Esportes

| Futebol

Neste sábado (23), Pelé completa 81 anos de idade. Recentemente esteve internado por um mês para retirada de um tumor e segue se recuperando, agora em casa. Ao longo da carreira, Edson Arantes do Nascimento passou a colecionar momentos históricos, seja dentro dos gramados ou fora deles. Para muitos amantes do futebol e até mesmo para instituições esportivas, como a Federação Internacional de Futebol (FIFA), este é o maior jogador de todos os tempos. O título não é em vão, e por isso  o LeiaJá separou uma lista com os fatos mais impressionantes que provam o porquê Pelé é considerado o maior futebolista dentre todos.

A camisa 10 escolheu Pelé

##RECOMENDA##

A Copa do Mundo de 1958 aconteceu na Suécia e os responsáveis pela delegação brasileira esqueceram de enviar as numerações dos jogadores para a FIFA. A partir disso, a organização precisou redefinir o número de cada jogador, de modo aleatório, e a camisa 10 caiu justamente com Pelé. Após a campanha histórica do jogador de apenas 17 anos que marcou seis gols ao longo desta edição da Copa do Mundo, a camisa 10 passou a ser vestida justamente pelo melhor jogador do time. Grandes lendas do futebol são conhecidos pela icônica numeração, como Diego Maradona (1960 – 2020), Michel Platini e Roberto Baggio, fato que se deve ao rei do futebol.

O jogador acima das regras

Em 1968, quando Pelé já estava mais que consolidado no futebol, a Seleção Brasileira disputou uma partida amistosa contra  a seleção colombiana. O duelo aconteceu no Estádio El Campín, em Bogotá, que estava lotado para assistir mais uma performance de Pelé. Após uma confusão entre os jogadores, o árbitro Guillermo Velásquez resolveu expulsar o principal craque do Brasil, o que fez todo o estádio se revoltar e deixar o ambiente impossível de prosseguir com o jogo. Por conta disso, a federação local decidiu trocar o árbitro e o substituiu pelo bandeirinha. Após o retorno de Pelé, o jogo prosseguiu e a Seleção venceu por 4 a 2.

Símbolo contra o racismo

A grandeza de Pelé também se estabelece devido aos acontecimentos fora das quatro linhas e o fato de ser negro, o fez ser um símbolo na luta contra o racismo, preconceito que ainda existe nos dias de hoje, mas que possuía maiores dimensões no século passado. E assim, em meados dos anos 1950 surge o futebolista negro, considerado o maior de todos, que passa a ter seu nome ecoado em estádios lotados em todo o mundo. Vale lembrar que Pelé foi a primeira pessoa negra a ilustrar a capa de uma tradicional revista dos Estados Unidos, a Life Magazine. Além disso, o Rei também não sentia vergonha de sua cor, o que fez outros atletas a seguirem o modelo.

Interrupção de uma guerra

Entre os anos 1967 e 1970, dois grupos étnicos da Nigéria causaram um dos maiores conflitos da África no Século XX, que ficou conhecido como Guerra de Biafra e deixou mais de 2 milhões de mortos. Na época era muito comum haver excursões para outros países para disputar partidas amistosas, e assim aconteceu em 1969 com o Santos de Pelé. Para que o mini torneio pudesse ser realizado naquela região, o governo local decretou cessar-fogo, e assim, a equipe pôde competir com segurança no período que ficou no local. Após a realização dos jogos, em que Pelé foi artilheiro com oito gols, a equipe paulista retornou para o Brasil e o conflito recomeçou.

Revolução do futebol nos Estados Unidos

Já no final de sua carreira, em 1975, Pelé assinou contrato com o New York Cosmos, time dos Estados Unidos (EUA). A ida do rei do futebol para a América do Norte foi uma tentativa de despertar o interesse pelo futebol no país, e assim aconteceu. A média de público nos estádios antes da chegada de Pelé era cerca de 3 mil e após sua vinda passou a ser mais de 30 mil. Durante três anos, o rei jogou com outras lendas do futebol no time norte-americano, assim como o alemão Beckenbauer, o italiano Chinaglia, e Carlos Alberto Torres, o eterno “Capita”. Vale lembrar que a partir disso, o EUA voltou a disputar uma Copa do Mundo em 1990, e foi sede da competição em 1994.

 

 

Nesta segunda-feira (25), Palmeiras e Sport se enfrentam pela 28ª rodada do Brasileirão. O jogo ocorre no Allianz Parque, em São Paulo, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

O Verdão busca encostar de vez no líder Atlético Mineiro. Atualmente, a equipe Palestrina está na 3ª colocação, com 46 pontos. Por outro lado, o Sport está na 18ª posição da tabela, com 27 pontos. Os times vivem momentos distintos na competição e buscam pontuar para alcançar seus objetivos.

##RECOMENDA##

O Palmeiras se reencontrou com a vitória nas últimas rodadas. A equipe de Abel Ferreira venceu o Internacional e o Ceará. Apesar dos bons resultados, o time vê o líder Atlético Mineiro decolar na ponta da tabela. É esperado que cerca de 20 mil torcedores compareçam ao estádio para acompanhar o confronto.

O Leão conquistou dez pontos nas últimas cinco rodadas. Com isso, a equipe busca se afastar de vez da zona de rebaixamento. O Sport possui um bom aproveitamento diante do rival como visitante, em seis encontros a equipe pernambucana venceu três, empatou uma e perdeu duas.

A seleção brasileira se garante na Copa do Mundo do Catar com uma vitória sobre a Colômbia, na próxima rodada das Eliminatórias Sul-americanas. Nesta sexta-feira, a Conmebol definiu as datas e horários das 13ª e 14ª rodadas e o jogo mais aguardado pelos comandados de Tite, até então, será às 21h30 do dia 11 de novembro, na Neo Química Arena, em São Paulo.

O Brasil não perde faz 23 partidas e vem de 11 vitórias seguidas como mandante. Somar um triunfo diante dos colombianos será suficiente para não mais ser alcançado pela oponente, que seguiria com 16 pontos diante de 34 do esquadrão nacional, restando somente cinco rodadas - a equipe de Tite ainda tem um jogo a menos, com a Argentina, para ser remarcado.

##RECOMENDA##

O jogo do Brasil com a Colômbia fecha as partidas agendadas para o dia 11. A rodada 13 ainda terá, nesta data, Equador x Venezuela, às 16 horas, em Quito, a estreia de Guillermo Barros Schelotto no comando do Paraguai contra o Chile, às 20 horas, em Assunção, e Peru x Bolívia, às 21 horas, em Lima.

Depois de sofrer sete gols nos últimos dois confrontos, sendo quatro do Brasil e três da Argentina, e ver sua vaga bem ameaçada, o quinto colocado Uruguai, com 16 pontos, buscará reabilitação em clima de vingança contra a equipe de Messi em Montevidéu, dia 12, às 20 horas.

A 14ª rodada está agendada toda para o dia 16 de novembro. E vai reunir o tão esperado clássico entre Brasil x Argentina. Depois da polêmica em Itaquera, com suspensão do jogo com somente cinco minutos após quatro argentinos entrarem em campo impossibilitados pelas medidas de segurança do combate à covid-19 no País - Lo Celso, Romero, Martinez e Buendia deviam cumprir quarentena por virem da Inglaterra - o duelo terá seu segundo round em San Juan, às 20h30.

Completam a jornada 14: Bolívia x Uruguai, 16 horas, em La Paz; Colômbia x Paraguai, 18 horas, em Barranquilla; Venezuela x Peru, 19 horas, em Caracas, e Chile x Equador, 21h15, em Santiago.

O jovem Gustavo, cria da base do Sport que vem ganhando notoriedade no time principal na Série A, recebeu uma proposta do Metalist da Ucrânia na casa dos 11 milhões de reais. As informações foram trazidas a público pelo repórter Tharcys Michel, da Rádio Transamérica, nesta sexta-feira (22)

A proposta de 11,8 milhões de reais foi entendida como abaixo do valor do atleta pela diretoria do clube. Atualmente, o Sport é dono de 90% dos direitos econômicos do jogador e espera que uma proposta mais vantajosa chegue para o jogador até o fim da Série A.

##RECOMENDA##

Gustavo, que sempre foi muito pedido pela torcida do Sport, já participou de 31 jogos nesta temporada. Ele fez 1 gol e deu 3 assistências em 2021. O meia deve ser títular nesta segunda-feira, diante do Palmeiras.

Com a liberação da presença de torcida nos jogos de futebol profissional em Pernambuco, o governo estadual levou o programa Testa PE às cinco partidas realizadas no Estado até o momento. Ao todo, mais de 1,8 mil testes rápidos de antígenos foram feitos na população que circulou pelos estádios. 

O governo assegura que o Testa PE tem garantido, através das vans itinerantes, o cumprimento dos protocolos sanitários e, no próximo domingo (24), dia do embate decisivo entre Náutico X Vasco pela Série B do Campeonato Brasileiro, não será diferente.

##RECOMENDA##

Equipes do TestaPE estarão das 10h às 15h, no Estádio Eládio de Barros Carvalho, no bairro dos Aflitos, Zona Norte do Recife, disponíveis para testar torcedores, trabalhadores que atuarão na partida, assim como transeuntes que passarem pelo local e desejarem realizar o exame de teste rápido de antígeno.

Dos 1.857 realizados nos cinco jogos com presença de torcida, apenas 15 positivaram para a Covid-19. A Secretaria de Saúde diz que todos foram orientados sobre o isolamento a ser seguido. 

"Sabemos que o cenário da doença deve ser monitorado permanentemente para avaliação dos indicadores e tomada de decisões no Plano de Convivência e a testagem em massa, principalmente nesses locais onde sabemos que sempre haverá grande circulação de pessoas, é uma das iniciativas fundamentais no enfrentamento à pandemia", ressalta o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Retomada

De acordo com a flexibilização do Plano Retomada, as partidas de futebol em Pernambuco podem contar com 15% da capacidade do estádio. Além do controle no número de pessoas, também é realizado o controle vacinal. Do total de ingressos, 90% são destinados apenas para pessoas que já estão com o esquema vacinal completo - seja com a segunda dose ou com a vacina administrada em dose única. 

Os outros 10% dos ingressos devem ser vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

Confirmado como uma das estrelas do evento organizado pelo influencer Ney Silva, o ex-Real Madrid e Bayern de Munique, Zé Roberto, veio ao Recife nesta sexta-feira (23). A visita foi para acertar detalhes dos jogos que acontecem no Geraldão nos dias 7 e 8 de dezembro. Zé foi confirmado como embaixador do evento. 

Por enquanto, ele é o nome de maior peso confirmado para os eventos de 1x1, 2x2 e Jogo das Estrelas. Ele vai disputar o cinturão Lendários e desafiou jogadores com mais de 40 anos para um duelo. O ex-jogador também esteve na comunidade do Coque.

##RECOMENDA##

O ex-lateral Patrice Evra, da seleção francesa e que fez história no Manchester United, revelou em entrevista ao jornal The Times, nesta sexta-feira, que sofreu abuso sexual de um professor quando tinha somente 13 anos. O fato é detalhado na autobiografia de Evra, "I Love This Game."

"Tive vergonha de admitir que fui abusado sexualmente, mas não quero que outras crianças se sintam assim", disse, ao jornal. Atualmente com 40 anos, o ex-defensor revelou que, embora fosse bastante complicado falar sobre o caso em uma entrevista, foi ainda mais desafiador revelar os abusos sexuais para sua mãe, informada dos incidentes apenas há duas semanas em uma viagem para a França.

##RECOMENDA##

"Claro, ela ficou arrasada, foi um momento difícil para mim. Ainda tenho que contar a alguns de meus irmãos, irmãs e amigos íntimos", informou. "Não quero que as pessoas sintam pena, é uma situação difícil. Uma mãe não espera ouvir isso de seu próprio filho. Ela percebeu se algo estava errado e me perguntou por que eu não queria dormir na casa do professor. Só agora que eu tenho 40 anos é que eu disse a ela."

Evra revelou que a mãe ficou extremamente furiosa ao saber do ocorrido. "Foi um grande choque para ela, ficou com muita raiva", afirmou. "Ela disse que sentia muito e falou: 'você não deve colocar isso no seu livro, é particular, Patrice', mas é quando eu digo 'mãe, não é sobre mim, é sobre outras crianças', então ela disse ok, ela entendeu."

Evra não havia pensado em apresentar formalmente as acusações, mas sua mãe o encorajou a processar o autor do crime. O professor, de acordo com o francês, o tocou achando que ele dormia e, apesar de empurrá-lo para longe e ameaçar reagir com agressão, evitou revelar o caso por "vergonha".

"Foi difícil, mas também fiquei com medo, embora não pudesse mostrar a ele que o temia. Durou 10 ou 15 minutos, como uma luta. Ele não brincou e fez de tudo para tirar minhas calças", trará uma parte do livro.

Nesta sexta-feira (22), o técnico do Sport, Gustavo Florentín, não confirmou que jogará na vaga do suspenso Sander no jogo de segunda, no Allianz Parque, contra o Palmeiras. Segundo ele, a definição vai ficar para o dia anterior ao jogo. “Estamos treinando, estou observando tanto Chico, como Juba”, disse o comandante rubro-negro

Outra mudança em relação ao jogo contra o Santos é a possível volta de Hernanes. Poupado na última rodada, o meia deve retornar ao time em meio a crescida de rendimento do garoto Gustavo. Mas, de acordo com Florentín, mudar o jovem de posição não vai ser problema. 

##RECOMENDA##

 

“Gustavo pode jogar em uma outra função, é um jogador multifuncional. Ele não tem nenhum problema de jogar como meia, como ponta e temos mais variedades se tivermos Hernanes. Estamos vendo todas as alternativas e escolhemos a melhor que nos dê mais opção de jogo”, encerrou.

O técnico também explicou a mudança no horário dos treinos do clube. “Decidimos treinar de 17h para dar mais descanso ao grupo, sabendo que iríamos ter muito desgaste na nossa sequência de partidas. A ideia é que os atletas tenham mais descanso para chegar um pouco mais inteiros no treinamento de hoje”, explicou Florentin.

 O Sport  que tinha viagem programada para esse sábado (23), adiantou a ida a São Paulo para essa sexta-feira (22) e treina às 19:30 em Atibaia.  O duelo com o Palmeiras acontece às 21h30. O Sport adiantou a viagem e segue para São Paulo já nesta sexta-feira (22).

Paul Pogba é certamente uma das figuras mais carismáticas do futebol internacional. O meia da seleção francesa e do Manchester United, conhecido por esbanjar estilo dentro e fora de campo, agora surge com mais uma novidade: uma chuteira vegana. O calçado é um lançamento em parceria com a Adidas e a designer Stella McCartney - filha do ex-beatle Paul McCartney.

Segundo a Adidas, os materiais e componentes das chuteiras foram analisados para garantir que se adaptam aos padrões de qualidade do veganismo, prática de abstenção do consumo de produtos de origem animal. Apesar da mudança no material, o calçado está "preparado para a disputa do futebol de elite", de acordo com a empresa.

##RECOMENDA##

"É algo que nos aconteceu no meio da pandemia. Foi muito bom poder combinar o meu amor pelo futebol com a minha paixão pela moda. As chuteiras que criamos são únicas", acrescentou o jogador de futebol francês.

Ainda de acordo com a marca esportiva, os calçados buscam reduzir as emissões para a atmosfera durante a fabricação, além de serem parcialmente feitos de material reciclado. Outra novidade na peça é a ausência de cadarços. Pogba comentou, ainda, a felicidade em poder lançar a chuteira com Stella McCartney, de quem é fã. "A colaboração é particularmente especial para mim porque sempre fui um admirador do trabalho de Stella McCartney", acrescentou.

"Desde o início da minha colaboração com a Adidas, continuamos a ultrapassar os limites em roupas de alta moda e desempenho, por isso é incrivelmente empolgante expandir-se para o mundo do futebol com o atleta superstar Paul Pogba", comentou Stella.

Ao que tudo indica, Pogba deve fazer a estreia da sua nova chuteira no clássico contra o Liverpool, pela nona rodada do Campeonato Inglês, neste domingo, às 12h30 (de Brasília), no estádio Old Trafford, casa do Manchester United, em Manchester.

Dentro de campo, o Brasileirão se encaminha para ser um campeonato imunizado. Ainda que a vacinação contra a Covid-19 não seja uma exigência para a disputa da competição, um levantamento feito pelo Estadão com 17 dos 20 clubes da Série A mostra que mais de 97% dos jogadores receberam pelo menos uma dose da vacina contra o novo coronavírus. E, do total, quase 1/3 já está com o esquema vacinal completo.

Os números se baseiam em informações repassadas diretamente pelos clubes. Dos times que disputam a elite do Brasileirão, apenas Athletico-PR, Fluminense e Sport não retornaram os contatos da reportagem com os dados.

##RECOMENDA##

Entre as equipes que responderam ao levantamento, Juventude e Atlético-MG informaram já ter todo o elenco vacinado com as duas doses - o time mineiro tem uma única exceção no grupo de 32 atletas. Entre os treinadores, 15 já estão 100% imunizados, enquanto apenas um aguarda a segunda dose. Vale ressaltar que o América-MG, um dos times entrevistados, estava momentaneamente sem técnico durante a pesquisa.

A maior parte dos jogadores que disputam a Série A, contudo, tomou apenas a primeira dose. A explicação está no calendário nacional de vacinação, baseado em ordem decrescente de idade e com variações nos Estados. Como a maior parte dos jogadores tem menos de 30 anos, a imunização é mais recente.

O elenco atleticano, por sua vez, está com a vacinação completa e há mais tempo porque o clube aderiu à campanha de imunização oferecida pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) aos clubes que disputaram competições continentais este ano. Em abril, a entidade anunciou um acordo com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech para receber, em forma de doação, 50 mil doses da Sinovac.

De qualquer forma, o alto índice registrado na Série A chama a atenção, em especial se comparado a outras grandes ligas. Na Inglaterra, por exemplo, a Premier League encaminhou uma carta aos clubes no início do mês demonstrando preocupação pelo baixo número de imunização entre os jogadores - apenas sete dos 20 clubes tinham mais da metade de vacinados com a primeira dose.

Nos Estados Unidos, a NBA enfrenta problema semelhante, e algumas franquias estão barrando jogadores que se recusam a se imunizar. O caso mais emblemático é o do astro Kyrie Irving, armador do Brooklyn Nets. A equipe de Nova York afastou o jogador de 29 anos e anunciou que não vai oferecer uma extensão de contrato ao atleta. Por sua vez, Irving alega "liberdade individual" para não se vacinar. A liga norte-americana de basquete conta com 96% dos atletas vacinados, segundo Adam Silver, comissário da liga.

PROTEÇÃO - Os bons dados de imunização no Brasileirão ajudam a explicar o baixo índice de infectados pela Covid-19 na atual edição do campeonato. Não há números consolidados, mas os casos têm sido isolados e não têm impactado as equipes. Em comparação, na edição passada, nada menos do que 302 jogadores e 18 técnicos da Série A tiveram Covid-19. Treze das 20 equipes apresentaram surtos do novo coronavírus. O Palmeiras, por exemplo, chegou a ter mais de 20 integrantes da equipe principal infectados em único mês. E não foi o único. Os surtos pegaram times como Flamengo e Corinthians também.

Vice-presidente de Patrimônio e Administração do Internacional, Victor Grunberg afirma que a chegada da vacina foi essencial para a equipe gaúcha praticamente não registrar casos de Covid-19 no Brasileirão deste ano. Na edição passada, 17 integrantes do grupo colorado foram infectados, incluindo o ex-técnico Abel Braga. Todos os casos no futebol se apresentaram mais brandos, sem a necessidade de internações.

VACINA - "A vacina está sendo fundamental para nos mantermos sem casos no clube, mas a constante testagem de jogadores e colaboradores foi que permitiu atuarmos na prevenção constante de surtos e contágios", diz Grunberg. Desde o começo da pandemia, os times de futebol fazem testes a cada dois dias. Jogadores que quebravam o isolamento eram punidos, como ocorreu com Gabriel, do Flamengo, pego em um cassino em São Paulo, e Patrick de Paula, do Palmeiras, em um restaurante com a namorada.

Grunberg conta, ainda, que uma série de normas implementadas pela área de Segurança do Trabalho foram determinantes para o baixo número de contágios em todos os departamentos, especialmente no de futebol. "A conscientização dos protocolos ocorreram por cartazes, e-mails, vídeos internos e, principalmente, pelos constantes feedbacks do pessoal da Segurança no Trabalho".

A vacinação de jogadores é vista por especialistas como essencial para brecar a disseminação do coronavírus. "É uma forma de proteção para os atletas, mas também para toda a equipe que dá suporte ao time e à torcida. A gente olha o atleta num campo, vê que ele é gigantesco e que o atleta está distanciado, mas esquecemos que há toda uma equipe de preparação técnica que trabalha com ele no jogo e anteriormente ao jogo", lembrou Raphael Guimarães, que é pesquisador em Saúde Pública na Fiocruz.

Guimarães ainda ressalta outro ponto: o bom exemplo que um jogador vacinado passa para a torcida. "Saber que o atleta está vacinado, e ele dizer que está vacinado, dá à população uma mensagem positiva de que é necessário vacinar para combater a pandemia. Existem muitas teorias que falam sobre isso. A Teoria da Difusão mostra o quão representativo é você pegar uma pessoa de destaque, que é midiática, e o quanto que uma atitude dela representa numa mudança do comportamento da população como um todo", pontuou.

O Cruzeiro tem a chance de abrir dez pontos de diferença para a zona de rebaixamento e espantar quase que por completo o medo de queda na Série B do Campeonato Brasileiro. Mas para isso terá que passar por um complicado adversário. O Avaí luta pelo acesso e será o mandante do duelo desta sexta-feira (22), às 21h30, na Ressacada, em Florianópolis (SC), pela 31ª rodada.

Vindo de quatro jogos sem derrota após empatar por 0 a 0 com o Botafogo, o Cruzeiro chegou aos 39 pontos. O Avaí, por sua vez, não vence há duas rodadas e, derrotado pelo vice-lanterna Confiança por 3 a 1, está ameaçado de deixar o G4 - zona de acesso. "Os jogadores estão dentro de uma responsabilidade, se dedicando ao máximo. Eu estou muito satisfeito", disse Vanderlei Luxemburgo.

##RECOMENDA##

Avaí e Cruzeiro têm retrospecto equilibrado com três vitórias para cada lado e nove empates. No primeiro turno, os catarinenses venceram por 3 a 0 os mineiros fora de casa.

No Cruzeiro, Luxemburgo cumprirá suspensão e será substituído pelo auxiliar Maurício Copertino. Em relação ao time, o atacante Marcelo Moreno, após servir a seleção boliviana, volta e deve pegar a vaga de Vitor. O volante Adriano e o meia Giovanni receberam o terceiro cartão amarelo e estão fora.

Ariel Cabral, que volta de suspensão, assume a posição de Adriano. Claudinho, que poderia pegar a vaga de Giovanni, testou positivo para covid-19 e também está fora. Assim, Rafael Sobis deve ficar no ataque. Na defesa, Ramon volta de suspensão e toma o lugar de Léo Santos. Marcinho, Flávio, Norberto e Wellington Nem, recuperados de lesão, voltam a ficar à disposição e foram o leque de opções do técnico interino.

No Avaí, o técnico Claudinei Oliveira terá as voltas dos volantes Bruno Silva e Wesley, que cumpriram suspensão. Bruno deve pegar a vaga de Jadson. O time catarinense conta com o fator casa para obter um bom resultado. Em seus domínios, o Avaí ostenta oito vitórias, quatro empates e três derrotas. Como mandante, os catarinenses não perdem há quatro jogos - três vitórias e um empate.

"Seja verdadeiramente o décimo segundo jogador. Hoje em dia talvez uma das grandes dificuldades seja a saúde mental do jogador. Por isso, o incentivo não é só dentro de campo, mas fora dele, com mensagens positivas e de incentivo para chegarmos novamente a Série A", disse o executivo de futebol do Avaí, Felipe Ximenes.

GUARANI X CONFIANÇA - Em Campinas, às 19 horas, o Guarani receberá o Confiança para seguir na briga por uma vaga entre os quatro primeiros colocados. Sem perder há dois jogos após ter ficado no 2 a 2 com o CRB, o time paulista chegou aos 46 pontos.

O Confiança, por sua vez, até venceu as duas últimas partidas, mas segue na vice-lanterna. Depois de ter passado pelo Avaí (3 a 1), o clube sergipano alcançou os 28 pontos.

Neste fim de semana começam a ser disputados os jogos válidos pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O primeiro duelo acontece já neste sábado (23), entre Santos e América-MG na Vila Belmiro, a partir das 17h (horário de Brasília).

Ambos os times não possuem as melhores campanhas do torneio nacional, visto que estão com menos de 40% de aproveitamento em relação aos pontos disputados e por isso se encontram a poucos pontos da temida zona de rebaixamento.

##RECOMENDA##

Para o Santos, essa é mais uma oportunidade para tentar buscar uma vitória em casa com a ajuda da torcida, e espantar de vez o fantasma do rebaixamento, do qual está próximo, a apenas um ponto.

Assim, o comandante Fábio Carille vai precisar trazer uma formação que possa bater de frente contra o time mineiro, além de escalar novas peças no elenco, já que o zagueiro Wagner Leonardo está suspenso e não vai integrar o time.

Vale lembrar que a defesa é um dos pontos fracos no Santos, já que o time foi vazado em 32 ocasiões ao longo de 27 rodadas e mantém o saldo de gols em -9. O América-MG também possui o mesmo desempenho, e apesar de estar um pouco acima na tabela, o saldo de gols é o mesmo.

O Coelho terá Marlon à disposição. O lateral esquerdo é um dos jogadores mais regulares no time durante a campanha deste ano, e em entrevista coletiva afirmou que o duelo contra o Santos será importante para unir mais o grupo. “Confio que vamos conseguir um bom resultado sábado fora de casa”.

 

 

A escalada de violência de uma facção organizadam durante a pior temporada da história do Santa Cruz, também foi tema da entrevista coletiva concedida pelo agora presidente do clube, Marino Abreu, nesta quinta-feira (21), no Arruda. 

--> "Joaquim precisasa sair do furacão", diz Marino Abreu

##RECOMENDA##

--> Seis técnicos, fiascos e renúncias: o 2021 do Santa Cruz

Diretores deixando o cargo por ameaças, ataques ao escritório de advocacia do então vice-presidente, André Frutuoso, e por último uma invasão em campo após a eliminação na Copa do Nordeste que resultou em danos materiais. Ainda na Arena de Pernambuco foi registrada uma agressão a uma conselheira do clube.

Logo na chegada ao Arruda, para a coletiva, nossa equipe notou a presença de vários membros da organizada no local, causando um clima hostil. As portas do auditório precisaram inclusive ser trancadas. Diante disso, o novo presidente admitiu o temor de represálias.

“Não vou dizer para você que não estou com medo, a gente fica receoso, ninguém quer ser agredido”, disse Marino. Mas em relação a atitudes práticas que o clube poderia tomar para evitar novas cenas como as citadas na matéria, ele passou a responsabilidade ao estado e disse que isso se trata de segurança pública e não de uma obrigação do Santa Cruz.

“Infelizmente não tem como controlar a cidade do Recife, isso é mais uma questão de segurança pública do que o clube pode tomar uma ação efetiva que consiga impedir. A questão do escritório do André Frutuoso não foi no clube, não foi aqui dentro, a questão da invasão do gramado a gente tinha segurança no campo todinho, mas quando vem uma multidão eles só param com policia”, justificou.

"O segurança não tem arma, não tem equipamento de dispersão, a polícia quando tem algo desse tipo joga um spray de pimenta e encerra”, completou. Segundo ele, cabe ao clube pleitear junto às autoridades para que dê segurança não só ao Santa Cruz mas "à população como um todo”. 

Em coletiva de imprensa realizada no auditório do Arruda, nesta quinta-feira (21), o novo presidente interino do Santa Cruz, Marino Abreu, falou da expectativa no comando do clube e disse que o foco agora é a "paz". Provisoriamente, Marino vai comandar o clube por 30 dias.

"Meu trabalho nos 30 dias é dar um pouco de paz ao clube, a gente precisa de paz, mas isso não quer dizer que você não pode divergir de opinião. Paz é tranquilidade para trabalhar, tranquilidade para todo os funcionários do clube trabalhar sem medo. A gente perde muito tempo discutindo politíca e esquece de discutir o clube". 

##RECOMENDA##

Aos 32 anos, ele disse que "não esperava por isso" e lembrou que era o quarto na linha sucessória. Mas com Mário Godoy se afastando do cargo de presidente do conselho deliberativo (Marino era o vice) e com o vice executivo André Frutuoso repetindo o movimento, a "missão" acabou ficando com ele. 

"Meus 30 dias à frente do clube têm como a principal missão, tranquilizar", disse. "Joaquim precisava sair do olho do furacão", justificou. Eleito em fevereiro, Joaquim Barbosa se licenciou do cargo de presidente, por um mês, a partir desta quinta-feira.

"Santa Cruz chama a gente atende, não vou correr, estou aqui, estou na politíca do clube dentro do conselho há cinco anos e venho trabalhando internamente pelo clube", afirmou Marino. "É um trabalho dificíl, não é um fardo leve, mas é um fardo que me dá orgulho. Nunca imaginei nem nos meus melhores sonhos que fosse representar meu clube de coração", ressaltou. 

O Flamengo comemorou muito o empate por 2 a 2 conquistado nos acréscimos com o Athletico-PR, pelo duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil, em Curitiba, quarta-feira. Mas o clube trouxe um grande problema na bagagem. O artilheiro Gabriel Barbosa sofreu um entorse no tornozelo direito e pode ser desfalque nos próximos jogos. O clube confirmou a lesão, mas preferiu apenas informar o início do tratamento, sem estipular prazo de reabilitação.

No sábado, o Flamengo faz o clássico com o Fluminense, no Maracanã, pelo Brasileirão, e o centroavante já está fora. Para piorar, seu substituto, Pedro, ainda se ressente das dores no joelho após pancada no jogo diante do Juventude, há 10 dias. Renato Gaúcho já não vinha contando com Bruno Henrique, Arrascaeta e David Luiz, todos machucados.

##RECOMENDA##

"Após sofrer uma entorse no tornozelo direito no jogo de ontem (quarta-feira), o atleta Gabriel Barbosa iniciou tratamento no CT, nesta quinta-feira", revelou o Flamengo, sem dar mais detalhes sobre o problema.

A expectativa é que o inchaço no local e as dores que o fizeram ser substituído na Arena da Baixada diminuam. Renato Gaúcho nem pensa em ficar muito tempo sem Gabriel Barbosa com reta final de Copa do Brasil e decisão da Libertadores com o Palmeiras pela frente.

Faltam 37 dias para o duelo com os paulistas no Estádio Centenário de Montevidéu, no Uruguai. Entorse de tornozelo dura, em média, até 30 dias para ser tratada. Caso a lesão seja grave, Gabriel Barbosa terá poucos dias de preparação para a partida decisiva. O clube carioca trabalha, porém, para que ele volte bem antes.

No clássico com o Fluminense, os demais lesionados também seguem fora. Bruno Henrique é quem está em estágio mais avançado de recuperação e pode estar em campo na quarta-feira, em duelo de volta com o Athletico-PR. Arrascaeta e David Luiz são preparados para enfrentarem o Atlético-MG, dia 30, também no Maracanã.

Um jovem atleta de 23 anos de idade, formado nas categorias de base do Paysandu, foi assassinado a tiros, na manhã desta quinta-feira (21). Segundo informações do GE, o jogador Bruninho foi morto dentro de casa, no bairro do Curió Utinga, em Belém, no Pará.

Com passagens pelo Crato do Ceará e o Picos do Piauí, Bruninho chegou ao Papão em 2016 e era tido como uma promessa que poderia render bons frutos no futuro. Conhecido como Bruninho “Metralha” nos tempos de futsal, o jogador também disputava campeonatos amadores.

##RECOMENDA##

Segundo o GE, a Polícia Militar do Pará ainda não se posicionou sobre o crime e a motivação ainda é um mistério. Bruno chegou a ser socorrido pelo Samu e encaminhado para uma UPA, mas não resistiu.

O vice-presidente jurídico do Náutico, Bruno Becker, renunciou ao seu cargo nesta quinta-feira (21). Em comunicado feito pelo Instagram, ele confirmou a saída e agradeceu pelo período em que passou no clube.

O agora ex-vice jurídico ocupou o cargo por 22 meses, desde janeiro de 2020. O motivo da sua saída foram algumas divergências na escolha do candidato da situação do clube segundo disse Bruno, a reportagem do LeiaJá. O clube começa a se preparar para uma eleição e apesar de não confirmar que vai ser candidato ele explica que se 'houver consenso' ele estará a disposição para "concorrer ou apoiar".

##RECOMENDA##

Confira o comunicado de Bruno Becker: 

Hoje encerra-se meu ciclo na Vice-Presidência Jurídica do Náutico, função que muito me honra ter exercido. O sentimento de dever cumprido só não é maior que o desafio e o aprendizado durante esses últimos 22 meses. Agradeço ao Presidente Edno pela confiança e em nome de quem agradeço a todo o corpo diretivo, atletas, comissão técnica e funcionários do Clube. Agradeço também ao Presidente do Conselho Deliberativo, Dr. Alexandre Carneiro, pela indicação e a quem tive a honra de suceder e em nome de quem agradeço a todos os Conselheiros. Agradeço a toda a equipe do departamento jurídico pela dedicação diária, os verdadeiros responsáveis pelo sucesso do departamento.

Por fim, agradeço aos sócios e a torcida do Clube Náutico Capibaribe.

A temporada de Fred poderá ser encerrada neste fim de semana. O jogador do Fluminense sofreu nesta quinta-feira uma pesada denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por agressão. E corre o risco de levar um gancho de até 15 jogos, o que finalizaria de forma antecipada sua participação na temporada.

O jogador será julgado na sexta-feira da próxima semana, dia 29. Nesta data, o Flu terá pela frente 11 jogos pelo Brasileirão. Assim, Fred poderá ficar fora da reta final da temporada, em que a equipe carioca briga para conquistar uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

##RECOMENDA##

O experiente jogador foi denunciado por agressão e ato desleal contra Ronald, do Fortaleza, no dia 6 outubro, pela 24ª rodada. Naquela partida, quando o Flu já perdia por 2 a 0, o atacante acertou o pescoço do adversário, após tentativa do rival de lhe dar um "chapéu". Irritado, Fred ainda tentou erguer Ronaldo do chão o puxando pela camisa.

O jogador de 38 anos levou apenas o cartão amarelo naquele jogo, mas acabou sendo denunciado por prova de vídeo. "A Procuradoria ressalta que a produção da prova de vídeo é prevista no artigo 65 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o que justifica a presente denúncia, além de destacar que os atos praticados pelo denunciado Fred quase ocasionaram uma confusão generalizada no campo de jogo, sendo necessária a intervenção da arbitragem para conter os ânimos acirrados", informou o STJD.

Pela denúncia de agressão física, o atacante do Flu responde no artigo 254-A do CBJD, que prevê suspensão de quatro a 12 partidas. Já o ato desleal consta no artigo 250, com punição de uma a três partidas de gancho. No total, portanto, Fred poderia enfrentar uma suspensão de até 15 jogos.

No sábado, o Flu fará o clássico com o Flamengo no Maracanã, pela 28ª rodada. Fred é dúvida para este jogo porque ainda se recupera de uma fissura no dedo do pé esquerdo.

Zayn Ali, de apenas 5 anos, se tornou o jogador mais jovem da história a assinar com o Arsenal. O menino faz parte da categoria de base do clube inglês e já mostra grande habilidade, mesmo treinando com crianças mais velhas.

O pai de Zayn contou em entrevista à BBC que o filho demonstra mais inteligência do que o esperado para alguém de sua idade e que tem a bola como companheira desde cedo. "Eu percebi no momento que ele nasceu. Eu lembro que a enfermeira o colocou de bruços e ele, literalmente, levantou a cabeça e começou a olhar ao redor. Até ela ficou chocada", disse.

##RECOMENDA##

"Ele era mais rápido, tinha melhor disposição em campo, batia e tocava a bola muito melhor que os outros", conta o treinador Austin Schofield, que descobriu o menino. Stephen Deans, olheiro do Arsenal, que está na 12ª colocação do Campeonato Inglês, foi o responsável por levar Zayn para a pré-academia do clube. "Esse menino está fazendo algo que ele não deveria estar fazendo. O jeito que ele chuta a bola, era muito preciso para alguém de sua idade", contou Deans.

Como toda criança, Zayn lida com a situação brincando e não está muito preocupado com a pressão criada por outros. "Gosto de vestir a camisa e jogar com os meninos maiores", afirmou. Além de jogar com meninos de sua idade, ele também enfrenta garotos dos 7 aos 9 anos.

Quando assinou com o Arsenal, o menino ainda tinha 4 anos. Ele, que declarou que o clube de Londres é seu favorito, comemorou seu aniversário de cinco anos há uma semana. O tema da festa: o Paris Saint-Germain. Outras grandes equipes europeias já procuraram a família de Zayn para tentar contratar o próximo talento do futebol, mas por enquanto, o menino segue em Londres.

Veja os "melhores momentos" de Zayn em setembro:

[@#video#@]

As turbulências do ano de 2021 no Santa Cruz não acabam mais. De uma eleição com forte apoio dos torcedores até uma série fracasso nas competições disputadas, Joaquim Bezerra resolveu se licenciar do cargo de presidente do tricolor pernambucano. Não foi o primeiro a abrir mão do cargo durante a gestão que já levou o clube de volta à série D e segue colecionando fiascos dentro das quatro linhas.

Eleita como oposição à gestão de Constantino Júnior – que não se candidatou a reeleição - a chapa Pró-Santa prometeu traçar a nova ascensão do Santa Cruz, corrigindo erros da gestão anterior. Joaquim Bezerra se candidatou e com forte apoio torcedores foi eleito para o triênio 2021-2023 com 64% dos votos válidos no dia 11 de fevereiro.

##RECOMENDA##

Com Joaquim Bezerra no comando, foram 6 técnicos, 4 eliminações precoces e inúmeras contratações que não renderam positivamente ao clube. Somando tudo, o resultado é uma relação destruída da nova diretoria com a torcida.

Muitos técnicos. Nenhum resultado positivo

Um dos erros que mais pesaram na má gestão tricolor foi a constante mudança de treinadores na temporada, sendo seis ao todo.

O ano começou com Marcelo Martelotte que, após Bezerra assumir a gestão do clube, foi substituído por João Brigatti.

Brigatti foi demitido no dia 11 de abril após a última partida da Copa do Nordeste, onde o Santa Cruz foi lanterna, conquistando apenas três pontos em oito partidas.

Na sequência, Alexandre Gallo assumiu, elogiando o processo que tinha sido feito para contratá-lo, mas ficou apenas 12 dias e comandou o clube em três partidas. Na sua demissão, criticou a falta de investimentos e a gestão da equipe, apontando amadorismo.

O quarto da lista de treinadores tricolores foi o ex-zagueiro Bolívar, que não conseguiu bom início na série C e foi substituído por Roberto Fernandes, outro que não recuperou o futebol da equipe e acabou rebaixado à série D.

Leston Júnior foi contratado há cerca de 20 dias para remontar a equipe e disputar a eliminatória da Copa do Nordeste de 2022, mas acabou derrotado nos pênaltis pelo Floresta-CE após empate de 3 a 3 no tempo normal, tirando mais uma fonte de renda do clube para o próximo ano.

Vale salientar que Leston pediu três reforços e vinha treinando com os atletas contando com eles para o confronto diante do Floresta. Mas de última hora foi informado que não teria os jogadores á disposição por "insegurança jurídica", ou seja, o clube contratou sem saber se poderia utilizá-los na competição.

Dirigentes desistem antes do término do mandato

A licença de Joaquim Bezerra sacramenta um ano conturbado e que provocou diversas desistências de dirigentes eleitos na chapa que comanda o clube.

Marino de Abreu, que assume o clube interinamente, ocupava a cadeira de presidente do Conselho Deliberativo, que já havia assumido após a saída de Mário Godoy, que alegou estar sendo ameaçado pela torcida e renunciou no dia 19 de julho.

Poucos dias depois, as ameaças se tornaram reais e o escritório de advocacia do vice-presidente executivo foi depredado por integrantes de torcidas organizadas. André Frutuoso não se sentiu mais confortável em ser um dos pilares da gestão do clube e anunciou seu afastamento no dia 28 de julho.

Com colaboração e supervisão de Pedro Oliveira

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando