Alemanha, foi demitido da direção do Hertha Berlin após ter divulgada uma mensagem privada com declaração racista sobre o também ex-jogador Dennis Aogo, que atua como comentarista esportivo no país. Lehmann afirmou que Aogo é um "negro cumprindo cota" na emissora em que trabalha.

Uma captura de tela mostrando a conversa, na qual foi escrita a mensagem racista, foi compartilhada nas redes sociais por Dennis Aogo. "Uau, você está falando sério? Esta mensagem provavelmente não devia ser para mim", escreveu Aogo em sua publicação no Instagram.

##RECOMENDA##

Vítima de racismo, o ex-lateral-esquerdo assumiu recentemente o posto de comentarista na Sky Sports. Com 34 anos, ele parou de atuar ainda em 2020, quando jogava pelo Hannover. Antes, passou por Stuttgart, Schalke 04, Freiburg e Hamburgo, onde viveu a sua melhor fase.

Lehmann pendurou as chuteiras em 2011, em despedida com a camisa do Arsenal. Além da equipe de Londres, o ex-goleiro defendeu Schalke 04, Milan, Borussia Dortmund, Stuttgart e disputou as Copas do Mundo de 2002 e 2006 pela Alemanha. Ele ocupava o posto de consultor na diretoria do Hertha Berlin. O clube da capital alemã se manifestou, reprovando as palavras do ex-goleiro.

"Tais declarações de forma alguma correspondem aos valores dos quais o Hertha defende e faz campanha ativamente. O Hertha se distancia de qualquer forma de racismo", afirmou o presidente do clube, Werner Gegenbauer.

A Sky Sports também se posicionou e prometeu não convidar mais Lehmann para suas transmissões esportivas. "Dennis Aogo é um colega muito estimado e um excelente analista e estamos felizes por tê-lo em nossa equipe. Nós condenamos qualquer forma de racismo e não damos espaço ou palco para o racismo. Muitas vezes recebemos Jens Lehmann como convidado em nosso programa e estamos muito desapontados com seu comportamento. Não planejamos convidá-lo de volta às nossas transmissões", explicou a emissora.

O ex-goleiro se desculpou pelo ocorrido e tratou de elogiar o colega. "Uma mensagem privada enviada do meu telefone para Dennis Aogo deu uma impressão, pela qual me desculpei em uma conversa com Dennis. Como ex-jogador da seleção alemã, ele é muito experiente, tem uma grande presença e traz muita qualidade para a Sky", finalizou.

Nesta quinta-feira (6), às 21h, o Allianz Parque será o palco do confronto entre Palmeiras e Santos, em partida válida pela 11° rodada do Campeonato Paulista. Tanto o Verdão, quanto o Alvinegro Praiano venceram confrontos na Libertadores na última terça-feira (4), contra o Defensa y Justicia-ARG e The Strongest-BO, respectivamente. Porém, ambos ocupam a terceira colocação dos Grupos C e D, e precisam da vitória para tentar aumentar as chances de conseguir uma vaga nas quartas de final do Paulistão.

Em coletiva de imprensa, após o último confronto na Libertadores, o técnico Abel Ferreira falou da dificuldade do Palmeiras em ter uma sequência de jogos em um curto período de dias, fato que contribui para o cansaço físico do time, que já chegou a jogar duas partidas em três dias. Assim, o técnico vai usar todas as peças disponíveis no elenco para que haja um revezamento entre atletas e evitar o desgaste físico.

##RECOMENDA##

Até o momento, o Verdão teve campanha discreta, com menos de 50% de aproveitamento durante os dez jogos que disputou. Ao total, foram quatro vitórias, três empates e três derrotas. Assim, o time ocupa a 3° colocação do Grupo C, com 15 pontos. Na liderança está o Bragantino, com 22 pontos, e no 2° lugar o Novorizontino, com 18 pontos. Já o lanterna da vez é o Ituano, com 13 pontos.

Do outro lado do confronto, o Alvinegro Praiano vive momento semelhante ao do rival. O último compromisso na Libertadores foi na última terça-feira (4) e colocou o Santos diante do The Strongest-BO, na Vila Belmiro. O time venceu de goleada, por 5 a 0, o time boliviano. Os meio-campistas Vinícius Balieiro, Kevin Malthus e Gabriel Pirani foram os responsáveis pelos gols, assim como os atacantes Lucas Braga e Marinho.

Já a campanha do Santos no Campeonato Paulista não reflete o mesmo desempenho do último confronto. O Peixão tem pouco mais de 30% de aproveitamento, com 10 pontos conquistados, dentre os 30 que disputou. Foram duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Portanto, ocupa a 3° colocação do Grupo D. O líder é o Mirassol, com 17 pontos, em seguida o Guarani com 14, e na última posição, está o São Caetano, com 3 pontos.

A seleção brasileira já sabe os dias e horários dos dois próximos confrontos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, em 2022. Nesta quinta-feira, a Conmebol informou que o duelo com o Equador, no Beira-Rio, será dia 4 de junho, às 21h30, pela sétima rodada, enquanto o jogo com o Paraguai será no dia 8, no mesmo horário, em Assunção.

Após quatro rodadas disputadas, o Brasil soma 12 pontos, dois a mais que a Argentina, enquanto o Equador soma nove e o Paraguai tem seis. Quatro seleções se classificam diretamente para o Mundial, e o quinto vai jogar uma repescagem continental.

##RECOMENDA##

Por causa da pandemia, os jogos da seleção previstos das Eliminatórias para março, da quinta e sexta rodadas, contra Colômbia em casa e Argentina fora, foram adiados. Vão ocorrer entre setembro e novembro, quando seis partidas pelas Eliminatórias serão jogadas, em duas rodadas triplas. A Conmebol ainda não definiu data, local e horário.

Após os dois jogos de junho pelas Eliminatórias, as seleções sul-americanas disputarão a Copa América, com sede na Argentina e na Colômbia, entre os dias 13 de junho a 10 de julho.

Foram definidos datas, horários e formatos da arbitragem dos confrontos das semifinais do Campeonato Pernambucano 2021. Náutico x Santa Cruz será no domingo (8), às 16h, na Arena Pernambuco, enquanto Sport x Salgueiro, na segunda (9), às 20h na Ilha do Retiro. O destaque ficou para a escolha do Sport de não utilizar arbitragem local e, consequentemente, o VAR, que só pode ser usado em conjunto, tendo assim que pagar o árbitro FIFA que for designado para a partida.

Sobre a decisão rubro-negra, foi dada pela Federação Pernambucana de Futebol a opção de ter a arbitragem de vídeo nas duas partidas, porém utilizando árbitro local. Caso decidissem por juiz e assistentes do quadro da FIFA, ou de outro estado, o clube teria que custear por fora e não seria possibilitado o VAR.

##RECOMENDA##

Segundo Evandro de Carvalho, presidente da FPF, “as partidas serão realizadas com formato distinto, por decisão dos clubes, onde cada mandante teve o direito e escolheu sua preferência”. Procurado para falar sobre a decisão tomada pelo Sport, o presidente do Salgueiro, José Guilherme disse preferir a arbitragem local e o uso do VAR, até porque indo à final “o Salgueiro vai dar preferência a valorizar a arbitragem local”.

As semifinais serão decididas em jogo único, com empate levando a partida para a disputa por penalidades máximas. Os vencedores dos dois confrontos se enfrentam em jogos de ida e volta, para decidir o título do Campeonato Pernambucano.

Nenhum jogador de futebol no mundo ajudou Lionel Messi com mais frequência do que Luis Suárez. O uruguaio deu 47 assistências ao argentino nos seis anos que passaram juntos no Barcelona, onde mostrou uma química tão grande com o camisa 10 desde a primeira vez que entrou em campo. Messi, por sua vez, serviu Suárez em 39 oportunidades ao longo desses anos, com a dupla combinando um total de 478 gols durante o tempo que passaram juntos no clube catalão. Eles levantaram 13 troféus juntos, incluindo quatro títulos do Campeonato Espanhol e um da Liga dos Campeões da Europa.

Dado todo esse passado glorioso, será impossível não pensar nesses números quando a dupla se enfrentar, desta vez como adversários, no duelo entre Barcelona e Atlético de Madrid, marcado para este sábado, no estádio Camp Nou, em Barcelona, pela 35.ª rodada. Além disso, as duas equipes estão muito próximas no topo da tabela de classificação, com apenas quatro jogos para o fim desta temporada. Então, o confronto será sem dúvida um dos jogos mais decisivos do ano, com enormes ramificações na corrida pelo título.

##RECOMENDA##

Estes dois jogadores figuram no pódio dos maiores goleadores da história do Barcelona. Messi lidera com mais de 700 gols, 280 dos quais ele marcou durante a "era Suárez" no clube catalão, enquanto que o uruguaio é o terceiro em 198. Somente a lenda László Kubala os divide - o que mostra como a dupla sul-americana foi tremendamente produtiva, com números que não eram vistos há quase 70 anos e superando outros nomes ilustres como César Rodríguez, por exemplo.

O relacionamento da dupla vai além do campo de jogo. Os dois eram vizinhos do bairro de Castelldefels, em Barcelona, e seus filhos estudavam na mesma escola. Era normal ver suas famílias desfrutando de momentos de lazer juntos, até mesmo em passeios à beira-mar quando o Barcelona não estava jogando. Foi Suárez quem levou Messi a beber mate com tanta frequência, com o argentino agora raramente se separado de seu frasco. Agora é o francês Antoine Griezmann quem partilha isso com o craque, depois de se transferir do Atlético de Madrid para o Barcelona em 2019, um ano antes de Suárez ter feito o caminho inverso.

Foi em 24 de setembro de 2020 que a carreira de Suárez no Barcelona chegou ao fim, com o clube catalão aceitando a oferta de transferência para o Atlético de Madrid. Na capital espanhola, o centroavante continua mostrando que marcar gols está em seu sangue. E ele enfrentará o Barcelona neste fim de semana apenas alguns gols atrás de Messi na lista de artilheiros do Campeonato Espanhol.

Messi manteve-se prolífico - como sempre - nesta temporada, mas não encontrou um aliado de ataque como Suárez desde a saída do uruguaio e pode nunca desenvolver uma parceria como a deles. Olhando para o passado, nem mesmo o brasileiro Daniel Alves (com 42 assistências) ou Andrés Iniesta (37) serviram mais o argentino do que Suárez (47).

No primeiro turno, quando o Atlético de Madrid venceu por 1 a 0, no estádio Wanda Metropolitano, em Madri, Suárez não pode estar em campo por conta da covid-19. Agora, a dupla terá que colocar essa amizade no gelo, pelo menos por 90 minutos, enquanto se enfrentam como oponentes pela primeira vez desde que a realidade forçou sua separação.

A pandemia do novo coronavírus segue causando consequências no mundo do futebol. Nesta quinta-feira (6), a Fifa anunciou que o início das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar, foi adiado de junho para o mês de setembro deste ano.

"Em conjunto com o CAF (Confederação Africana de Futebol), a Fifa pode confirmar que, levando em consideração a atual perturbação causada pela pandemia da covid-19 e a necessidade de garantir condições de jogo ideais para todas as seleções, foi decidido adiar as Eliminatórias Africanas", informou a entidade em um comunicado oficial.

##RECOMENDA##

Segundo a Fifa, os jogos serão remanejados para as janelas internacionais (Datas Fifa) de setembro, outubro e novembro de 2021 e março de 2022. Ao todo, 54 seleções disputam a atual fase de grupos, todas elas competindo por cinco vagas no Mundial do Catar.

A primeira fase do torneio teve 28 seleções, que se enfrentaram em duelos mata-mata de ida e volta. Os 14 classificados se juntaram aos 26 melhores colocados no ranking da Fifa para formar a fase de grupos, onde os 40 países foram divididos em 10 chaves. Os vencedores de cada um dos grupos se enfrentam depois em novos duelos mata-mata para definir os cinco países que vão para a Copa.

Emanuele Madeira, jornalista do GE, foi agredida durante uma confusão generalizada na partida de futebol entre Altos e Fluminense-PI, válida pela nona rodada do Campeonato Piauiense. A profissional da TV Clube, afiliada da Globo, filmava a briga, iniciada após um bate-boca entre Wallace Lemos, técnico do time tricolor, e Warton Lacerda, presidente do Altos, na entrada dos vestiários.

A repórter teve o celular arrancado à força das mãos, foi agredida e ofendida por um homem que vestia boné branco e camisa com mangas azuis, característica da equipe de estafe do Altos. Emanuele saiu do estádio Municipal Felipe Raulino, o Felipão, na cidade de Altos (PI), escoltada pela Polícia Militar. Ela seguiu em direção a uma delegacia, onde registrou um Boletim de Ocorrência.

##RECOMENDA##

No vídeo, o agressor, identificado pela equipe de reportagem da TV Clube como "Joãozinho", diz em tom de ameaça: "Ei, ei, não tô sendo filmado aqui, não, moça". Imediatamente, Emanuele pede para que o homem não toque em seu celular, mas ele toma o aparelho das mãos da jornalista abruptamente. "Pois é, pois não venha filmar ninguém aqui, não", disse Joãozinho.

O agressor não foi localizado pelos policiais após o corrido. Em nota, a TV Clube informa que "repudia de forma veementemente as agressões físicas e verbais sofridas pela colaboradora". O Altos nega que o rapaz em questão, responsável pela agressão, tenha algum vínculo com o clube. Os fatos serão apurados.

"A jornalista Emanuele Madeira, do #ge, foi agredida por um homem que usava o uniforme do #Altos, do #Piauí, durante confusão generalizada do clube com o Fluminense-PI após partida da 9ª rodada do campeonato estadual. Um bate-boca entre o técnico Wallace Lemos, do Flu-PI, e o presidente do Jacaré, Warton Lacerda, desencadeou uma batalha campal na porta dos vestiários do estádio Felipão, em Altos, a 40km de Teresina", informou uma nota da TV Clube.

"Enquanto filmava a briga, a profissional da TV Clube, afiliada da Globo no estado, teve o celular arrancado à força e foi agredida no braço por uma pessoa que depois a agarrou pelo pescoço se recusando a devolver o material de trabalho da jornalista. A #RedeClube repudia de forma veemente as agressões físicas e verbais sofridas pela nossa colaboradora", finalizou.

 [@#video#@]

Na noite dessa quarta-feira (5), o Santa Cruz eliminou o Afogados da Ingazeira do Campeonato Pernambucano nos pênaltis. O goleiro tricolor Jordan foi o destaque da partida, pois mesmo não fazendo nenhuma defesa durante o tempo normal, foi decisivo pegando a cobrança que definiu a classificação da Cobra Coral.

Após o jogo, em entrevista coletiva, o arqueiro falou da sua primeira disputa de penalidades como profissional. "É um misto de emoções, é muita coisa que passa pela cabeça, desde o início, quando eu comecei a jogar bola e todas as dificuldades que eu já passei", declarou.

##RECOMENDA##

Como foi a primeira disputa de pênaltis de Jordan no profissional, o goleiro comparou o episódio com a categoria de base. "Tudo muito diferente da base, os jogadores querendo ou não, são muito mais inteligentes, então é onde que você tem um desgaste maior. Queria exaltar o trabalho feito pelos preparadores, que com todos os goleiros, o trabalho vem sendo bem feito e hoje pude mostrar dentro de campo”, explicou.

O goleiro aproveitou para falar da próxima partida do Santa Cruz, pela semifinal contra o Náutico. As equipes já se enfrentaram no Estadual e o Tricolor foi derrotado por 2x1. “Já fizemos nosso primeiro jogo contra o Náutico, querendo ou não, estamos mais espertos e mais inteligentes com todas as coisas que eles podem inserir no jogo deles", finalizou.

Depois de um empate e uma derrota, o Corinthians vai em busca da primeira vitória na atual edição da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira (6), às 21h30, o time paulista enfrenta o Sport Huancayo, no Estádio Nacional, em Lima, no Peru, pela terceira rodada do Grupo E. O adversário é o lanterna da chave, com duas derrotas.

A delegação alvinegra viajou em voo fretado por causa da pandemia e chega otimista depois da boa apresentação no duelo com o São Paulo pelo Campeonato Paulista.

##RECOMENDA##

Desfalque no clássico por suspensão, Cantillo seguirá fora por causa de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Além dele, o técnico Vagner Mancini não poderá contar com o volante Xavier, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no treino de sábado.

Os veteranos Fábio Santos e Jô devem continuar na reserva. Gil pode voltar após ficar na reserva na última partida para dar mais experiência à zaga. "Todos os atletas que saíram deram força àqueles que foram entrando. Eu tenho como hábito conversar com diversos jogadores ao longo da semana, eu fiz isso olhando no olho", comentou Mancini.

Por ser um jogo fora de casa e uma derrota complicar ainda mais a situação do Corinthians, o treinador não descarta manter a formação com três zagueiros. O modelo tático foi utilizado pela primeira vez no jogo com o São Paulo e elogiado por Mancini.

"Não tenha dúvida de que a avaliação é altamente positiva. Não é uma tarefa fácil, mas acima de tudo foi uma tarefa bem executada. Essa dificuldade foi imposta porque no começo de jogo o São Paulo foi bem agressivo na marcação e a gente não estava conseguindo uma estabilização que toda equipe precisa numa mudança de sistema de jogo", analisou. A escalação, no entanto, é uma incógnita. Por causa da pandemia, os jornalistas não acompanham os treinos da equipe há mais de um ano.

CÁSSIO - A partida marcará mais um feito do goleiro Cássio, um dos atletas com mais títulos da história corintiana. Ele vai atingir uma marca curiosa, a de completar viagens por todos os países da América do Sul. Faltava apenas o Peru.

"Feliz, né? Que bom que o Corinthians poder estar disputando esses campeonatos. São os maiores. Libertadores e Sul-Americana. Que possa estar sempre viajando e voltando em vários e vários países. Que a gente consiga a vitória para ter a classificação e continuar viajando. Feliz! Temos atingido marcas legais. Agradeço por ser lembrado, prefiro assim. Tudo que construí foi passo a passo. Feliz por ser o primeiro jogador do Corinthians a conquistar essa marca", disse o goleiro, que está no clube desde 2012.

Dois dos principais jogadores do São Paulo, Daniel Alves e Luciano tiveram de ser substituídos com dores musculares no empate sem gols diante do Racing, na Argentina, quarta-feira (5), pela terceira rodada do Grupo E da Libertadores, e preocupam para a sequência da temporada.

Luciano sentiu desconforto no músculo posterior da coxa direita no final do primeiro tempo. O atacante caiu com dores no gramado, levantou e conseguiu terminar os primeiros 45 minutos. Ele ainda voltou para o segundo tempo, mas só aguentou sete minutos e foi substituído por Gabriel Sara.

##RECOMENDA##

Três minutos depois de Luciano sair foi a vez de Daniel Alves sentir dores no mesmo local. Após sofrer uma falta por trás, o camisa 10 colocou a mão na parte de trás da coxa, tentou dar alguns passos, mas não suportou o incômodo e também pediu para sair, dando lugar a Igor Vinícius.

Os dois jogadores serão avaliados no Brasil para detectarem a gravidade dos problemas. A delegação do São Paulo viajou na madrugada desta quinta e os jogadores ganharam folga. O elenco volta a treinar no CT da Barra Funda na sexta-feira.

As possíveis ausências de Daniel Alves e Luciano preocupam pela importância dos dois para a equipe e também pela proximidade de jogos decisivos. Neste mês, o time tricolor disputa a fase final do Campeonato Paulista e as últimas partidas da fase de grupos da Libertadores.

No próximo domingo, o São Paulo encerra a fase de grupos do Estadual diante do Mirassol, fora de casa. Já classificado e com a primeira posição do Grupo B garantida, a equipe deve entrar em campo com reservas.

A final da Liga dos Campeões entre Chelsea e Manchester City será marcada por forte protagonismo de jogadores brasileiros. Do lado da equipe londrina, o destaque é o zagueiro Thiago Silva. Já o time de Manchester conta com o goleiro Ederson, o volante Fernandinho e o atacante Gabriel Jesus.

Chama atenção o caso do veterano Thiago Silva, de 36 anos, que disputará a segunda final seguida de Liga dos Campeões. No ano passado, pelo Paris Saint-Germain, ele acabou derrotado na decisão pelo Bayern de Munique. Agora, ao lado do técnico Thomas Tuchel, buscará mais uma vez um título inédito para o currículo.

##RECOMENDA##

O zagueiro deixou o PSG após não ter o seu contrato renovado e partiu rumo ao Chelsea - ele chegou a criticar depois o clube francês pela maneira como foram conduzidas as negociações. Meses depois, ele viu Tuchel ser demitido do Paris Saint-Germain e assumir o Chelsea. Agora, ambos estão juntos de volta à final da Liga dos Campeões, enquanto o clube francês ficou pelo meio do caminho no torneio, caindo na semifinal.

Revelado no Fluminense, Thiago Silva é figura carimbada nas convocações de Tite na seleção brasileira e, aos 36 anos, tem conseguido manter o alto nível. Por isso, deve participar de mais uma Copa, ano que vem, no Catar. Com mais de uma década de experiência no futebol europeu, o zagueiro logo se transformou no ponto de equilíbrio da defesa inglesa.

No Manchester City, os brasileiros viraram peças fundamentais na engrenagem montada pelo técnico Pep Guardiola em todos os setores do gramado. No gol, Ederson não apenas mostra-se seguro com defesas importantes como é o responsável muitas vezes por dar início às jogadas ofensivas com suas saídas de bola precisas tanto com as mãos como com os pés.

No meio-campo, o volante Fernandinho cuida da contenção das jogadas dos adversários. Na última terça-feira, na semifinal contra o PSG, ele marcou muito bem Neymar e, com isso, anulou as principais investidas do time francês.

No ataque, Gabriel Jesus tem função tática estratégica no esquema de Guardiola. Por vários momentos, ele atua longe da área, pelas beiradas do campo, e ajuda a recompor a defesa. No entanto, com sua velocidade não são raras as vezes em que ele surpreende os marcadores dentro da área para concluir as jogadas.

Ultimamente também tem sido comum o ex-palmeirense começar jogos no banco e entrar no segundo tempo para renovar o fôlego da equipe. Foi assim, por exemplo, na vitória por 2 a 0 sobre o Paris Saint-Germain na terça-feira.

Feliz pela classificação para a semifinal do Campeonato Pernambucano, nesta quarta-feira (5), o técnico Bolívar, viu merecimento do Santa Cruz no avanço de fase e citou a coragem dos jogadores para executar as ideias de jogo. "A classificação foi merecida pela equipe que propôs o jogo o tempo todo. Acho que o Santa Cruz acabou iniciando a partida buscando seu gol e fez isso até o último minuto da partida", apontou o treinador.

 "A equipe desenvolveu um bom papel, acabou errando em alguns detalhes no último passe, mas é inevitável. A equipe que propõe o jogo o tempo todo vai errar um pouco mais, mas a coragem que os atletas tiveram para buscar essa classificação foi importante", ressaltou. 

##RECOMENDA##

Bolívar ainda completou que o time evoluiu em todos os setores no jogo e citou a melhora na transição e na posse de bola. "A gente vem aos poucos doutrinando esses atletas para que cada um ocupe seus espaços e que possamos ter um Santa cada vez mais qualificado", encerrou.

No tempo normal, Santa Cruz e Afogados não balançaram as redes, no duelo desta quarta-feira (5), pelas quartas de final do Campeonato Pernambucano. Por isso, o jogo no Arruda foi decidido nos pênaltis. Aí, a estrela do goleiro Jordan brilhou, garantindo a vaga para o Tricolor.

O jogo

##RECOMENDA##

O equilíbrio foi a tônica desde o início. Apesar de permitir que o Santa tivesse mais a posse de bola, o Afogados se fechava em duas linhas compactas e não permitia que os tricolores explorassem espaços. A dificuldade de criação era grande e a distância entre setores tornava o time coral espaçado e inofensivo. 

Só aos 24 minutos, em uma rara jogada pelo lado esquerdo, Madson cruzou e Pipico obrigou Léo a fazer uma boa defesa. Chiquinho também teve sua chance no fim do primeiro tempo, mas errou o alvo. A Coruja, apesar do bom esquema defensivo, também não conseguiu concluir em gol e o empate permaneceu.

O Santa voltou um pouco mais perigoso e criou duas boas chances logo nos primeiros 10 minutos. Mas as dificuldades da primeira etapa se repetiram e apesar de ter sido mais efetivo, o gol parecia distante.

O Afogados, ainda que tenha tentado com chutes de longe, pouco fez para buscar o tento e se preocupou mais em fechar ‘a casinha’, para não sofrer o gol que culminaria na eliminação do estadual. Com a Coruja cedendo campo, o Santa foi para cima, mais na vontade do que na técnica, mas foi incapaz de marcar e a decisão ficou para as cobranças de penalidades.

Pênaltis

O primeiro a bater foi Chiquinho que marcou. O Afogados quase para em Jordan, mas fez o primeiro. Em seguida veio Karl, que também converteu, assim como o Cal do Afogados. Mas na 3ª batida do Santa, Augusto Cesar parou em Léo e a vantagem passou a a ser da Coruja. Arez, no entanto, acertou a trave e igualou tudo. Na sequência, França converteu para a Cobra Coral e Wendel Nery fez igual para a Coruja. 

Léo Gaúcho do Santa e Jordan do Afogados também converteram suas batidas. Adriano abriu as alternadas convertendo para o Tricolor. Na sua vez, o atacante Índio do Afogados parou no goleiro Jordan, que celebrou o avanço de fase da Cobra Coral que agora luta por uma vaga na final, contra o Náutico.

Ficha de jogo

Competição: Campeonato Pernambucano

Local: Arruda

Santa Cruz: Jordan; Digão (Karl), William Alves, Júnior Sergipano, Eduardo; Derley, Elicarlos (Augusto Cesar), Chiquinho; H. Bustamante (Adriano), Pipico (Léo Gaúcho), Madson (França). Tec. Bolívar

Afogados: Léo; Heverton, Arlan, Thalison (Wendel Nery), Gabriel; Dim (Lucas), Arez, Jordan, Vargas (Cal); Bravo (Janelson), Felipe (Índio). Téc. Sérgio China.

Arbitragem: Michelangelo Martins de Almeida Junior

Cartões amareloa: Felipe, Jordan Thalison, Dim, Vargas (AFO), Bustamante, Jordan (SAN)

Atual campeão pernambucano, o Salgueiro está na semifinal da competição e segue na luta pelo bicampeonato. No Cornélio de Barros, nesta quarta-feira (5), o Carcará bateu o Vera Cruz por 2 x 1 e se classificou para encarar o Sport na luta por uma vaga na final. 

Logo aos 30 segundos de jogo, Renato Henrique recebeu lançamento e marcou na saída do goleiro. Na segunda etapa, outro gol relâmpago, mas dessa vez do Vera Cruz. Com um minuto, Vitinho empatou de cabeça. O gol da vitória só veio aos 44 do segundo tempo. Dadinha achou Renato Henrique na área, que marcou novamente e deu números finais à partida.

##RECOMENDA##

O duelo entre Sport e Salgueiro, pelas semifinais, acontece na Ilha do Retiro, no próximo fim de semana. Quem vencer passa. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.

Dos seis classificados para a próxima fase do Campeonato Pernambucano, o Náutico, que já está na semifinal por ter sido o líder da primeira fase, tem a segunda defesa mais vazada. O que tem sido alvo de críticas por parte do treinador Hélio dos Anjos. E, de acordo com o lateral Hereda, a solução passa por treinar mais e ter uma concentração maior durante os jogos.

Com 11 gols sofridos na primeira fase, o Náutico, que tem o melhor ataque com 24 tentos, tem sofrido com o desequilíbrio entre os setores. "A gente pode melhorar, o professor cobra bastante isso da gente de fazer gol e não tomar gols e a gente vai trabalhar isso para tomar menos", ressaltou. "Temos que treinar mais, acho que às vezes falta um pouco de concentração na hora do jogo em alguns lances", completou. 

##RECOMENDA##

As quartas de final entre Santa e Afogados, de onde sai o adversário do Timba na semi, acontece nesta quarta, às 21h, e define o adversário do Timba. Apesar da possibilidade de ver o rival eliminado, Hereda garante que o elenco não tem preferência por adversário. "Não tem preferência, a gente está trabalhando independente do adversário, focado na gente. Vai ser um jogo bem difícil independente de quem seja", pontuou.

Anunciado pelo Criciúma na noite de terça-feira, um dia após deixar o comando do Próspera, o técnico Paulo Baier não escondeu a felicidade em encarar um novo desafio em sua carreira. Empolgado com o retorno ao clube de Criciúma (SC), onde se tornou ídolo como jogador, o treinador revelou o seu atual sentimento: "É um orgulho".

[@#video#@]

##RECOMENDA##

"Um novo desafio em minha carreira. Estamos prontos para o desafio que para mim e minha comissão técnica é mais especial. É um orgulho poder voltar a vestir esse escudo que tanto significa para minha vida. Obrigado, Criciúma, pela oportunidade. E vamos ao trabalho!", disse Paulo Baier, através de suas redes sociais.

Paulo Baier, de 46 anos, chega acompanhado do auxiliar-técnico Luciano Almeida e do preparador físico William Hauptman. A nova comissão técnica iniciou os trabalhos nesta quarta-feira, no CT Antenor Angeloni, em Criciúma. Ele chega com a missão de conduzir o time na Série C do Campeonato Brasileiro, após o doloroso rebaixamento no Campeonato Catarinense.

CARREIRA - Como atleta profissional, Paulo Baier defendeu as cores do Criciúma em três oportunidades. Entre 1997 e 1998, 2002 e 2003 e, depois, em 2014, com a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. Pelo clube de Santa Catarina atuou em 164 jogos, marcou 41 gols e foi campeão da Série B do Brasileiro, em 2002.

Além do Criciúma, Paulo Baier rodou por diversos times do Brasil: São Luiz-RS, Atlético-MG, Botafogo, América-MG, Pelotas-RS, Goiás, Palmeiras, Sport, Athletico-PR e Juventude.

Ele iniciou a sua trajetória como treinador há pouco tempo, mas já teve alguns bons trabalhos: no comando do Próspera conquistou a Série C do Catarinense, seu primeiro título como treinador. Após passagens por Brusque-SC e Toledo-PR, retornou ao clube de Criciúma na temporada passada, onde conquistou, de forma inédita, o título da segunda divisão do Estadual e garantiu a vaga para a elite.

O Campeonato Inglês, o mais rico do mundo, vai ter dois representantes na final da Liga dos Campeões, no dia 29, em Istambul. Nesta quarta-feira, o Chelsea derrotou o Real Madrid, por 2 a 0, em Londres, e se classificou para a decisão diante do Manchester City, vitorioso no duelo com o Paris Saint-Germain. No jogo de ida, em Madri, houve empate por 1 a 1.

O Chelsea, finalista em 2008 e campeão em 2012, vai disputar o principal troféu europeu pela terceira vez. O técnico Thomas Tuchel chega pela segunda vez na final - após ser vice na temporada passada pelo PSG, derrotado pelo Bayern de Munique - assim como o zagueiro Thiago Silva. Já o City, do técnico Pep Guardiola, vai jogar pela primeira vez pelo título.

##RECOMENDA##

O primeiro tempo começou com o Real com mais posse de bola. Chegou a ter 76%, mas tinha problemas para entrar na muito bem postada zaga do Chelsea. Com isso, a solução foi tentar os chutes de fora da área, com Kroos e Hazard, mas aí o obstáculo foi o goleiro Mendy, que mostrou segurança e fez linda defesa em arremate de Benzema.

O Chelsea, por sua vez, apesar de atuar em casa, aceitou ficar em seu campo, não teve tanto contato com a bola e preferiu usar os contra-ataques. Concentrou suas jogadas pelo lado esquerdo, com Chilwell e Mount conseguindo superar a marcação de Éder Militão e Vinicius Junior.

E foi exatamente desta forma que os ingleses abriram o placar, aos 28 minutos. Kanté tabelou com Werner e rolou para Havertz, que tentou a cavadinha, mas acertou o travessão. Werner, que já havia tido um gol anulado, só teve o trabalho de escorar para dentro do gol.

Com a vantagem, o Chelsea se fechou ainda mais e só foi importunado mais uma vez por Benzema, que, em bela cabeçada, viu Mendy fazer mais uma boa defesa, aos 35 minutos.

A segunda etapa começou e a esperada blitz do Real Madrid em busca de pelo menos o empate não ocorreu. Pior para o time espanhol, que viu o adversário perder quatro grandes chances de ampliar nos primeiros 15 minutos. Com um minuto, Havertz acertou o travessão. Aos 6, Thiago Silva ganhou de Sergio Ramos. Dois minutos depois, Mason Mount, livre, chutou por cima e, aos 13, Courtois "cresceu" diante de Havertz e evitou o segundo gol inglês.

O Real sentiu a dificuldade de enfrentar o Chelsea em casa, onde o time sofreu apenas um gol nos últimos dez jogos. A situação ficou ainda pior com o aumento do rendimento de Kanté, um motor no meio-campo londrino, principalmente após a entrada de Pulisic. Aos 30, Zidane apostou ao tirar Casemiro e colocar Rodrygo, deixando Hazard em campo, apesar do belga estar visivelmente fora de forma.

A aparente frieza de um time 13 vezes campeão, em 16 finais, na verdade mostrou uma fraqueza ofensiva muito grande do Real Madrid. O Chelsea forçou ainda mais a marcação no final e Kanté roubou mais uma bola e tocou para Pulisic cruzar na medida para Mount fazer 2 a 0. A vaga estava assegurada.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando