Carreiras

| Empregos

No próximo sábado (23) é celebrado o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira (FAB), data instituída pela Lei nº 218, de 4 de julho de 1936, que presta uma homenagem ao primeiro voo realizado pelo aeronauta e inventor brasileiro Santos Dumont (1873-1932), por meio da aeronave 14-Bis, também conhecido como Oiseau de Proie.

A data também presta homenagem a todos os pilotos que se aventuram pelos ares e auxiliam muitos passageiros a chegarem em seus destinos de maneira rápida e segura, como é o caso do piloto de Boeing 737, Rafael Teixeira Scantamburlo, 39 anos, de São José dos Campos.

##RECOMENDA##

Scantamburlo iniciou sua carreira como controlador de tráfego aéreo e ele conta que a aviação sempre foi uma atividade que o inspirou. Além disso, seu pai trabalhava como mecânico na FAB. “Hoje trabalho como piloto em uma grande companhia aérea do país. Já são quase 20 anos e parece que foi ontem. Fazer o que gosta torna o trabalho um passatempo remunerado, mesmo com todas as responsabilidades envolvida nas operações aéreas”, comentou.

Durante toda a carreira de Scantamburlo, muitos foram os desafios que o envolveram na profissão de aviador mas, para ele, o maior deles é seguir todos os procedimentos e ser cauteloso com os detalhes da operação. “Isso também torna o trabalho mais fácil”, afirma.

A adrenalina presente na viagem aos ares também vem acompanhada do medo, que segundo Scantamburlo, é o que impõe limites. “Sugiro nunca voarem com um piloto que não tem medo. A aviação me ensinou a lidar com os medos e usar a habilidade e o treinamento para superar os desafios do dia-a-dia”, destaca.

Dicas para futuros pilotos

Aos que desejam se aventurar pelos céus, o primeiro passo é buscar por uma escola de aviação ou aeroclube para realizar a parte teórica e prática do curso, como indica o piloto privado de avião, bacharel em ciências aeronáuticas, mestre em Meteorologia; professor no Centro Universitário Universus Veritas (Univeritas)e  diretor e fundador da Companhia das Asas Escola de Aviação Civil, Marcos Paulo de Souza.

Segundo Souza, o aluno precisará primeiro realizar o curso de piloto privado e, após a conclusão das partes teóricas e práticas, será possível iniciar um curso de piloto comercial. “Por meio de uma busca no site da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o aluno poderá conferir quais instituições de ensino são homologadas para oferecer tais cursos”, explica.

Souza destaca que é fundamental dominar o idioma inglês, pois tanto pilotos da aviação comercial, como pilotos da aviação executiva que viajam para o exterior, são submetidos ao exame Santos Dumont English Assessment (SDEA), popularmente conhecido como teste da Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO). “É necessário alcançar no mínimo o nível 4, que tem o nível máximo de 6”, pontua.

De acordo com Souza, a formação superior não é uma exigência, mas é um diferencial para se destacar em processos seletivos.

O início da semana para os pernambucanos que estão em busca de recolocação ou uma nova oportunidade de trabalho vem acompanhada pelo quantitativo de 463 postos de emprego oferecidos pelas Agências do Trabalho do Estado, na próxima segunda-feira (25). Deste total de vagas, 18 são exclusivas para pessoas com deficiência (PCD), que estão distribuídas nas cidades de Caruaru, Goiana, Ipojuca, Petrolina e Recife.

A maioria das oportunidades do quadro de vagas está concentrada na capital pernambucana, 174 ao todo, nas funções de vendedor pracista (65), montador de móveis de madeira (20), entre outras. Além do Recife, há empregos nos municípios Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Goiana, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paudalho, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, Santa Cruz do Capibaribe, São Lourenço da Mata, Serra Talhada e Vitória de Santo Antão.

##RECOMENDA##

Para quem está em busca de um trabalho temporário, as Agências do Trabalho reúnem 57 oportunidades, 50 delas no Cabo de Santo Agostinho para o cargo de auxiliar operacional de logística, cuja remuneração é de R$ 1308. Confira outros postos de trabalho no quadro de vagas.

As trabalhadores e os trabalhadores que desejam participar do processo seletivo devem realizar pré-agendamento, antes de comparecer a uma agência do Estado, por meio do site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq).

*Por Thaynara Andrade

Nesta sexta-feira (22), a Polícia Civil de Imbé, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul (RS), confirmou ser de responsabilidade de uma funcionária de uma rede de farmácias o áudio que circula nas redes sociais contendo orientações discriminatórias para a contratação de novos funcionários. O delegado Antônio Carlos Ractz informou que a suspeita ainda não foi localizada para depoimento.

##RECOMENDA##

A mulher seria coordenadora das farmácias da rede no Litoral Norte do RS, e no material define uma série de critérios preconceituosos e ofensivos para a seleção de novos membros para a equipe. Segundo a funcionária, devem ser evitadas pessoas gordas, que possuem tatuagens, feias e pessoas que sejam pertencentes à comunidade LGBTQIA+.

Após a divulgação do áudio, a rede de farmácias São João foi apontada como a empresa responsável. Em nota divulgada na última segunda-feira (18), a empresa afirmou que as informações eram falsas e se tratava de uma fake news. Todavia, em um novo comunicado publicado nesta sexta-feira (22), a rede de farmácias confirmou a mensagem após apurar o caso em uma sindicância interna. Segundo a empresa, este foi um ato isolado e a funcionária já teve contrato rescindido.

*Por Thaynara Andrade

Com a pandemia de Covid-19, a sociedade teve que buscar alternativas para evitar a disseminação do novo vírus. No mundo do trabalho, o caminho mais viável foi a adoção do modelo home office, em que diversas empresas precisaram seguir com suas atividades a distância. Todavia, mesmo hoje, com 50% da população adulta totalmente vacinada no Brasil, muitas empresas, depois desse período de adaptação, estão cogitando seguir com suas atividades nesse modelo, ou até mesmo implementar um sistema híbrido de trabalho. Mas, dentro da legislação isso é possível?

##RECOMENDA##

Segundo Cristine Yara Guimarães, gerente de Recursos Humanos da Confirp Consultoria Contábil, essa decisão envolve questões mais complexas do que apenas a escolha da empresa em permitir a alternância entre trabalho home office e presencial, é preciso se atentar a legislação trabalhista:

"Um primeiro entendimento que o empresário precisa ter é que a legislação não menciona possibilidade de trabalho híbrido (parte home office e parte presencial), porém as empresas têm praticado essa modalidade em comum acordo com os colaboradores. Mas, é preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que o trabalhador pode ficar em até 25% da carga horária em home office, desde que os acordos estejam determinados em contrato de trabalho acordado por ambos", explica a gerente da Confirp.

Ela conta que como não existe uma legislação específica aprovada sobre o tema, o ideal é que as empresas não adotem o modelo híbrido sem buscar respaldo jurídico. A gerente de RH acredita que esse modelo será o futuro do trabalho. A partir do momento que as empresas conseguirem o apoio da lei, o ideal é adotar o home office em 25% da carga horária dos colaboradores.

A empresa que decidir pela opção de modelo híbrido ou totalmente home office deve deixar isso bastante claro nas documentações. Lembrando que para adotar a modalidade home office é indispensável constar essa relação trabalhista no contrato individual de trabalho, que especificará as atividades que serão realizadas pelo empregado (pode ser elaborado termo aditivo de contrato de trabalho, por exemplo).

"Empresa e colaborador normalmente negociam essa questão e os colaboradores em home office têm os mesmos direitos que o trabalhador que executa seu trabalho na empresa (exceto vale transporte), sendo sujeitos a carga horária e subordinação.”, explica Cristine.

Outro alerta de Cristine Yara é que as empresas devem resguardar, seja no modelo híbrido ou no home office, a preocupação com a medicina do trabalho. "Os laudos NR 17 (ergonomia) e PPRA são de extrema importância para garantir que o colaborador trabalhe em segurança, não correndo o risco de sofrer nenhum tipo de acidente de trabalho ou doença ocupacional".

Por fim, mais um ponto importante é que a empresa não possui obrigação de arcar com custos de (água, luz, telefone, e internet) e nem estrutura (mesa, cadeira, computador). A legislação dá abertura para negociações dessas despesas devido a dificuldade de mensuração dos custos que o colaborador terá ao transferir suas atividades para o ambiente domiciliar. Caso seja decidido esse apoio financeiro, é preciso que os acordos sejam especificados em contrato de trabalho.

As Agências do Trabalho em Pernambuco dispõem de 618 vagas de emprego nesta sexta-feira (22), sendo 534 disponíveis para ampla concorrência, 20 para pessoas com deficiência (PcD) e 64 para contratação temporária. Dos municípios listados, se destacam Recife, com 218 oportunidades, Ipojuca, com 113 e Cabo de Santo Agostinho, com 74.

No interior, os municípios que mais ofertam vagas são Caruaru, com 33, Araripina, com 27, e Santa Cruz do Capibaribe, com 18. Ainda há postos disponíveis para candidatura em Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Camaragibe, Garanhuns, Goiana, Igarassu, Nazaré da Mata, Palmares,  Paudalho, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, São Lourenço, Serra Talhada e Vitória.

##RECOMENDA##

Os cargos com as melhores remunerações são para técnico em segurança do trabalho, em Goiana, com vencimentos de R$ 3 mil, em que é preciso comprovar ensino completo e seis meses de experiência na área; e chef de cozinha no Recife, com mesmo salário, mas podendo possuir ensino médio incompleto.

As 20 oportunidades para pessoas com deficiência estão distribuídas nos municípios de Caruaru, Ipojuca, Paulista, Petrolina e Recife, enquanto que as 64 vagas para contratação temporária estão localizadas no Cabo, Camaragibe, Paudalho e na capital.

Para visitar uma unidade da Agência do Trabalho, é preciso realizar agendamento no site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq), como forma de evitar aglomerações nos locais, protegendo as pessoas da Covid-19. A marcação também pode ser feita pelo SINE FÁCIL, disponível em lojas de aplicativo para celular. É preciso, no entanto, fazer o primeiro acesso com o QR code ou senha, disponibilizados presencialmente em uma agência.

O Guia Salarial 2022 da Robert Half, estudo que apresenta as principais tendências de recrutamento, setores em alta, habilidades técnicas e comportamentais, lançou os resultados apurados em meio a contexto pandêmico atual. O levantamento analisa as áreas de engenharia, finanças e contabilidade, jurídico, mercado financeiro, recursos humanos, seguros, tecnologia e vendas e marketing, 

Para o diretor-geral da Robert Half na América do Sul, Fernando Mantovani, apesar de estarmos num momento de aquecimento no mercado, não devemos observar grandes mudanças salariais no próximo ano. “Estamos passando por um período de aquecimento do mercado e retomada dos negócios. Notamos que o foco das empresas está nos novos modelos de trabalho e seus impactos no mundo pós-pandemia. Para o próximo ano, porém, não devemos observar mudanças gritantes nos salários, já que as companhias ainda estão atentas ao impacto da Covid-19 na economia”, pondera Mantovani, segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa.

##RECOMENDA##

O estudou apontou que as indústrias que lideram as contratações são tecnologia, bens de consumo, varejo, agronegócio e logística (destaque, também, para as startups de diferentes segmentos). Já quando se trata de “Soft Skills”, ou características que vão além das habilidades técnicas, as mais valorizadas são comunicação, adaptabilidade, flexibilidade, perfil analítico/visão estratégica, senso de dono/visão do negócio.

Quando se trata de recrutamento, a pesquisa afirma que “é hora de olhar para dentro de casa e valorizar os profissionais internos”. Do total, 69% dos recrutadores apontaram que será cada vez mais difícil encontrar colaboradores qualificados. Esse quadro pede que as empresas reavaliem seus pacotes de remuneração e benefícios para que possam atrair novos talentos do mercado. A pesquisa também apontou que 49%, quase metade dos executivos, estão com receio de perder algum profissional chave no próximo ano, e os principais motivos são: abordagem mais agressiva da concorrência, aumento da pressão por resultados e insatisfação com o salário.

A modalidade de trabalho remoto transformou o mercado com possibilidades sem fronteiras. 91% dos profissionais afirmaram que trabalhariam remotamente para empresas tanto de outras cidades como para fora Brasil. Para Fernando Mantovani, essa é uma tendência que várias companhias, onde é viável o modelo, estão aderindo. “A projeção dessa tendência dependerá de como as empresas vão definir seus modelos de trabalho em um mundo pós-pandemia, mas podemos dizer que o mercado de trabalho caminha para um modelo híbrido nos segmentos e áreas em que essa modalidade é viável”, ressalta o diretor-geral da Robert Half.

O modelo híbrido se tornou o mais desejado entre funcionários, atualmente por valorizar as horas de trabalho flexíveis e as medidas de desemprenho baseadas em realização de objetivos. Entre os colaboradores, 63% afirmaram que preferem trabalhar de casa e 38% declaram que procurariam um novo emprego se a empresa não ofertasse, ao menos, a opção parcialmente remota.

Com o avanço da vacinação, cresce também a procura por capital humano por parte das empresas. O diretor-geral da Robert Half na América do Sul recomenda aos gestores a fazer o possível para manter seus melhores profissionais: “As companhias que foram capazes de se reinventar desde o início da pandemia saem em vantagem nesse momento de retomada. Muitas já voltaram a contratar, outras estão se organizando para retomar com força no ano próximo ano”, comenta Mantovani.

“Reitero que as pessoas são o bem mais valioso de qualquer organização. Por isso, a recomendação que faço aos gestores é de buscar reter seus melhores profissionais para não correr o risco de eles encontrarem a valorização e o acolhimento em outras empresas”, conclui. Confira os cargos, habilidades comportamentais e técnicas, assim como certificações mais exigidas e perspectivas de remuneração por área apontados pelo estudo:

Engenharia

Indústrias que lideram as contratações:

Saúde, Bens de consumo, Tecnologia / Logística, Infraestrutura, Mineração

Profissionais mais procurados:

Gerente de Supply Chain, Comprador, Engenheiro de Aplicação/Vendas, Gerente de projetos/PMO,

 Gerente de vendas técnicas, Coordenador de planejamento, Coordenador de Customer Service, Engenheiro de QSMS, Engenheiro de Produção/Processos

Habilidades técnicas:

 Idiomas, Domínio de sistema de gestão integrada, Tech skills, Inovação, Visão de negócios, Sustentabilidade

Habilidades comportamentais:

Perfil analítico, Facilitador, Equilíbrio emocional, Comunicação, Adaptabilidade

Carreiras do futuro:

Piloto de drone, Engenheiro de georreferenciamento, Engenheiro de dados, Engenheiro de inovação

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Gerente de Supply Chain: P/M - 17.100 | 22.000 | 27.500; G - 21.700 | 28.000 | 34.900

Coordenador de Customer Service: P/M - 6.200 | 8.000 | 10.000; G - 7.800 | 10.000 | 12.500

Engenheiro de Aplicação/Vendas: P/M - 5.400 | 7.000 | 8.800; G - 7.800 | 10.000 | 12.500

Engenheiro de Produção/Processos: P/M - 4.700 | 6.000 | 7.500; G - 7.000 | 9.000 | 11.300

Finanças e contabilidade 

Indústrias que lideram as contratações:

 Tecnologia, E-commerce, Agronegócio, Logística, Infraestrutura, Farmacêutica/Healthcare, Bens de consumo 

Áreas mais demandadas:

M&A/RI/Tesouraria Estruturada, Controller, Contábil/Fiscal, Planejamento Financeiro/Controladoria, Tesouraria/Financeiro

Habilidades técnicas:

Automatização de processos, Excel e BI, Modelagem financeira e valuation, ERP de mercado

Habilidades comportamentais:

 Flexibilidade, Adaptabilidade, Dinamismo, Resiliência, Comunicação 

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Analista de M&A/RI/Tesouraria Estruturada Pleno: P/M - 6.000 | 7.000 | 7.900; G - 6.950 | 8.000 | 9.450

Controller: P/M - 15.150 | 18.700 | 22.700; G - 22.850 | 28.500 | 35.150 

Coordenador de Planejamento/Controladoria: P/M - 9.350 | 12.000 | 14.250; G - 12.650 | 15.000 | 18.450

Analista Contábil/Fiscal Sênior: P/M - 5.350 | 7.000 | 8.050; G - 7.400 | 9.000 | 10.050

Jurídico

Indústrias que lideram as contratações:

 Tecnologia, Varejo/E-commerce, Serviços, Bens de Consumo, Agronegócios

Posições mais demandadas:

Para escritórios - Advogados especialistas em operações de M&A (pleno e sênior), Advogados de Societário

 e Contratos (pleno e sênior), Advogados de Consultivo Tributário (pleno e sênior), Advogados de Contencioso Cível (pleno e sênior) / Para empresas - Advogados generalistas (pleno a diretor), Advogados especializados em contratos (pleno), Advogados de compliance

Habilidades técnicas:

 Visão preventiva, Visão analítica, Inglês fluente, Perfil inovador, Habilidades híbridas aplicadas à área

Habilidades comportamentais:

 Visão de negócio, Adaptação/Flexibilidade, Agilidade, Resiliência/Inteligência emocional, Comunicação/Gerenciamento de conflitos, Senso de dono/Responsabilidade

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Advogado Empresarial/M&A Sênior: P - 10.700 13.000 15.700; M - 14.800 | 18.000 | 21.750; G - 16.450 | 20.000 | 24.150

Advogado Consultivo Tributário Pleno: P - 7.400 | 9.000 | 10.850; M - 9.450 | 11.500 | 13.850 G - 9.850 | 12.000

 | 14.450

Advogado Contencioso Cível Sênior: P - 9.850 12.000 14.500 | M - 11.550 | 14.000 | 16.900; G - 12.300 | 15.000 |

 18.050

Advogado de compliance Pleno: M - 8.235 | 10.000 | 12.059; G - 9.050 | 11.000 | 13.300

Mercado financeiro

Indústrias que lideram as contratações:

Fundos de Private Equity, Assets, Bancos de Investimentos, Meios de Pagamentos, Fintechs

Posições mais demandadas:

 RM Private, M&A (analistas/associados/vp), Crédito corporate (analistas/especialistas), Finanças (diretores/gerentes), Profissionais de áreas regulatórias (analistas/especialistas/gerentes/diretores), Equity Research (analistas)

Habilidades técnicas:

Análise estratégica, Novas tecnologias, Idiomas

Certificações mais exigidas:

 CFA, CGA, CFP, Ancord

Habilidades comportamentais:

 Flexibilidade, Adaptabilidade, Senso de dono, Comunicação

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Analista de Equity Research: 14.550 | 18.000 | 22.200

Analista de Fusões e Aquisições: 12.250 | 15.200 | 18.750

Analista de Compliance/Auditoria/Controles Internos: 11.300 | 14.000 | 17.300 

Gerente de Relacionamento Private: 21.000 | 26.000 | 32.100

Recursos humanos

Indústrias que lideram as contratações:

 Tecnologia e Telecom, Startups, Varejo, Bens de consumo, Serviços, Indústria

Posições mais demandadas:

Business Partner, Remuneração e Benefícios (analistas sênior/especialistas/coordenadores), Treinamento e

 Desenvolvimento (analistas sênior/especialistas/ coordenadores), Gerente generalista, Gerente com foco em desenvolvimento organizacional 

Habilidades técnicas:

 Programas de liderança, Estratégias de remuneração, Engajamento e ações de retenção dos profissionais, Inglês fluente, Estratégias de R&S

Habilidades comportamentais:

 Comunicação, Relacionamento interpessoal, Foco em soluções, Visão analítica, Visão de negócios; 

Profissões do futuro:

People Analytics, Change Management, Especialistas em DEI

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Gerente Business Partner: G - 19.600 | 23.000 | 25.950; 

Coordenador/Especialista de Remuneração e Benefícios: P/M - 9.800 | 11.500 | 12.950; G - 10.600 | 12.500 | 14.100 

Analista Sênior de Treinamento e Desenvolvimento: P/M - 6.400 | 7.500 | 8.400; G - 7.250 | 8.500 | 9.500;

Gerente de Recursos Humanos (P/M): P/M - 14.450

| 17.000 | 19.150; G - 19.600 | 23.000 | 25.950;

Seguros

Segmentos que lideram as contratações:

Operadoras de saúde, Seguradoras – grandes riscos, Corretoras, Insurtechs

Posições mais demandadas:

 Finanças (analistas e gerentes), Atuarial (analistas e especialistas), Comercial (gerentes), Produtos (analistas e gerentes)

Habilidades técnicas:

 Perfil multiproduto, Perfil comercial resiliente, Inglês fluente

Habilidades comportamentais:

Comunicação, Visão estratégica, Flexibilidade, Adaptabilidade

Algumas perspectivas de remuneração em 2022:

Analista de Inovação Digital: 8.300 | 11.200 | 12.500

Coordenador Atuarial: 10.400 | 13.000 | 14.600

Gerente de Produtos: 13.800 | 18.500 | 20.750

Analista de Finanças: 6.700 | 9.000 | 10.050

Tecnologia

Indústrias que lideram as contratações:

 Tecnologia, Mercado financeiro, Varejo, Startups, Logística

Posições mais demandadas:

 Desenvolvedor Front-End (sênior), Desenvolvedor Full Stack (pleno e sênior), Arquiteto de soluções, Tech Lead, Profissional de infraestrutura (analistas e coordenadores), Profissional de segurança da informação (especialistas a gerentes), Desenvolvedor Back-End

 (pleno e sênior), DeVops, Product Owner, Profissional de dados

Habilidades técnicas:

Para Desenvolvedores: Java, .net, phyton, react, angular, vue.js, Javascript, HTML, Kotlin, Flutter, Swift

 / Para Infraestrutura: Cloud, vmware, active directory, Windows server, VPN / Para Segurança da Informação: preventivo e gestão pós-ataque, conhecimento e adequação à LGPD, conhecimento da ISSO 270001, Metodologias ágeis, Inglês fluente

Certificações mais exigidas:

Infraestrutura: COBIT, CCPV / Redes: CCNA, CCNP, ITIL, CISCO/ Segurança: ISSO 270001, PCIDSS,

 CISSP, compPTIA/ Cloud: Azure, AWS, GoogleCloud

Habilidades comportamentais:

Comunicação, Autogerenciamento, Relacionamento interpessoal, Liderança, Flexibilidade

Habilidades comportamentais –

Visão de negócios, Comunicação, Relacionamento interpessoal, Agilidade e Inovação 

Profissões do futuro:

Desenvolvedor Front-End, Desenvolvedor Full Stack, Pentester, Arquiteto de Soluções, Machine Learning

Algumas perspectivas de remuneração em 2022:

Desenvolvedor Front-End Sênior: 11.550 | 15.000 | 19.350 

Desenvolvedor Full-Stack Pleno: 8.100 | 10.500 | 13.550 

Desenvolvedor Back-End Pleno: 6.900 | 9.000 | 11.600 

Especialista/Cientista de dados: 13.100 | 17.000 | 21.950

Gerente de Segurança da Informação: 20.050 | 26.000 | 33.550

Vendas e marketing

Indústrias que lideram as contratações:

Bens de consumo, Varejo, Tecnologia, Startups, Educação, Healthcare, Mídia e Publicidade, Agronegócio 

Posições mais demandadas:

Executivo de Contas, Coordenador de Marketing Digital, Gerente de e-commerce, Gerente de Marketing Digital,

 Analista de Marketing Digital, CRM-CX, Vendas internas, Gerente de Produtos Digitais, Analista de Marketing – Marketplace, Analista (CRO)/Martech

Habilidades técnicas:

Inglês, Gestão financeira/rentabilidade, Tech skills, Marketing digital, Funil de conversão

Habilidades comportamentais:

Comunicação, Equilíbrio emocional, Flexibilidade, Criatividade/Inovação, Teamwork

Profissões do futuro:

 Analista Martech, Líder Live streamer, Estrutura ligada a Produtos digitais

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Analista de Marketing Digital: P/M - 4.100 | 6.000 | 7.400; G - 6.200 | 9.000 | 11.000

CRM/CX: P/M - 3.100 | 4.500 | 5.600; G - 4.800 | 7.000 | 8.600 

Gerente de e-commerce: P/M - 9.700 | 14.000 | 17.200; G - 13.800 | 20.000 | 24.600

Analista de CRO/Martech: P/M - 4.800 7.000 8.600; G - 7.600 | 11.000 | 13.500

O avanço da vacinação contra a Covid-19 trouxe um clima de retorno à normalidade, após momentos críticos da crise sanitária no Brasil. Alguns Estados e municípios adotaram ações para reforçar a necessidade da imunização, entre elas, a apresentação do passaporte da vacina para frequentar alguns espaços.

Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a vacinação contra o novo coronavírus é obrigatória. No entanto, diante do fortalecimento de grupos anti vacinas e da disseminação de fake news sobre os imunizantes usados no país, uma parte da população se recusa a tomá-la. Neste cenário, o tema vacinação e trabalho entra no centro do debate. Afinal, a empresa pode obrigar os profissionais a tomar a vacina ou a recusa da imunização é passível de demissão?

##RECOMENDA##

De acordo com o advogado Gustavo Avellar, o empregador não pode obrigar os colabores a se imunizarem, entretanto, ele ressalta que a recusa por parte do empregado pode ser motivo de demissão por justa causa. “É responsabilidade do empregador oferecer um ambiente de trabalho seguro para seus funcionários. O direito do empregado à sua individualidade também deve ser respeitado, bem como o direito coletivo dos trabalhadores de conviverem em um ambiente saudável”, pontua.

“O trabalhador que recusa a vacina coloca em risco a segurança do local de trabalho e afeta o direito coletivo de todos os demais empregados. Para prevalecer o direito de todos, os trabalhadores devem apresentar a carteira de vacinação quando solicitado e podem receber uma advertência, suspensão e até ser demitido por justa causa se não cumprirem as normas instituídas para promover a segurança no ambiente de trabalho”, complementa Avellar.

Fazendo uma análise das possíveis exigências das seletivas neste período de retomada, o advogado expõe que o candidato que negou o imunizante pode sofrer consequências também. “Mesmo não existindo uma norma específica que trate do tema, o funcionário pode ser demitido por justa causa, já existem precedentes no Tribunal Superior do Trabalho. Até que um banco de dados para essa consulta seja disponibilizado, descartando a necessidade de apresentar o cartão de vacinação, as empresas podem continuar solicitando a carteira de vacinação da COVID -19 para seus funcionários e futuros contratados”.

Nesta quinta-feira (21), as Agências do Trabalho de Pernambuco oferecem 663 vagas de emprego em diversas áreas profissionais e cidades do Estado. A maioria das oportunidades estão reunidas nos municípios do Recife (202), Cabo de Santo Agostinho (147) e Ipojuca (120).

O quadro de vagas traz um quantitativo expressivo de postos de trabalho para as funções de auxiliar de logística (100), em caráter temporário, vendedor pracista (41) e montador de móveis de madeira (20). Além disso, há postos exclusivos para pessoas com deficiência (PCD) , 22 ao todo, para os cargos de auxiliar de linha de produção (6), recepcionista atendente (4), pintor de paredes (1), entre outros.

##RECOMENDA##

Os profissionais interessados em participar de alguma seletiva de emprego necessita, antes de comparecer a uma Agência do Trabalho, realizar agendamento prévio por meio do site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). Durante o atendimento presencial é obrigatório o uso de máscara.

A Amanco Wavin, empresa do segmento de tubos e conexões hidráulicas, em parceria com a ACNUR, agência da Organização das Nações Unidas (ONU), realiza o Projeto Além das Fronteiras. A iniciativa é destinada à contratação de refugiados e imigrantes que se encontram em situação de vulnerabilidade.

Iniciado em fevereiro de 2021, o projeto contratou 10 refugiados e imigrantes. De acordo com a organização, o planejamento é incluir na grade de funcionários sete profissionais.

##RECOMENDA##

"Esse é um projeto-piloto em fase de expansão. Vamos dar oportunidade para mais pessoas que precisam ser incluídas em nossa sociedade. Essa é uma urgência global e precisamos fazer a nossa parte", comenta, por meio da assessoria, Gláucia Faria, Coordenadora de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da Wavin no Brasil.

Além das oportunidades de emprego, a Amanco disponibiliza ao público-alvo cursos de língua portuguesa e outras formações que vão auxiliar na integração aos costumes e sociedade brasileira.

A União Europeia está com 400 mil vagas abertas para caminhoneiros, segundo o DailyMail. Por conta do déficit de profissionais da área, um motorista de caminhão pode receber cerca de R$ 403 mil por ano.

A Inglaterra é o país que concentra a segunda maior oferta de mão de obra, onde as oportunidades abertas chegam a 100 mil. Ainda de acordo com o jornal britânico, a deficiência no Reino Unido é tamanha que foi mobilizado cerca de 200 homens do Exército britânico para atender à demanda existente. O primeiro ministro Boris Johnson atribuiu o grande déficit à pandemia do Covid-19, e junto ao governo autorizou a concessão de 5 mil vistos temporários para caminhoneiros. Os trabalhadores receberão por mês algo em torno de R$ 32 mil mensais e poderão atuar por três meses.

##RECOMENDA##

Os dados são frutos de um estudo feito em agosto de 2021 pela consultoria especializada Transport Intelligence (TI). Segundo a coleta de dados, o país com maior oportunidade é a Polônia, com 124 mil vagas abertas, seguida por Reino Unido com 100 mil vagas, logo após vêm a Alemanha, com 60 mil postos, a França com 43 mil e, por fim, a Itália e Espanha com disponibilidade de 15 mil oportunidades para caminhoneiros.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) irá realizar um feira de talentos totalmente virtual e gratuita entre os dias 26 e 28 de outubro. A 2ª edição da Feira de Talentos Contrate.me traz cerca de 5 mil vagas de emprego e estágio neste ano. O evento, que tem como objetivo servir de ponte entre indústrias e pessoas, terá palestras ao vivo, capacitações profissionais, entre outros conteúdos. Para participar basta se cadastrar no Contrate.me.

O ambiente virtual irá dispor de auditório para realização de palestras, Espaço Carreira, pavilhão de empresas com estandes interativos, painel de vagas, lobby para networking e ambiente Senai. Nesta edição, o 1MiO, articulação pela juventude do Brasil que reúne Nações Unidas, empresas, sociedade cível e governos gerando oportunidades para jovens de 14 a 24 anos em situação de vulnerabilidade, contará com um estande com diversas atividades e oportunidades.

##RECOMENDA##

A partir do dia 26 será possível conferir toda a programação do evento no site do Portal da Indústria. Após o término do evento, a plataforma continuará disponibilizando oportunidades para os cadastrados.

Nesta quarta-feira (20), as Agências do Trabalho de Pernambuco reúnem 620 vagas de emprego. Mais uma vez, Recife é a cidade com maior concentração de oportunidades, 203 ao todo. Os municípios de Ipojuca e Caruaru também contam com uma quantidade expressiva de postos de trabalho, respectivamente 115 e 72.

O Estado também oferece um quantitativo de vagas exclusivas para pessoas com deficiência, que estão distribuídas em Caruaru, Garanhuns, Ipojuca e Recife. Além delas, há trabalho temporário na função de operador de empilhadeira, eletricista, empregado doméstico diarista e auxiliar de marceneiro, que exigem seis meses de experiência e escolaridade que varia entre médio completo e fundamental (completo e incompleto). Confira o quadro completo de vagas.

##RECOMENDA##

Os interessados em participar de algum processo seletivo devem realizar agendamento prévio, por meio do site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq), antes de comparecer, presencialmente, a uma Agência do Trabalho.

O Grupo Morada, empresa do ramo funerário, está com seleção aberta para o cargo de vendedora externa. São cinco vagas disponíveis, voltadas unicamente para mulheres, com atuação em Recife (PE). A empresa ainda oferece oportunidades na Paraíba, em Guarabira e João Pessoa. Para participar, não é preciso comprovar experiência prévia, mas ter conhecimentos em vendas e prospecção.

De acordo com Bruno Silva, coordenador de recrutamento e seleção do Grupo Morada, a iniciativa visa fazer a empresa atingir igualdade de cargos entre homens e mulheres. “Atualmente, no Grupo Morada, a diferença percentual entre o público masculino e feminino é de 9,6%. Temos o compromisso de contribuir para diminuir mais esta diferença buscando nos aproximarmos mais da realidade da população brasileira. Por isso, neste processo estamos direcionando vagas afirmativas para mulheres, como forma de trazer mais equidade de gênero entre os colaboradores. De modo geral, por se tratar de uma ação afirmativa iremos sempre ter esse olhar para as mulheres”, ele explica, segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa.

##RECOMENDA##

A vaga não exige pré-requisitos, mas é ideal que as candidatas tenham alguma experiência. “Pode ser uma venda de loja de shopping, de salão ou até informal mesmo, de feira ou de rua. O ideal é que a candidata tenha tido o mínimo de contato com negociação e vendas. Além de facilidade em empreender, autogestão do tempo e proatividade”, detalha Bruno Silva, ainda em nota.

O processo seletivo avalia as competências técnicas e comportamentais das candidatas e é feito em quatro etapas, sendo a primeira uma análise curricular. Em seguida, as selecionadas participam de um encontro on-line e outro presencial, com entrevistas e dinâmicas, além de entrevista técnica com o setor comercial.

Além do salário fixo, as funcionárias terão acesso a comissão por venda, vale refeição ou vale alimentação, vale transporte e, após a efetivação, plano de saúde. Para se candidatar, basta acessar o site de recrutamento da empresa.

O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT6) aprovou um decreto que autoriza, a partir da próxima segunda-feira (25), a entrada em suas unidades no Estado apenas mediante a apresentação do comprovante atualizado de vacinação contra a Covid-19. O decreto, aprovado na última segunda-feira (18), também permite o atendimento das Varas do Trabalho ao público sem a obrigação do agendamento prévio.

De acordo com o Ato Conjunto 18/2021, é válido apresentar o certificado emitido pelo aplicativo Conecte SUS ou o cartão de vacina impresso. O órgão explicita que será observado o cronograma de vacinação de cada município.

##RECOMENDA##

A votação foi feita em favor da decisão levando com consideração os protocolos firmados pelo Governo do Estado de Pernambuco, além dos altos índices de pessoas vacinadas. Também foi destacada a Recomendação nº 101 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), acerca da necessidade de garantir aos excluídos digitais o acesso à Justiça.

Estão permitidas as entradas de membros do Ministério Público, defensores públicos, servidores e estagiários dessas instituições, advogados, estagiários de direito inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), funcionários de instituições bancárias, testemunhas, auxiliares e o público em geral. O decreto é voltado para pessoas acima de 12 anos.

As pessoas que possuem alguma contraindicação para a imunização devem apresentar o relatório médico com a justificativa. O texto ainda ressalta que a prática de outros protocolos de segurança ainda são obrigatórios, como o uso da máscara de proteção e do distanciamento.

Um áudio que circula na internet tem gerado a revolta nos internautas. Se trata da gravação de uma recrutadora do Rio Grande do Sul que, ao passar orientações a outros funcionários, solicita que pessoas “feias”, “muito tatuadas “ e “gordas” não sejam contratadas. Nas redes, os internautas alegam que a suposta profissional seja da rede de farmácias famosa na região, Farmácia São João.

Na mensagem, a recrutadora aponta: “É uma observação, já estou ligando para as lojas para liberar as vagas esse mês ainda. Porém vocês sabem que feio e bonito é o mesmo preço, gente. Então vamos cuidar muito das nossas contratações. Pessoas muito tatuadas você sabe que a empresa não gosta, piercing na língua, no nariz, na testa, não pode, a gente lida com saúde. Pessoas muito gordas... ”, disse no áudio.

##RECOMENDA##

A mulher ainda se refere a homossexuais como “veados”. “Então, assim, cuidem das aparências. Se pegar alguém, com todo respeito , ‘veados’ e tudo mais, tem que ser uma pessoa alinhada, que não vire a mão, desmunheque e fale”, completou.

As suspeitas de que se tratava de uma rede de farmácias do Rio Grande do Sul começou quando a mulher menciona no áudio uma cidade da região. “Eu tenho feito entrevistas para as lojas de Imbé e tem muita gente boa disponível no mercado, então não esqueçam. Feio e bonito, a gente vai pagar o mesmo preço. Então vamos pegar os bonitos, não somos bobos nem nada. Então, por favor, conto com vocês”, finalizou.

Em uma perfil no Instagram de uma página de humor, o compartilhamento do áudio gerou revolta. “A recrutadora é a ponta do iceberg. Não estou defendendo, mas a preocupação maior é a empresa. Ela apenas representa as exigências da companhia e é com esta que vocês precisam se preocupar”, pontuou uma internauta. 

Em nota divulgada para a impressa, a rede de farmácias alega que o áudio se trata de uma “fake news” para prejudicar a imagem da empresa e afirma está tomando todas as medidas cabíveis. “Rede de Farmácias São João informa que estão circulando mídias com informações falsas publicadas por pessoas externas e desconhecidas, com o objetivo único de prejudicar a imagem da empresa. Informa também, que já está tomando todas as medidas cabíveis para averiguar e responsabilizar terceiros contra os conteúdos gerados”, ressalta a nota.

Confira o áudio e nota divulgada pela Rede de Farmácias São João na íntegra: 

[@#video#@]

O início da semana para quem está em busca de recolocação profissional ou primeiro emprego é marcado pela oferta de 404 vagas das Agências do Trabalho de Pernambuco, nesta segunda-feira (18). Do total de oportunidades, 18 são exclusivas para pessoas com deficiência (PCD) e duas temporárias.

Mais uma vez, a cidade do Recife é local de maior concentração de postos de trabalho, 85 ao todo. Os destaques no município são para as áreas de montador de móveis (20), marceneiro (10) e auxiliar de mecânico de diesel (5). Os salários para estas funções são, respectivamente, R$ 2 mil (para os dois primeiros cargos) e R$ 1.240.

##RECOMENDA##

Outras cidades com expressivo quantitativo de vagas são: Ipojuca (81), Caruaru (73) e Paulista (41). Nesses municípios, também há oportunidades para PCD's. Confira o quadro completo de vagas.

Os interessados em participar de algum processo seletivo necessita, antes de comparecer a uma Agência do Trabalho correspondente à vaga desejada, realizar agendamento prévio por meio do site da Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq).

 

A companhia aérea 'Azul' está com inscrições abertas para o Programa de Trainee 2022 até 19 de outubro. Para participar da seletiva, o candidato necessita ser graduado, em qualquer área de conhecimento, entre julho de 2018 e dezembro de 2021, e domínio da língua inglesa. As 15 vagas são para atuação em Barueri, localizada em São Paulo.

O processo seletivo conta com as seguintes etapas: testes on-line, dinâmicas, entrevistas on-line, entrevista em inglês on-line e encontros com gestores e diretor da empresa. O início do programa está previsto para janeiro de 2022.

##RECOMENDA##

Os selecionados receberão, além da bolsa, benefícios como passagem aérea para viajar  com a família, assistência médica e odontológica, previdência privada, seguro de vida, vale transporte ou estacionamento, entre outros.  

 

 

A P&G, empresa fabricante de produtos de bem-estar, está com inscrições abertas até o próximo domingo (17) para o processo seletivo relâmpago do seu programa de estágio gerencial. As oportunidades são para atuar nos escritórios de São Paulo e Louveira-SP, além das cidades de Seropédica (RJ) e Manaus (AM).

As vagas disponíveis são para as áreas de finanças e contabilidade, tecnologia da informação, recursos humanos, vendas, marketing, logística, engenharia, manufatura, e pesquisa e desenvolvimento. Os interessados devem cumprir certos pré-requisitos para participar da seleção, como ter previsão para se formar da graduação entre julho e dezembro de 2023, possuir conhecimento em inglês e disponibilidade de 30 horas semanais para trabalhar.

##RECOMENDA##

Segundo Juliana Azevedo, presidente da P&G Brasil, o processo seletivo busca diversidade. "Nós acreditamos que quando as pessoas são valorizadas e incluídas, independentemente de raça, religião, gênero, orientação sexual, condição física e cultura, estas conseguem chegar até o topo e performar ao seu máximo, é isso que queremos para todes dentro da companhia", afirma.

Durante o processo, os candidatos passarão por três etapas após as inscrições, sendo a primeira a conclusão de um teste on-line e a escolha de áreas de atuação, que deve ser feito até o dia 19 de outubro. Em seguida, será realizado um teste de inglês, de 23 a 26 do mesmo mês. A terceira etapa consiste em entrevistas que serão feitas de 8 a 11 de novembro.

O início do estágio está previsto para 15 de dezembro. As inscrições devem ser feitas pelo site do programa.

Tremor, coração acelerado, nervosismo e ansiedade. Tais situações são comuns entre pessoas afetadas pelo medo de falar em público ou de expressar-se corporalmente. Além de prejudicar a rotina social de um indivíduo, o problema traz consequências severas na vida profissional, interferindo negativamente na carreira de quem não consegue desenvolver a oratória diante de outras pessoas.

Um estudo realizado pelo jornal britânico ‘Sunday Times’ revelou que o receio de falar público é o maior medo dos colaboradores ouvidos no levantamento, superando, inclusive, o medo da morte. No Brasil, levantamento feito pelo Centro de Pesquisas e Tratamento de Transtornos de Ansiedade mostrou que 32% dos entrevistados reportaram ansiedade excessiva ao falarem para um grande grupo de indivíduos. A mesma análise apontou, ainda, que 13% dos participantes afirmam que o medo de falar em público ocasionou interferência no trabalho, na vida social e na educação, causando sofrimento acentuado.

##RECOMENDA##

O LeiaJá aborda, a seguir, informações sobre de que forma uma comunicação deficitária ou praticamente inexistente tende a ofuscar a carreira de um profissional e sua vida social. Confira:

1 – É quase impossível esconder uma linguagem corporal ruim

“A expressão corporal denuncia a tensão de algumas pessoas que precisam falar em público. Ombros muito contraídos, pessoas que não gesticulam ou que gesticulam demais, fazendo com que o público pare de prestar atenção ao que elas estão dizendo e comecem a prestar atenção em movimentos muito bruscos ou em movimento nenhum. A linguagem corporal é fundamental e diz muito sobre a competência de um palestrante, da pessoa que quer transmitir um conteúdo”, alerta a professora de Linguagens e redação Fernanda Bérgamo.

2 – Sua voz causa reações no público. Ótimas ou péssimas

De acordo com a professora Fernanda Bérgamo, o tom e a forma utilizadas por uma pessoa ao falar, seja para amigos ou diante de uma plateia, causam reações nos receptores. Se a comunicação for clara e desenvolta, haverá compreensão do conteúdo. Do contrário, sobrarão ruídos, desentendimento e críticas.

“Quando o tom de voz está muito alto, fica irritante, se está muito baixo, o público sente dificuldades para entender. O ritmo, se estiver muito acelerado, faz com que a pessoa perca parte do conteúdo e, se for muito lento, fica cansativo”, explica a docente. 

3 – Impacto nas relações pessoais

Segundo o psicólogo Dino Rangel, o medo de falar em público pode ser ocasionado por um trauma ou pela ansiedade patológica, que acontece quando o estado do indivíduo afetado sai de um nível normal para um patamar de perturbação, angústia e de sintomas psicossomáticos. Há, ainda, questões fonoaudiológicas que impedem a comunicação de muitas pessoas, como nos casos de gagueira.

Rangel alerta que esses males são os principais responsáveis pelo medo de falar em público, que prejudica, principalmente, a maneira pela qual o indivíduo se relaciona com seus familiares e amigos. Por consequência, o nível de timidez pode aumentar, bem como a pessoa tende a “travar” na hora de se expressar.

Ao impactar nas relações sociais, o medo de comunicar-se gera indivíduos com baixa autoestima, com complexo de inferioridade e, em alguns casos, com traços depressivos. O psicólogo alerta que nas situações mais graves é importante que as vítimas procurem atendimentos psicológicos especializados.

4 – Risco de desemprego

Uma pesquisa promovida pela Catho, empresa especializada em recrutamentos, revelou que para 34% dos selecionadores, os erros de português são os principais motivos de eliminações de candidatos que buscam emprego. Esses equívocos acontecem, principalmente, nos textos dos currículos, mas também podem ser notados durante as entrevistas com os recrutadores. 

“Não é legal errar do ponto de vista gramatical, mas você não precisa falar de forma rebuscada. Você pode ser simples, extremamente adequado e elegante”, orienta a professora Fernanda Bérgamo.

Um caminho para falar bem

A boa notícia é que existem estratégias e técnicas de comunicação que podem te ajudar a superar o medo de se expressar em público. "O melhor palestrante é aquele que fala de forma confortável e a gente fala de maneira confortável quando determinamos que o próprio estilo vai comandar a nossa fala. Cada pessoa tem um estilo, mas, obviamente, o estilo tem que ser adequado. Adequado a um assunto, ao interlocutor e, sobretudo, ao ambiente. Então, a recomendação é adequação", explica a professora Fernanda Bérgamo.

"Ninguém é obrigado a ser o melhor orador do mundo, mas dominar o conteúdo é importantíssimo para quem deseja apresentar uma palestra ou falar a uma pequena plateia. Quando a gente domina um conteúdo, ficamos confortáveis. E quando estamos inseguros a respeito de um conteúdo, não nos sentimos bem para nenhuma apresentação", finaliza.

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) anuncia seleção simplificada com 50 vagas para professor substituto. O edital do processo seletivo foi divulgado, nesta quinta-feira (14), no Diário Oficial da União. De acordo com o documento, as oportunidades são para atuação nos Centros Acadêmicos e Colégio de Aplicação dos Campi de Recife, Caruaru e Vitória de Santo Antão.

As inscrições são realizadas por meio do endereço eletrônico da seletiva e mediante o pagamento da taxa no valor de R$ 75. A seleção conta com duas etapas: etapa 1 (eliminatória) - didática (obrigatória), escrita e prática; etapa 2 (classificatória) - análise curricular. De acordo com o edital, o candidato será eliminado caso não compareça às etapas do processo seletivo ou obtiver nota inferior a sete na prova escrita, didática ou prática.

##RECOMENDA##

O resultado final ficará sob responsabilidade dos membros da Comissão Examinadora e pelo secretário da Unidade Demandante serão disponibilizados na Secretaria da Unidade Demandante que realizou o Processo Seletivo Simplificado e no site da seletiva. A seleção simplificada terá duração de 12 meses, contados a partir da publicação no Diário Oficial da União, e a remuneração oferecida varia entre R$ 2.459,95 e R$ 5.831,21. 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando